Bancários iniciam greve amanhã no MA

Por Luís Pablo Maranhão
 

Reunidos em assembleia realizada no fim da tarde desta segunda (29), os membros do Sindicato dos Bancários do Maranhão (Seeb-MA) decidiram manter a greve por tempo indeterminado, a partir desta terça-feira (30).

bancariosA categoria reivindica, dentre outros pontos, reajuste salarial de 35%, reposição das perdas salariais, participação em lucros de 25% do lucro líquido linear, contratação de mais bancários, fim das demissões imotivadas e isonomia.

“A greve é em todo território nacional, com previsão de adesão de todas as agências no Maranhão. O grau de adesão vai depender da mobilização dos bancários. Fizemos assembleia ainda há pouco, que apenas ratificou a do dia 25, em que julgamos insuficiente a proposta apresentada. Toda a categoria deve suspender as atividades”, disse o presidente do Seeb-MA, José Maria Nascimento.

De acordo com o sindicato, no fim da amanhã desta terça será realizada uma nova assembleia para avaliar o primeiro dia de paralisação e definir novas estratégias para os próximos dias.

(Com informações do G1MA)

Bomba! Aliados de Flávio Dino espalham terror de Edinho Lobão por telefone

Por Luís Pablo Política
 

B.O.

Um fato grave foi registrado em forma de Boletim de Ocorrência no município de Miranda do Norte-MA, mais precisamente no povoado “Pindoval”. Uma moradora local, que preferiu não ser identificada, registrou na delegacia daquele município, o recebimento de um telefonema acusando o candidato a governador Edinho Lobão (PMDB) de estar sendo processado por formação de quadrilha e de ser investigado pela Polícia Federal.

Edinho Lobão

Edinho Lobão

De acordo com o registro, o fato aconteceu no último sábado (27) e ainda informava que Edinho seria contra o programa Bolsa Família.

A denunciante diz também que mais três ou quatro pessoas conhecidas foram abordadas da mesma forma.

Dentro do jogo político, há uma grande probabilidade de a armação ter sido pensada e executada por aliados do candidato comunista Flávio Dino. A Polícia deverá investigar a denúncia para saber de onde partiu as acusações.

Segurança foi reforçada dentro do Complexo Penitenciário

Por Luís Pablo Política
 

Mesmo com o grupo de monitores em greve a Secretaria de Estado da Justiça e da Administração Penitenciária (Sejap) informou por meio de nota, que as atividades de rotina dentro das unidades prisionais estão ocorrendo normalmente e que a segurança foi reforçada por homens do Grupo Especial de Operações Penitenciárias (Geop), Polícia Militar e Força Nacional.

A Empresa VTI/Civiliza foi acionada pela secretaria no sentido de negociar com um grupo de monitores que iniciou um movimento.

A paralisação dos monitores do Complexo Penitenciário de São Luís iniciou na manhã desta segunda-feira (29). A reivindicação é por melhores condições de trabalho e mais segurança.

(Com informações do Imparcial)

Polícia prende suspeito de matar três pessoas na Patrimônio Show

Por Luís Pablo Polícia
 

Menor P.

Menor P.

No início da tarde de hoje, dia 29, a polícia prendeu o elemento conhecido como Menor P, no bairro do Turu, em São Luís-MA.

Segundo informações repassadas ao Blog do Luis Pablo, o criminoso estava com uma arma de fogo no momento da prisão.

Menor PF é integrante da facção do Primeiro Comando do Maranhão (PCM) e acusado de ter assassinado três pessoas na porta da casa de eventos Patrimonio Show.

Entre as vítimas estão Carlos Fabrício Simas dos Santos, que integrava a facção rival do Bonde dos 40, e dois inocentes que acabaram sendo atingidos durante a execução: a vendedora de bombons Francisca Vieira Uchoa, de 40 anos, e Ailton Marinho, 33 anos.

Comandante da PM garante reforço policial no jogo entre Moto e Ituano

Por Luís Pablo Maranhão
 

Imirante.com

O coronel Zanoni Porto, comandante da Polícia Militar do Estado do Maranhão (PM-MA) afirmou, na tarde desta segunda-feira (29), que caso a solicitação junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) de adiamento do jogo entre Moto Club e Ituano (previsto para ocorrer no dia 4 de outubro) não seja aceita, a PM irá garantir o efetivo de policiais no Estádio.

