Novais concederá depoimento decisivo hoje no Senado

Por Luís Pablo Política
 

Ministro Pedro Novais

Na linda do trem. Às 15h de hoje, 23, o ministro do Turismo, Pedro Novais (PMDB), pode ter a última chance de se manter no cargo.

Novais, vai ao Senado para depor em uma comissão sobre desvio de recursos e convênios polêmicos feitos na sua pasta.

Há duas semanas, 36 pessoas com ligação direta ou indireta ao ministério foram presas pela Operação Voucher, da Polícia Federal – entre eles, o então secretário-executivo da Turismo, Frederico da Silva Costa.

A operação deixou Pedro Novais ainda mais próximo de ser “eliminado” da Esplanada pela presidente Dilma Rousseff.

O ministro que na semana passada falou na Câmara dos Deputados, falará com os senadores da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado.

A pressão sobre Novais, no entanto, começará mais cedo, na reunião da Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA), onde o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AL) apresentará um requerimento para que o ministro seja convocado a depor ali também.

Governistas e oposicionistas consideram o depoimento de Novais decisivo, já que alas do próprio PMDB já cogitam sua saída.

Morte de ex-produtor da banda Reprise pode ter sido por engano

Por Luís Pablo Crime
 

Ex-produtor José Raimundo Assunção Filho, o Nengo

A família do produtor cultural (ex-Banda Reprise) José Raimundo Assunção Filho (Nengo), de 41 anos, assassinado na madrugada de domingo com um tiro, suspeita que a execução tenha sido por engano.

Segundo o irmão da vítima, Wellington José da Costa, o veículo em que a vítima estava – um Honda Civic – era de outra pessoa. “O carro era de um amigo do meu irmão, conhecido como Léo, que pediu no sábado para trocar o veículo com o dele, para fazer uma viagem a Rosário”, declarou o irmão. “Outra pessoa amiga do Léo me avisou que achou estranho ele ter pedido para trocar o carro, já que o pai dele é dono de uma revendedora”, completou o irmão. A polícia está à procura de Léo, mas, ainda não o encontrou.

Wellington da Costa também declarou que a suspeita da execução por engano foi levantada por outras pessoas amigas da vítima. “Alguns amigos do meu irmão já haviam alertado sobre esse Léo, pois toda a família tem a absoluta certeza da índole do meu irmão”, disse.

Assassinato – O produtor musical foi morto quando dirigia um Honda Civic, na Avenida São Luís Rei de França, nas proximidades da Faculdade Athenas Maranhense (Fama), no Turu, depois de ter saído da casa de show Fazenda em direção à Cohab. José Raimundo estava acompanhado de mais três pessoas, quando o condutor de um Corsa Classic tentava a ultrapassagem.

Ao ser ultrapassado, uma pessoa que estava no banco de trás disparou três tiros contra ele. Um dos disparos atingiu a cabeça e outro um sobrinho da vítima, identificado como Flaviano, que está internado no Hospital Djalma Marques. (Com informações do Imirante).

Além do MA, Anac já apontava uso irregular de helicópteros no Amapá

Por Luís Pablo Política
 

José Sarney

Como se fosse pouco, além de afrontar o bom senso e o contribuinte, ao utilizar o helicóptero da PM do Maranhão, o tetrapresidente do Senado, José Sarney, sobrevoou também acima do conteúdo de relatório produzido em 2010 pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

O relatório da Anac também menciona “indícios” de irregularidade praticada a bordo de aeronave alugada pelo Governo do Estado do Amapá.

O Amapá, como se sabe, é o estado que Sarney adotou como seu domicílio eleitoral.

De acordo com a Anac, o helicóptero custeada pelo contribuinte amapaense voava no céu do Maranhão em agosto do ano eleitoral de 2010.

Corre na web vídeo que exibe cena em que eleitores hostilizam Roseana e assessores da campanha dela no momento em que embarcavam numa aeronave. Clique e veja abaixo:

O prefixo do helicóptero é o mesmo que a Anac atribui à aeronave alugada pelo governo do Amapá.

Agora, resta saber e aguardar se pai (Sarney) e filha (Roseana) vão devolver ao erário o que foi gasto com o uso de helicópteros.

Permanência de Pedro Novais no Turismo será decidida hoje

Por Luís Pablo Política
 

Ministro Pedro Novais

O ministro do Turismo, Pedro Novais, será ouvido hoje, 23, pela Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado. Este é um momento decisivo para a permanência de Novais no ministério.

Como se sabe, senadores costumam ser mais duros do que deputados nos seus questionamentos. Além disso, na Câmara Federal, ele (Pedro Novais) sempre esteve acompanhado do líder do PMDB, Henrique Alves, uma espécie de padrinho do ministro. Já, no Senado, o cenário é diferente.

