Candidato a prefeito de Itapecuru-Mirim se fortalece no município

Por Luís Pablo Política
 

Futuro prefeito de Itapecuru-Mirim, Gabriel Amorim

O futuro jovem político Gabriel Amorim, filho do conselheiro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Leomar Barros Amorim e irmão de Gustavo Amorim, namorado de Rafaela Sarney, filha da governadora Roseana Sarney, vem se fortalecendo no município de Itapecuru-Mirim, onde vai ser candidato a prefeito.

Na corrida sucessória do município, Gabriel vem se articulando com apoio de grandes partidos. Filiado no PMDB, o jovem já buscou o apoio de sete.

Gabriel Amorim é advogado e, vem fazendo um bom trabalho no SINTRAF (Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura Familiar) onde defende a população rural da região e a mais carente do município.

O jovem candidato conta com o forte apoio do atual prefeito Júnior Marreca e com a força da juventude do município.

Pesquisa palaciana aponta Flávio Dino em primeiro lugar

Por Luís Pablo Política
 

Roseana Sarney

A pesquisa sigilosa encomendada pela governadora Roseana Sarney para saber quem a população votaria para candidato a prefeito de São Luis, não foi muito boa.

A corrida sucessória em São Luís, não vem agradando a governadora, porque todos os seus candidatos da base governista não tem um bom desempenho nas pesquisas que vem sendo realizadas.

Ontem, a pesquisa que Roseana Sarney fez, nenhum dos seus candidatos tiveram um bom percentual.

O resultado da pesquisa apontou em primeiro lugar o comunista Flávio Dino, em segundo o jovem político Edivaldo Holando Júnior e em terceiro com a máquina municipal, o prefeito João Castelo.

Segundo uma fonte segura deste, a pesquisa apontou 70% de rejeição da gestão de Castelo, pela péssima administração que vem fazendo.

Justiça dá prazo para Vale depositar dinheiro de quilombolas

Por Luís Pablo Brasil
 

A Justiça Federal do Pará deu ontem (2), o prazo de 24 horas para que mineradora Vale pague a indenização a uma comunidade quilombola, em Jambuaçu.

A empresa já havia sido obrigada a realizar o pagamento no mês de março mas alegou estar “impossibilitada” de fazer o repasse aos beneficiários.

Para o procurador da República Bruno Soares Valente, essa justificativa visa apenas atrasar o processo já que a empresa é conhecedora da ação desde o ano passado.

O juiz Hugo Sinvaldo Silva da Gama Filho, da 9ª Vara da Justiça Federal, concordou com o Ministério Público Federal e determinou o depósito urgente dos valores para a comunidade.

Além das indenizações, a Vale deve implementar um projeto de geração de renda no local. O mineroduto atinge cerca de 20% do território da comunidade.

Um estudo da pesquisadora Rosa Elizabeth Acevedo Marin, da Universidade Federal do Pará (UFPA) comprova inúmeras perdas no local com impactos na água e na flora.

Prefeitura de Açailândia vai gastar mais de 2 milhões em publicidade

Por Luís Pablo Política
 

A prefeitura de Açailândia, comandada pelo prefeito Ildemar Gonçalves dos Santos, deverá gastar com publicidade algo em torno de 2.400.000,00 (dois milhões e quatrocentos mil reais).

A empresa que ganhou a licitação milionária da campanha publicitária da prefeitura, supostamente seria do parente do prefeito.

Segundo informações, esta empresa sempre ganha todos os pregões, nem mesmo grandes agências de Imperatriz conseguem se adequaer as exigências da prefeitura. Com isso, causando indignação em todos os setores da comunicação local.

As licitações foram fragmentadas para esconder o valor total que será gasto. Isto, é uma velha estratégia usada por políticos corruptos para encobrir gastos exorbitantes e ações desnecessárias.

A intensão é colocar uma mascara publicitária na administração que é uma das mais catastróficas que Açailândia já teve.

Veja a documentação:

Deputado Carlinhos Amorim visita Hospital Carlos Macieira

Por Luís Pablo Política
 

Deputado Carlinhos Amorim (direita), ao lado do presidente da Comissão, deputado Dr. Pádua (esquerda)

O deputado estadual Carlinhos Amorim (PDT), junto com a Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa visitou na tarde de hoje (3), o Hospital Carlos Macieira (Hospital do Ipem). O objetivo da visita foi conhecer as deficiências do Hospital.

Ao chegar no local, o pedetista foi bem recebida pela diretoria, que apresentou todas as dependências do hospital, em reforma desde 2009.