Coronel Zanoni Porto

Coronel Zanoni Porto

“Nós solicitamos o adiamento da partida por conta da proximidade das eleições e do inevitável deslocamento de muitos policiais para o interior do Estado. Nós ainda não recebemos uma resposta da entidade, mas, caso seja negativa, nós vamos reforçar a segurança no Estádio por meio da compra de folgas”, declarou o comandante da PM.

Segundo Zanoni Porto, a compra de folgas funciona da seguinte forma: em períodos quando o efetivo de policiais em serviço na cidade não é suficiente, os que estão de folga se voluntariam para o trabalho e recebem R$ 150 a cada seis horas de serviço, antigamente esse valor era de R$ 60.

“Muitos estão interessados, inclusive o governo teve que suplementar parte desses recursos porque a demanda foi muito grande”, finalizou o comandante.

Roseana admite que não vai entregar obras iniciadas em seu governo

Por Luís Pablo Política
 
Governadora Roseana Sarney durante a entrega do hospital Pam Diamante

Governadora Roseana Sarney durante a entrega do hospital Pam Diamante

Já era de se esperar. Durante a entrega do hospital Pam Diamante em São Luís, a governadora Roseana Sarney admitiu hoje (29) que não vai concluir as obras que deu início em seu governo.

Em seu discurso, a governadora disse que todas as obras inacabadas têm dinheiro em caixa para terminar. Ela garantiu que vai deixar o comando do Estado organizado para o próximo governador.

“Estou saindo do governo até o fim do ano, e estou saindo com a sensação do dever cumprido. Deixo o estado organizado, com as finanças em dia, dentro da Lei de Responsabilidade Fiscal e que todas as obras que iniciamos têm dinheiro em caixa para terminar. O Estado é organizado sob o meu comando e espero que continue a ser sob o comando de quem quer que venha a ser o próximo governador”, afirmou Roseana.

Pelo visto, as principais obras que a governadora deu início em São Luís não serão entregues.

Clique e veja:

(Vídeo extraído do Blog do Clodoaldo)

Confusão: Maquinhos Regadas quase sai na porrada com Márcio Coutinho

Por Luís Pablo Política
 

Marquinhos Regadas e Márcio Coutinho

Marquinhos Regadas e Márcio Coutinho

O clima é tenso no comitê do 15. O empresário Marquinhos Regadas, genro do candidato a governador Edinho Lobão (PMDB), quasa sai na porrada com o advogado Márcio Coutinho, um dos coordenadores da campanha do peemedebista.

Marquinhos teria se desentendido com Coutinho, após fazer algumas reclamações sobre a coordenação da campanha do sogro.

Aí, meu amigo, começou a discussão feia entre o empresário e o advogado. A gritaria chamou à atenção de todos.

Pessoas que presenciaram toda confusão informaram ao Blog do Luis Pablo que Marquinhos Regadas deu um empurrão em Márcio Coutinho, e foi preciso a turma do deixa isso entra em ação para evitar o pior.

Reclamação

Desde que Márcio Coutinho assumiu a coordenação de campanha de Edinho Lobão, assim que foi exonerado da Secretaria de Articulação Política do Governo Roseana, vários aliados vem reclamando do advogado.

São inúmeras reclamações de lideranças de várias regiões do Estado, que são maltratadas por Coutinho que não recebe ninguém.

O pior, é que todas essas reclamações são de conhecimento do candidato Edinho, que preferiu manter o advogado na coordenação até o final da campanha.

Campanha Política causa transtornos na Avenida Litorânea

 

Imparcial

foto 1Como imaginar que simplesmente ir à praia para relaxar ou mesmo sair para ir ao mercado podem se tornar ações totalmente incômodas para um cidadão comum? Ou amanhecer e ter o muro de casa ou do comércio totalmente tomado por propagandas políticas não autorizadas? Atos comuns no dia a dia podem se tornar verdadeiros transtornos em época de eleição.

Durante alguns finais de semana a Avenida Litorânea não tem sido a mesma. Carros de som com volumes que ultrapassam o permitido, panfletagem e aquele candidato apertando a sua mão, sem mesmo você sentir vontade de estendê-la para ele.