Enfim, uma boa parte dos seus colegas de partido, o PMDB, têm aconselhado Pedro Novais a entregar o cargo, uma forma de evitar maiores desgastes ao partido diante das inúmeras denúncias que atingem o Ministério do Turismo.

Esses colegas avaliam que Novais já foi tragado pelos escândalos, sem contar que ele não tem o apoio do Planalto – até hoje ele não foi recebido pela presidente Dilma em audiência.

Conformado com a possível exoneração, Pedro Novais deve entregar sua carta de demissão nas próximas horas. Ele tem afirmado a interlocutores que seguirá o que seu partido determinar.

Nacional: três notas…

Por Luís Pablo Brasil
 

Concessão vencida de Rede TV! e SBT

Venceu no sábado a concessão de TV de SBT e Rede TV! no Ministério das Comunicações. O Governo Federal informa que ainda está analisando a documentação enviada pelas emissoras para que Dilma Rousseff possa assinar o decreto renovando a outorga por 15 anos. Depois, caberá ao Congresso Nacional analisar as duas renovações.

As últimas renovações de concessão ocorreram em 2009. A Record garantiu a operação até 2013 e a Globo até 2022. (Por Lauro Jardim).

‘Não prejudicou ninguém’, diz Sarney

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), negou irregularidades no fato de ter usado um helicóptero da Polícia Militar do Maranhão para atividade particular.

Sarney evitou dizer se sabia, no momento em que utilizou a aeronave numa das viagens, que um paciente precisou esperar por atendimento enquanto suas malas eram descarregadas. “Não prejudicou ninguém”, afirmou. (Com informações da Folha.com).

Briga no PP vai acabar em sangue, afirma ministro

O ministro das Cidades, Mário Negromonte, disse que “vai terminar em sangue” a briga interna no PP pelo controle da pasta.

Em entrevista a uma rádio de Salvador, ele culpou o grupo que apoiava a manutenção do seu antecessor no cargo -Márcio Fortes, também do PP- pelas informações publicadas na revista “Veja” desta semana.

Segundo a revista, o atual ministro ofereceu um “mensalinho” de R$ 30 mil para políticos do grupo rival no PP. O valor seria pago em troca de apoio à permanência de Negromonte no cargo.

A assessoria do ministério disse que, ao falar em “terminar em sangue”, Negromonte quis dizer que a disputa no PP pode ser prejudicial para o partido e acabar “respingando” nos congressistas. (Blog do Noblat).

OAB cobra de Sarney e Roseana o dinheiro gasto com uso de helicóptero

Por Luís Pablo Política
 

Pai (José Sarney) e filha (Roseana Sarney) desfrutando e abusando do poder

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) quer que o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e sua filha, a governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), devolvam ao erário o que foi gasto com o uso de helicóptero do GTA da Polícia Militar do Maranhão a serviço da família.

Em dois fins de semana, o aparelho foi flagrado levando Sarney, sua mulher Marly, e amigos para a ilha no município de Curupu, pertencente à família do presidente do Senado, segundo denúncia do jornal Folha de S. Paulo.

Presidente da OAB, Ophir Cavalcante

“É um caso típico de confusão entre o público e o privado”, afirmou o presidente da OAB, Ophir Cavalcante. “Espero que o bom senso prevaleça e que o Estado seja ressarcido pelo dano sofrido”, acrescentou.

Para ele, pai e filha têm responsabilidade no episódio, mas a maior carga de cobrança recai sobre a governadora, porque o helicóptero pertence ao patrimônio estadual. “É inerente ao cargo que o dirigente público tenha compromisso moral e ético no trato da coisa pública”, explicou.

Por meio de nota divulgada pela assessoria de imprensa, Sarney afirmou que não cometeu ilegalidade e que “tem direito a transporte de representação em todo o território nacional”. Disse ainda que o Legislativo, a exemplo do Executivo e do Judiciário, “são poderes da União independentes e harmônicos entre si” e que estava no Maranhão a convite da governadora do Estado, por acaso sua filha. Vídeos feitos por um cinegrafista amador mostram que houve pelo menos duas viagens no mesmo helicóptero para a ilha.

Na última, realizada no dia 26 de junho, Sarney teria levado como seus convidados um empresário Henry Duailibe Filho (dono da empreiteira Ducol e da concessionária Duvel) que tem contratos milionários no governo de Roseana Sarney.

Na primeira viagem, em 10 de junho, o presidente do Senado se fez acompanhar da mulher, Marly e familiares. “É lamentável ainda ver o público sendo uma extensão do privado”, criticou Ophir. “Isso é cultural no País”. As informações são da Agência Estado.