A pior situação foi percebida no setor de atendimento urgência e emergência, onde muitos pacientes reclamavam.

O atendimento é realizado por uma equipe de apenas dois médicos clínicos, um ortopedista e um pediatra. Esse número é o mesmo 24 horas com o revezamento dos profissionais, segundo informou a direção do Hospital.

Além de Carlinhos Amorim, participaram da visita o presidente da Comissão, deputado Dr. Pádua (PP), Cleide Coutinho (PSB), Gardênia Castelo (PSDB), Valeria Macedo (PDT), Francisca Primo (PT) e Vianey Bringel PMDB).

Deputado Alexandre Almeida diz que ovos do Governo são especiais

Por Luís Pablo Política
 

Deputado Alexandre Almeida

O deputado estadual Alexandre Almeida (PTdoB), subiu hoje na tribuna, para rebater as críticas da oposição a respeito dos “ovos de ouro” que o Governo do Estado comprou.

O parlamentar, diante da enorme repercussão em torno da denúncia feita pela oposição sobre a compra de 700 ovos de galinha ao preço de R$ 11,32 a unidade, no total de R$ 7.959,00 tentou justificar o contrato, mas acabou não convencendo ninguém.

De acordo com o deputado, a compra faz parte da rotina do Laboratório Central do Estado e seria feita junto a empresa Eduardo Janone Tolomei, uma granja do estado de São Paulo especializada em produzir “ovos especiais”.

A justificativa de Almeida não conveceu o autor da denúncia, deputado estadual Rubens Júnior (PCdoB), que questionou: “Se é uma rotina, porque as aquisições são feitas mediante dispensa de licitação”? disse Júnior.

Alexandre Almeida explicou falando que: “As galinhas que botam são especiais por isso o valor é mais caro”, finalizou.

Mesmo parecendo piada, foi um belo argumento!?

Proposta de Edilázio Júnior facilita acesso a internet banda larga

Por Luís Pablo Política
 

Deputado Edilázio Júnior

O deputado Edilázio Júnior (PV) sugeriu ao governo do Estado adesão a convênio que reduz a tributação de ICMS sobre serviços de comunicação, principalmente no acesso à internet banda larga. A proposta foi tratada na sessão desta terça-feira (3) e protocolada na Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, através de uma Indicação.

O objetivo do parlamentar é que uma parcela maior da população tenha inclusão digital, uma vez que os custos para implantação e ampliação dos serviços cairiam consideravelmente. “Se o governo vier aderir a este convênio, o custo da internet banda larga cairá de R$ 80 para cerca de R$ 29 (diferença de 63%). O governo federal já dá concedeu a isenção de IPI [Imposto sobre Produtos Industrializados] e isenção de Cofins [Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social] para modens. Mas não adianta ter os equipamentos se o acesso à internet for caro”, argumentou.

Hoje, Pará, São Paulo, Acre, Paraná, Pernambuco, Sergipe, Amapá, Ceará, e o Distrito Federal já aderiram ao convênio autorizado pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), órgão no país responsável por promover a celebração dos convênios para a concessão ou revogação de isenções, incentivos e benefícios fiscais.

A indicação, segundo Edilázio, surgiu após debate entre o parlamentar, o presidente da Famem, Júnior Marreca; a secretária-adjunta de Educação, Carmen Aroso; e o superintendente de Assuntos Institucionais da operadora de telefonia Oi, Luís Maurício dos Santos Lopes.

Uma das principais justificativas para a proposta é cada vez mais facilitar o acesso a informações, melhorando assim o Produto Interno Bruto (PIB) no país. “Um estudo do Banco Mundial diz que a cada acesso de banda larga aumenta em R$ 2 mil o PIB do país. A cada dez pontos percentuais de integrantes desse novo nicho de internet cresce 1,38% o percentual do PIB”, afirmou.

Outros números apresentados por Edilázio Júnior na explanação mostram haver ainda um grande déficit no acesso à informação digital: “O Nordeste tem o pior índice em todo o país em relação à banda larga. Apenas 18% dos domicílios possuem computador e somente 14% têm acesso ao serviço. Até 2009 mais da metade dos brasileiros jamais sequer acessaram a internet.”

Cruz Vermelha afirma que a SES deve cerca de 12 milhões para instituição

Por Luís Pablo Maranhão
 

Secretário Geral da Cruz Vermelha Brasileira Filial do Maranhão, Mário Gomes

O Secretário Geral da Cruz Vermelha Brasileira Filial do Maranhão, Mário Gomes , acompanhado dos advogados da Instituição, protocolou na Secretaria de Estado da Saúde , no último dia 25 de abril, relatório com aproximadamente 300 páginas respondendo e comprovando cada um dos pontos mencionados no relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE), utilizado pelo Secretário Estadual de Saúde, Ricardo Murad para intervir arbitrariamente nos contratos da Instituição.