No último domingo que antecede as eleições, ontem (28), a reportagem de O Imparcial ouviu 20 pessoas, entre turistas e cidadãos maranhenses, a respeito da poluição sonora e visual das campanhas. Destes, apenas 3 se sentem confortáveis com o tipo de campanha que tem sido protagonizada pelos políticos maranhenses. Alguns dos transeuntes afirmam se sentirem desrespeitados com o volume de campanha que chega invadir a intimidade.

O comerciante Ilmo Campos, que tirou o domingo para bater uma bola com os amigos na praia, relatou que, desde a saída de casa, se sentiu intimidado com o tumulto. “Toda vez é esse barulho aí, atrapalha o transito, para chegar até a praia são mais de duas horas de relógio. Campanha não deve ser feita desse jeito. Tem que melhorar”, afirmou.

foto 2Ilmo Campos ressaltou que a legislação não deveria permitir tanta intervenção de rua. “Essa bagunça toda é desnecessária. Não deveria ser permitido esse tipo de campanha”, opinou.

Silvana Viégas tem uma barraquinha de venda de churrasquinho na Avenida Litorânea. Ela relatou que já chegou a ter vendas prejudicadas por conta das movimentações de campanha. “Já chegou a atrapalhar minhas vendas. Principalmente quando eles resolvem andar pelo calçadão e aí atrapalha a gente”, disse a vendedora.

Silvana se diz incomodada e afirma que somente a guerra visual e sonora não é o bastante para se conquistar um voto. “Todo domingo tem sido assim. Tem incomodado bastante. Os candidatos tem que ter a consciência que só a zoada não garante nada, tem que mostrar. Infelizmente a gente é obrigada a votar”, declarou.

Ao tentar sair da Avenida Litorânea, a reportagem do jornal O Imparcial demorou mais de trinta minutos em um percurso que seria feito em menos de dois minutos, por conta de militantes que tentavam se acomodar nos ônibus fretados para levá-los para sua origem. De outro lado, havia bandeiraços, que desviavam os olhares dos motoristas, além de carros de som em volumes máximos. Uma guerra visual e sonora que certamente põe em risco a vida de quem opta por um dia de lazer, em reta final de campanha.

Luto: morre o jornalista Aldionor Salgado

Por Luís Pablo Maranhão
 

Jornalista Aldionor Salgado

Jornalista Aldionor Salgado

Na manhã de hoje, dia 28, a imprensa maranhense perdeu um grande profissional da comunicação. O jornalista Aldionor Salgado faleceu no Hospital Presidente Dutra, em São Luís.

Aldionor Salgado lutava contra um câncer no pâncreas e estava há três semanas internado.

O jornalista foi vereador, militante de movimentos sociais, diretor de Comunicação da Câmara de São Luís e ex-secretário de Comunicação da Prefeitura de São Luís. Ele atualmente trabalhava na assessoria especial do reitor da UFMA, Natalino Salgado.

O corpo de Aldionor Salgado será velado a partir das 16h na sede da Câmara Municipal.

O titular do Blog do Luis Pablo dá os pêsames à família jornalista.

Crise: prefeito Gil Cutrim não participa de caminhada de Lobão Filho em Ribamar

 
Sem participação de Gil Cutrim, Paulinha Lobão e Rodrigo Valente fazem caminhada em Ribamar. Foto: Facebook

Sem participação de Gil Cutrim, Paulinha Lobão e Rodrigo Valente fazem caminhada em Ribamar. Foto: Facebook

Um fato curioso chamou atenção na manhã deste sábado (27). O prefeito de São José de Ribamar, Gil Cutrim (PMDB), não participou das atividades de campanha de Lobão Filho na cidade. Até então, Gil Cutrim era um dos aliados políticos de grande peso para Lobão Filho.

A caminhada teve a participação de Paulinha Lobão e Tati Lobão, esposa e filha de Lobão Filho, de Rodrigo Valente, secretário de estado de Articulação Política, e também do suplente de Gastão Vieira (PMDB), José Antônio Heluy, mas não teve nenhuma presença do prefeito da cidade ou de qualquer aliado dele.

Em contato com o blog, o prefeito de Ribamar afirmou que havia sido informado da caminhada somente na última quarta-feira (24) e avisou à coordenação de Edinho que não teria como participar de qualquer atividade de campanha, visto que já tinha que cumprir toda uma programação alusiva ao aniversário da cidade.

A coordenação de campanha de Lobão Filho garantiu que a caminhada teve a participação de 2.000 pessoas, porém alguns populares afirmam que não chegou a 1000 pessoas o número de participantes.