Brasil

‘O Brasil perde seu maior poeta’, diz Sarney sobre morte de Ferreira Gullar

Por Luís Pablo Brasil
 

G1MA Após a morte do poeta e dramaturgo, Ferreira Gullar, aos 86 anos, alguns intelectuais e amigos pessoais do maranhense prestaram condolências. Um deles foi o ex-presidente do Brasil, José Sarney. Sarney comentou que Gullar foi um dos responsáveis pelo início de sua vida intelectual. “É um grande poeta, um grande intelectual que marcou o […]

Continue lendo

Turma do STF decide que aborto até 3º mês não é crime

Por Luís Pablo Brasil
 

Terra A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nessa terça-feira (29) descriminalizar o aborto no primeiro trimestre da gravidez. Seguindo voto do ministro Luís Roberto Barroso, o colegiado entendeu que são inconstitucionais os artigos do Código Penal que criminalizam o aborto. O entendimento, no entanto, vale apenas para um caso concreto julgado pelo […]

Continue lendo

Bolsonaro deseja a Fidel “estadia eterna nas profundezas do inferno”

Por Luís Pablo Brasil
 

Política Aplicada Enquanto líderes mundiais postam mensagens de condolências pela morte do líder cubano Fidel Castro, que ocorreu nesta sexta-feira (23/11), o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) resolveu fazer um depoimento diferente. Ele publicou um vídeo em sua página oficial do Facebook comemorando a morte do ex-presidente de Cuba e afirmando que Fidel terá “uma estadia […]

Continue lendo

ABSURDO! Deputados articulam anistiar ‘caixa 2’ nas esferas penal, civil e eleitoral

Por Luís Pablo Brasil
 

G1 Uma proposta de emenda ao pacote de medidas de combate à corrupção prevê anistia ao caixa 2 nas esferas penal, civil e eleitoral. O documento, sem assinatura, circula desde a madrugada desta quinta-feira (24) nos corredores da Câmara. Nesta quarta, foi aprovado em comissão especial o relatório do pacote de medidas de combate à […]

Continue lendo

Cunha chama Temer e Lula como testemunhas de defesa na Lava Jato

Por Luís Pablo Brasil
 

Estadão Em sua defesa prévia, protocolada na noite de terça-feira (1), o ex­-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB­-RJ) incluiu em seu rol de testemunhas de defesa o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o atual presidente Michel Temer. Também foram citados Henrique Alves (PMDB­RN), ex-­ministro do Turismo, o ex-­senador Delcídio do Amaral, o ex­-diretor da Petrobras Nestor Cerveró e mais 17 pessoas. Apesar do chamado, o comparecimento dos citados não é certo. Primeiro, o juiz precisa avaliar a pertinência da convocação. Se a intimação da testemunha for deferida pelo magistrado, ela será obrigada a comparecer. De acordo com o artigo 206 do Código de Processo Penal, a testemunha não poderá eximir-se da obrigação de depor. Cunha é réu na Lava Jato sob as acusações de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Ele foi preso preventivamente no último dia 19, sob ordens do juiz federal Sergio Moro, que passou a tratar do caso do ex-parlamentar depois que ele perdeu o foro privilegiado com a cassação de seu mandato. Na defesa prévia, os advogados do ex­-deputado não explicam os motivos para chamar Temer e Lula nem fazem nenhuma outra menção a eles. A defesa cita apenas a “imprescindibilidade” de ouvir essas pessoas e afirma que a quantidade de testemunhas se justifica pelo número “de fatos imputados” ao réu.

Continue lendo

Candidatos ao segundo turno não podem ser presos a partir deste sábado

Por Luís Pablo Brasil
 

Michèlle Canes – Repórter da Agência Brasil A partir deste sábado (15), os candidatos que vão participar do segundo turno das eleições municipais deste ano só poderão ser presos em casos de flagrante delito. A regra está prevista no Código Eleitoral e registrada no calendário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A segunda rodada de votação […]

Continue lendo