No relatório apresentado pela Instituição está comprovado com informações levantadas nos extratos bancários que pagamentos feitos em atraso para fornecedores e prestadores bem como o protesto de títulos somente ocorreram devido ao repasse financeiro por parte da Secretaria para Filial Maranhense da Cruz Vermelha terem acontecido com atraso de até 30 dias.

A instituição através de comunicado oficial afirmou que nunca deixou de pagar fornecedores e prestadores em dia quando prontamente recebia os recursos da Secretaria de Saúde, mesmo com os constantes atrasos de repasse pela SES, pagando até o quinto dia útil, inclusive chegando ao ponto de recorrer a empréstimos para honrar com o pagamento dos salários dos funcionários.

Ainda no comunicado, a Instituição lamentou o tratamento desigual estabelecido pelo Secretário, que desnecessariamente expôs publicamente de forma negativa a Instituição, não adotando a mesma prática com outras instituições também referenciadas no relatório do TCE.

A Direção Estadual da Filial da Cruz Vermelha afirmou ainda que a SES deixa uma dívida com a Instituição de cerca de doze milhões de reais entres despesas já contraídas com fornecedores, prestadores e folha de pessoal e que ninguém na Secretaria quer tratar sobre o assunto o que agrava ainda mais a situação da Instituição no Maranhão.

Intervenção – No dia 09 de abril, o secretário Ricardo Murad, anunciou através da imprensa a intervenção dos contratos de gestão que a Cruz Vermelha Brasileira – filial Maranhão mantinha com a Secretaria Estadual de Saúde. Na ocasião, a Cruz Vermelha respondeu as acusações com uma carta resposta.

Antonio Pereira anuncia entrega de obras na região Tocantina

Por Luís Pablo Política
 

Deputado Antonio Pereira

O deputado Antonio Pereira (DEM) revelou nesta terça-feira (3), durante pronunciamento na tribuna da Asembleia Legislativa, que o Governo do Estado vai entregar, até o final deste ano, importantes obras que estão sendo executadas para beneficiar milhares de pessoas de vários municípios da região Tocantina, por meio da Secretaria de Estado de Infra-Estrutura (Sinfra).

O deputado informou que o secretário de Infra-Estrutura, Max Barros, garantiu que a rodoviária de Imperatriz será entregue no dia 20 deste mês. Segundo ele, Max prometeu, também, entregar nos próximos meses a duplicação da avenida “Babaçulândia”, que liga Imperatriz a João Lisboa, com iluminação pública. A obra atrasou por causa das chuvas e da indenização de algumas casas.

Antonio Pereira alerta que a entrega da rodoviária e a retomada da duplicação da avenida – que interliga também os municípios de Senador La Rocque, Amarante, Buritirana e Sítio novo – estão sendo bastante questionadas pela população, que cobra brevidade do governo do Estado. “A governadora e o secretário Max Barros foram sensíveis e resolverem os problemas”, reconhece.

O parlamentar democrata informou que a precariedade da antiga rodoviária de Imperatriz, construindo na década de 70, incomoda a população porque não atende a demanda. Já duplicação da avenida “Babaçulãndia” desafogará o enorme flux de veículos que trafegam entre os cinco municípios.

Fufuquinha solicita sistema de abastecimento de água

Por Luís Pablo Política
 

Deputado André Fufuquinha

O deputado André Fufuca (PSDB) quer a construção de um sistema simplificado de abastecimento de água nos Projetos de Assentamentos (P.A), Lula I e II, Santa Fé, Raimundo Panelada, Simasa, Baixão do Boca Rica, Condomínio, São Francisco e Bairro Imperial, no município Bom Jesus das Selvas.

Por meio de requerimento apresentado junto à Mesa diretora da Assembleia Legislativa, o parlamentar solicita ao governo do Estado que seja determinado ao presidente da Caema, João Reis Moreira Lima, urgência na execução das obras de construção dos sistemas simplificados de abastecimento.

Para o deputado, o pleito tem por finalidade melhorar a qualidade de vida da população desses povoados que têm sofrido com a falta de água.

O abastecimento de água nessas localidades também amenizará os problemas de saúde, principalmente das crianças, que mais sofrem com a falta de água tratada.