Prefeito de São João do Paraíso se entrega e agiota continua foragido

Por Luís Pablo Política
 

Prefeito Boca Quente

O prefeito de São João do Paraíso, Raimundo Galdino Leite, o “Boca Quente”, se entregou no início da tarde desta quinta-feira à Polícia Federal em Imperatriz. Ele estava escondido em São Luís.

O prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, esteve hoje pela manhã na sede da Polícia Federal para visitar Roberto Alencar. Dono de várias construtoras, Alencar é quem “operava” na região as emendas de Madeira quando ele era deputado federal. Teria sido por conta de obras realizadas com esses recursos – parte deles, obviamente, desviados que o levou à prisão.

Boca Quente seria o cabeça da quadrilha que desviou mais de R$ 5,5 milhões dos cofres municipais. Seu braço direito no esquema é o agiota Josival Cavalcante da Silva, o Pacovan. Ele está foragido. Contra eles será pedida prisão preventiva.

A PF tem informações que ontem o agiota esteve na cidade reunido com Natim. Uma equipe de policiais federais foi deslocada ao município, mas Pacovan não foi mais encontrado.

(Com informações do blog do Décio Sá)

QUEM ESTÁ PRESO

George Lázaro Marciel Ferreira – empresário
Itamar Gomes Aguiar – Vice-prefeito
Joel Kleiton Marciel Bezerra – Empresário
José Aldo Ribeiro Souza – Ex-prefeito
Maria Raimunda da Costa Rocha – Ex-secretária de Educação
Roberto Vasconcelos Alencar – Secretário de Obras de Imperatriz
Raimundo Galdino Leite (Boca Quente) – prefeito

LOCAIS ONDE FORAM FEITAS BUSCAS E APREENSÕES

Cirúrgica Imperatriz LTDA.
Construtora Porto Belo (Imperatriz)
DTMH – Distribuidora Tocantina de Material Hospitalar LTDA.
Escritório de Pacovan (agiota)
Sede da Prefeitura de São João do Paraíso
Residência do sócio da Conserv – Engenharia e Construção LTDA.
Residência do sócio da Construtora Redenção LTDA.

Se ferrou: Justiça condena e manda afastar prefeito de Apicum-Açu

Por Luís Pablo Política
 

Prefeito de Apicum-Açu, o Cecé Monteiro

O prefeito de Apicum-Açu, Sebastião Lopes Monteiro, mais conhecido como Cecé Monteiro, foi condenado pela 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), a cinco anos de reclusão, em regime semiaberto, e três anos e seis meses de detenção, em regime aberto, e determinou o seu afastamento da prefeitura.

O gestor responde a ação penal movida pelo Ministério Público em que é acusado de várias irregularidades praticadas no ano 2000, quando também administrou o município.

Em uma suposta fraude de recursos do SUS, o desfalque nos cofres públicos seria de mais de R$ 157 mil. Ainda cabe recurso da decisão tomada na sessão desta quinta-feira, 12.

O MP acusa o prefeito de contratar obras públicas e serviços sem licitação, fragmentar despesas para não ter que realizar processo licitatório, desviar verbas públicas, apresentar notas fiscais falsas, não aplicar os percentuais devidos na manutenção do ensino fundamental e na remuneração dos professores, realizar despesas indevidas na aquisição da merenda escolar, além de apresentar balancetes fora do prazo.

De acordo com o Tribunal de Contas do Estado (TCE), à existência de contratos de execução de obras e serviços com empresas irregulares, que teriam emitido notas fiscais adulteradas. O prefeito também não teria obedecido ao limite mínimo de 60% do Fundef para pagamento de professores.

Prefeita de Brejo de Areia é acusada de não aplicar dinheiro do Fundeb

Por Luís Pablo Política
 

Ludmila Almeida Silva Miranda

A prefeita do município de Brejo de Areia, Ludmila Almeida Silva Miranda, é acusada pelo Sindicato dos Trabalhadores e Servidores Públicos do município, de não repassar aos professores os 60% , cerca de R$250 mil dos mais de R$ 400 mil depositados na conta do Fundeb da prefeitura. O recurso é oriundo do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica(Fundeb) e parte dele é para o programa de Valorização do Magistério.

Sentindo-se lesado, o Sintrasep/BA protocolizou ontem(11), no Ministério Público Federal, ofício tornando público o posicionamento da prefeita Ludmila Miranda de não transferir o recurso dos professores.

No bojo do ofício, o sindicato também solicita ao MPF que fiscalize os recursos no município e que promova uma ação de improbidade administrativa contra a prefeita Ludmila Miranda, sobre tudo pela não aplicação dos 60% dos recursos do Fundeb na valorização dos profissionais do magistério. Continue lendo no blog do Marcelo Vieira.