Ex-secretário envolvido em corrupção aconselhou Tadeu Palácio a romper

Por Luís Pablo Política
 

O ex-secretário de Estado da Educação, Anselmo Raposo, informou hoje, 22, em sua página de relacionamento, no Facebook, que aconselhou o ex-secretário de Turismo, Tadeu Palácio, a romper com o governo. E citou, como sendo um exemplo, de desprestígio na gestão de Roseana Sarney.

Raposo, só esqueceu de mencionar que saiu por corrupção. Ou melhor: por desvio de recursos públicos, conforme a Controladoria Geral do Estado.

Se tiver conselhos assim nebulosos, Palácio terá a mesma identificação do ex-secretário de Educação.

O ex-prefeito de São Luís ao menos teve a sensatez de pedir demissão do cargo. Coisa que o ex-secretário de Educação, Anselmo Raposo, abrigado numa assessoria especial da vice-governadoria, não tem coragem de fazer. O que deixa o vice-governador, Washington Luiz Oliveira (PT), numa saia justa.

Alias, não é só Raposo, no cabide da vice-governadoria, que joga contra o governo. Ali existem petistas, ganhando sem trabalhar, que odeiam a governadora. E o vice-governador não está nem aí.

Tudo confirmado: Tadeu Palácio se filiou ao PR

Por Luís Pablo Política
 

Ex-secretário Tadeu Palácio

Em primeira mão – Uma fonte do Partido Republicano confirmou agora a pouco que o ex-secretário de Turismo, Tadeu Palácio, já está filiado ao partido e que será o candidato pela agremiação em 2012 à prefeito de São Luís.

Conforme revelou a fonte ao blog, há uma semana a direção nacional do partido se reuniu três vez em Brasília com o ex-prefeito de São Luís e que delas participaram os deputados federais Valdemar Costa Neto, Davi Alves Silva Júnior, e o ex-ministro dos Transporte, Alfredo Nascimento.

A fonte não precisou a data da filiação, mas garantiu que ele será o candidato do partido.

Em São Luís, o deputado do PR, Jota Pinto, disse que o partido vai apoiar o nome do secretário de Infraestrutura, Max Barros, que é o candidato do Palácio dos Leões.

Hoje, 22, um comentarista ao blog do Luís Cardoso, que se identifica como deputado federal Davizinho, desmente que o PR apoiará o nome de Max Barros e diz que a decisão só será tomada em setembro deste ano. Uma outra fonte, um jornalista de um diário de Brasília, ligou ao blog para afirmar que Tadeu Palácio já é membro do PR.

Aguardem amanhã mais detalhes.

Comentários em Brasília apontam que Tadeu Palácio já está no PR

Por Luís Pablo Política
 

Ex-secretário Tadeu Palácio

Desde hoje cedo que circulam os comentários em Brasília, de que Tadeu Palácio conseguiu um abrigo partidário: o Partido Republicado (PR), mas nada ainda confirmado.

O blog recebeu informação de uma fonte da capital federal, de que o ex-secretário de Turismo teria tido conversas reservadas com o ex-ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento (PR), e com o deputado federal Valder Costa Neto (PR). Especulação ou fato?

Desde que deixou hoje, 22, o governo e o PMDB, são várias as versões do destino partidário de Palácio, incluindo o PR, PHS, PSL e até o PCdoB. Pasmem os senhores!

O espoletado Tadeu Palácio quer ser candidato a prefeito de São Luís.

Como boa parte dos partidos está sobre controle do governo, da oposição ou do prefeito João Castelo, é provável que Palácio crie uma nova agremiação para ser candidato: o PB, “POSTO BRASIL”.

Edilázio parabeniza Judiciário por casamento comunitário em Morros

Por Luís Pablo Política
 

Deputado Edilázio Júnior

O deputado Edilázio Júnior (PV) ocupou a tribuna da Assembléia Legislativa nesta segunda-feira (22), para parabenizar a Corregedoria do Tribunal de Justiça Estado do Maranhão (especialmente a juíza Ticiane Gedeon), pelo sucesso do casamento comunitário, realizado no último final de semana na cidade de Morros, localizada acerca de 80 km da capital, na região do Munim.

O parlamentar informa que a juíza Ticiane Gedeon e mais seis juízes realizaram mais de 390 casamentos em Morros. “O ato da Corregedoria do Tribunal de Justiça do Maranhão legalizou o casamento e trouxe dignidade para centenas de casais, que viviam o matrimônio em união estável há muitos anos”, afirmou.

Edilázio Júnior agradeceu o convite do pré-candidato a prefeito de Morros, Sidrack Feitosa e de sua esposa, Eliane Feitosa. Também estavam presentes no casamento o deputado federal Sétimo Waquim (PDT), o prefeito de Icatu, Juarez Lima, e a prefeita de Axixá, Sônia Campos. A recepção e a confraternização aos casais foram realizadas na casa de Sidrack Feitosa. (Agência Assembleia).