Prefeitura divulga edital para concurso público em Ribamar

Por Luís Pablo Política
 

Prefeito Gil Cutrim

Compromisso assumido, compromisso cumprido. A administração do prefeito Gil Cutrim (PMDB) divulgou o edital do concurso público para o preenchimento de 400 vagas na estrutura administrativa da Prefeitura de São José de Ribamar. O referido edital já está disponível na página eletrônica da Prefeitura (www.saojosederibamar.ma.gov.br) e no site da Fundação Sousândrade de Apoio ao Desenvolvimento da UFMA (www.fsadu.org.br), responsável pela realização do concurso público.

Estão sendo oferecidas vagas para cargos de nível superior, nível médio e nível fundamental. As inscrições terão início no próximo dia 23 e poderão ser feitas até o dia 05 de junho somente através dos sites www.fsadu.org.br e www.sousandrade.org.br

Para os cargos de nível fundamental, o valor da taxa de inscrição é de R$ 30,00. Já para os cargos de nível médio, o valor é de R$ 40,00. Os candidatos interessados em disputar as vagas para os cargos de nível superior deverão pagar taxa de inscrição no valor de R$ 60,00.

As provas de conhecimento serão aplicadas no dia 03 julho e o gabarito divulgado no dia seguinte. O resultado final do certame será divulgado no dia 29 de julho.

Para o nível superior – estão sendo oferecidas vagas para os cargos de assistente social, auditor fiscal de tributos municipais, cirurgião dentista, enfermeiro, enfermeiro obstetra, farmacêutico bioquímico, fiscal do meio ambiente, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, médico clínico geral, nutricionista, professor (disciplinas de ciências, educação artística, ensino religioso, filosofia, geografia, história, inglês, língua portuguesa, matemática, intérprete de libras e revisor de braile), psicólogo e terapeuta ocupacional.

Para os candidatos interessados nos cargos de nível médio – estão sendo oferecidas vagas para agente de transporte e trânsito, auxiliar de consultório dentário, auxiliar de fiscalização tributária, auxiliar de fiscalização urbanística, guarda municipal salva-vidas, inspetor de vigilância em saúde, instrutor de bateria, instrutor de canto, instrutor de clarinete, instrutor de contra-baixo, instrutor de saxofone, instrutor de teclado, instrutor de trombone, instrutor de trompete, instrutor de violão, técnico de higiene dental, técnico em enfermagem, técnico em meio ambiente e técnico em radiologia.

Para o nível fundamental – foram disponibilizadas vagas somente para guarda patrimonial.

A realização do concurso público foi anunciada, ainda no mês de fevereiro, pelo próprio prefeito Gil Cutrim durante audiência pública promovida na Câmara Municipal de Ribamar. “A realização do concurso se justifica devido a expansão dos serviços públicos, mediante ampliação da rede pública municipal de ensino e de saúde, além da criação de novas unidades de apoio aos demais segmentos da administração do município. ”, explicou o prefeito ressaltando que, em menos de seis anos, esta é a segunda vez que a Prefeitura ribamarense realiza concurso para contratação de pessoal para seu quadro efetivo.

Roberto Costa solicita Audiência Pública para apurar fraude do IPTU

Por Luís Pablo Política
 

Deputado Roberto Costa

O deputado Roberto Costa (PMDB) utilizou a tribuna nesta quinta-feira (12), para dá continuidade ao assunto da fraude na Ata que elaborou a Planta Genérica de Valores que aumentou o IPTU.

Após uma ampla discussão sobre o tema, Costa solicitou que seja feito uma Audiência Pública sobre o aumento do IPTU, para que se ouçam todas as partes envolvidas no episódio.

“Não podemos aceitar essa situação, a Prefeitura continua afirmando que não houve fraude. Eu prefiro acreditar no relatório do promotor José Osmar e no Ministério Público e também nas entidades sérias que já declararam em nota que não participaram dessa reunião. Por essa razão, estou entrando com o pedido de Audiência Pública para que possamos ouvir todas as partes envolvidas”, afirmou Roberto Costa.

Na primeira parte do seu pronunciamento o parlamento comentou sobre a representação que levou à procuradora-geral de Justiça, Fátima Travassos, onde solicitava ao Ministério Público ação imediata na apuração dos fatos.

E criticou a postura do prefeito João Castelo, por não dá explicações a população, e por preferir questionar a conduta do promotor José Osmar, que iniciou o processo investigativo contra a Prefeitura de São Luís.

Edilázio Júnior defende construção de manicômio judicial no Maranhão

Por Luís Pablo Política
 

Deputado Edilázio Júnior

O deputado Edilázio Júnior (PV) disse na manhã desta quinta-feira (12), em aparte ao pronunciamento da deputada Eliziane Gama (PPS), que vai protocolar indicação à governadora Roseana Sarney (PMDB), pedindo que seja criado um manicômio judicial no Estado do Maranhão.

A declaração de Edilázio aconteceu porque a deputada Eliziane Gama usou a tribuna para denunciar a precariedade no atendimento aos doentes mentais judiciais, na Clínica La Ravardiere, localizado no bairro do Olho d’Água.

O deputado revelou que conheceu a Clínica La Ravardiére na campanha política e viu de perto a vontade dos diretores, dos médicos, dos enfermeiros e dos demais funcionários da casa de saúde de atender os doentes mentais com a dignidade que eles merecem.

Segundo Edilásio Júnior, todos os funcionários reclamam das dificuldades para atender os doentes porque a Prefeitura de São Luis não repassa adequadamente os recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) para a Clínica La Ravardiére.

Na opinião de Edilázio, o prefeito João Castelo (PSDB) deve ter sensibilidade e resolver, urgentemente, os problemas financeiros da Clínica La Ravardiére, que atende, também, internos judiciais, que não podem ser presos junto com os demais apenados.

“Está na hora de cobrarmos a instalação de um manicômio judicial no Estado do Maranhão. Vamos levar a proposta à governadora Roseana Sarney (PMDB) que, com certeza, será sensível e autorizará a construção da casa de saúde especializada”, disse Edilázio.

Prefeito de Buriticupu deixa o município abandonado

Por Luís Pablo Política
 

Prefeito de Buriticupu, o Primo

O município de Buriticupu está vivendo a maior crise administrativa de sua história, a atual gestão do prefeito Antonio Marcos de Oliveira, o Primo, não está dando conta de resolver os inúmeros problemas que a cidade passa.

A população anda revoltada com o prefeito devido o descaso em vários setores da prefeitura. O município enfrenta uma serie de problemas na Saúde, Infraestrutura e Educação.

O prefeito é acusado de várias fraudes relacionadas a supostas empresas que seriam suas e, que teriam contratos com a prefeitura.

Veja o cenário do município:

Município de Buriticupu

Senadores batem boca no Senado por causa de projeto contra homofobia

Por Luís Pablo Política
 

Do Uol

O debate hoje (12) em torno do projeto de lei da Câmara dos Deputados que criminaliza a homofobia no país terminou numa discussão entre a senadora Marinor Brito (P-SOL-PA) e o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), na Comissão de Direitos Humanos do Senado. Após a retirada do projeto da pauta de votação, enquanto a relatora da proposta, Marta Suplicy (PT-SP), concedia entrevista à imprensa, Bolsonaro exibiu um panfleto contra a ampliação dos direitos dos homossexuais, o que irritou Marinor Brito, que chegou a bater na mão do deputado.

Marinor tentou impedir que Bolsonaro exibisse o panfleto e o chamou de homofóbico. “O senhor é um homofóbico. Pratica homofobia com dinheiro público. Deveria ser cassado”, disse a senadora paraense. Já o deputado alegou que estava, apenas, calado exibindo um folder chamando a atenção para o que ele classificou como um “plano nacional da vergonha”.

“O governo está distribuindo nas escolas de primeiro grau uma cartilha estimulando nossas crianças a serem gays”, afirmou.

Bolsonaro já responde a uma representação no Conselho de Ética da Câmara pela acusação prática de racismo e homofobia por declarações a um programa de televisão.

Na ocasião, ao responder uma pergunta formulada pela cantora Preta Gil, o deputado respondeu que os filhos não corriam de terem relacionamento com gays porque não tinham sido criados em um ambiente de promiscuidade como ela.

PT de Imperatriz é anti-Sarney…

Por Luís Pablo Política
 

A movimentação de peças no tabuleiro político que definirá a dinâmica eleitoral em 2012 já começou, em Imperatriz. Nas redes sociais o debate ganha contornos cada vez mais delineados com os campos políticos aos poucos buscando afirmar suas estratégias para o pleito que virá.

Lideranças políticas do Partido dos Trabalhadores – PT, no município, já afirmaram ser anti-Sarney e não vão querer o apoio da governadora Roseana Sarney nas eleições pra prefeito de Imperatriz.

O dirigente do PT local, Prof. Carlos Hermes, determinou para os petistas imperatrizenses que a sigla não terá acordo com qualquer partido que esteja sob o controle da família Sarney.

Muita água ainda vai rolar!

Empresa Bem Viver atrasa salários e promete fazer demissões no HCM

Por Luís Pablo Cidade
 

Hospital Carlos Macieira

A empresa Bem Viver que administra uma pequena parte dos Hospitais do Estado do Maranhão, está agora responsável pelo Hospital Carlos Macieira – HCM (Hospital do Ipem), que na época era administrado pela Cruz Vermelha Brasileira – CBV.

Depois que a Secretaria de Saúde do Estado encerrou todos os contratos com a CBV, são inúmeras reclamações dos funcionários do HCM que estão com seus salários atrasados e sem direito a vale transporte.

Os funcionários andam assustados porque a Bem Viver prometeu fazer demissão em massa, algo em torno de 100 funcionários pra rua.

Algumas pessoas já pediram demissão, como a diretora Alice Borges, que não aguentou compactuar com a falta de respeito que a empresa está fazendo.