Danou-se: delegado pedirá quebra de sigilo bancário de Alberto Ferreira

Por Luís Pablo Esporte
 

Carlos Alberto Ferreira

As investigações criminais sobre as denúncias envolvendo a Federação Maranhense de Futebol (FMF) vão ganhar mais corpo a partir da semana que vem.

Augusto Barros, delegado responsável por apurar as possíveis irregularidades contábeis na entidade, informou que vai entrar com representação criminal pedindo a quebra do sigilo bancário e fiscal de Carlos Alberto Ferreira.

Ferreira não demonstrou boa vontade com as investigações, e o delegado da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) vai apelar a um recurso jurídico para fazer uma devassa na contabilidade da FMF.

Ao LANCENET!, Barros deixou claro que os indícios contra o cartola, que está há mais de 20 anos no poder, são muito fortes, e que, com toda a documentação em mãos, sua situação pode se complicar.

O delegado disse que a contabilidade da Federação Maranhense é de responsabilidade de um contador, que conta com o auxílio direto de Ferreira. Apenas em repasses da Confederação Brasileira de Futebol, cerca de R$ 450 mil entram anualmente nos cofres da FMF.

– O futebol maranhense está em estado caótico. Conforme o andamento das investigações criminais, o caso pode até resultar no afastamento do presidente. As investigações estão caminhando, mas os indícios de irregularidades são muito, muito fortes – disse Augusto Barros ao LNET!

Paralelo à investigação no âmbito da Polícia Civil, a promotora Lítia Cavalcanti abre outra frente no Ministério Público. O cartola da FMF já prestou esclarecimentos, no entanto, não foram considerados nada conclusivos.

Ferreira e seus pares podem ser enquadrados nos crimes de apropriação indébita, formação de quadrilha, enriquecimento ilícito e improbidade administrativa.

A promotora Litia Cavalcanti e Carlos Alberto Ferreira não foram encontrados pelo LANCENET! (Do Imirante).

Consórcio de traficante planejou morte do policial civil

Por Luís Pablo Crime / Polícia
 

No andamento das investigações sobre a tentativa de homicídio contra o policial civil José Murilo Costa Ferreira, o “Jimmy Cliff”, ocorrida na tarde da última terça-feira, a polícia vem descobrindo que o crime foi praticado por um consórcio de criminosos, alguns deles presos e autuados em flagrante na Delegacia Especial da Cidade Operária (Decop).

Os principais suspeitos de envolvimento no incidente integram uma quadrilha ligada ao tráfico de drogas na área do Parque Vitória, liderada por “Hernandes”, que teria assumido o posto depois da morte do irmão “Redenção”, morto em confronto com a polícia em Panaquatira, meses atrás.

De acordo com o delegado Walter Wanderley, que conduz as investigações sobre o caso, pelo menos quinze pessoas devem fazer parte da quadrilha organizada.

Na manhã de quarta-feira, 24, tinha sido preso Paulo Roberto Soares Rebelo, o “Paulinho Matador”. Dois dias depois, outros cinco envolvidos foram capturados. Cleuson do Nascimento Fontenele e Paulo Alberto Santos Silva estariam na motocicleta laranja que abordou Jimmy Cliff no momento do atentado. Também conhecido pelos apelidos de “Paulão”, “Paulo Matador” e “Paulo do Fox”, Paulo Alberto teria sido o autor dos disparos contra o policial civil.

Ex-companheira de Jimmy Cliff, Maria do Perpétuo Socorro, a “Loura”, tem um envolvimento amoroso com Hernandes, e o atentado ocorreu na porta do salão de beleza dela. A polícia investiga a hipótese de que Loura teria atraído o policial ao lugar, para que os demais comparsas realizassem a execução.

Isilene de Jesus Silva Pacheco é mãe de Paulo Vitor, integrante da quadrilha também morto em um tiroteio, durante uma operação que teve a participação de Jimmy Cliff.

Inconformada com a morte do filho, ela teria prometido que se vingaria, e chegou a vender todos os bens para mudar-se para Manaus, retornando daquela cidade em julho deste ano. Há indícios de que Isilene patrocinou o atentado. Conhecido como “Coco”, Gustavo Coimbra Gomes é acusado de também ter dado apoio à dupla da moto.

Os responsáveis pelo atentado foram identificados e presos por uma equipe de investigação e captura formada por pessoal da Decop, delegacia do Parque Vitória (20º DP), Serviço de Inteligência da Polícia Militar, Superintendência da Polícia Civil da Capital (SPCC) e Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic). As informações são do Imparcial.

Roseana Sarney chegou a São Luís e inaugura as UPAs na terça-feira

Por Luís Pablo Política
 

Governadora Roseana Sarney

Li no blog do Luís Cardoso, meu pai, que a governadora Roseana Sarney estava em Brasília fazendo política e tratamento de rotina da sua saúde.

Entrei em contato com uma fonte fidedigna, que me garantiu que Roseana chegou ontem, 25, por volta das 18h, e encontra-se no Palácio dos Leões. Sem receber quase ninguém.

Liguei para o Luís Cardoso e lhe passei a informação e pedi a ele que retirasse o post do seu blog.

Curioso, o blogueiro retirou o post e me retornou por contato telefônico para confirmar a minha informação.

Roseana Sarney adiou a inauguração das UPAs para terça e quarta-feira (30/31). A governadora vai inaugurar as unidades hospitalares de Paulino Neves e do Parque Vitória.

A presidente Dilma Rousseff não marcará presença.

Forro de sala de anexo da UFMA desaba com a chuva

Por Luís Pablo Cidade
 

Com a forte chuva da tarde desta sexta-feira (26), em São Luís, o forro de uma das salas do prédio anexo do curso de Enfermagem da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), que fica no Centro, desabou.

O acidente assustou funcionários, alunos e pessoas que passavam pelo local. Ninguém se feriu.

De acordo com as primeiras informações da Prefeitura de Campus da UFMA, o forro pode ter desabado com o peso da água da forte chuva desta tarde.

Engenheiros da Prefeitura de Campus já estão no local, avaliando as consequências do desabamento e analisando as causas.

Por sorte, a sala estava fechada no momento do acidente. (As informações são do Imirante).

Forte vento arranca telhados de casas no bairro da Vila Embratel

Por Luís Pablo Cidade
 

A inesperada e forte chuva que caiu, na tarde desta sexta-feira (26), em São Luís causou muitos prejuízos. A área Itaqui-Bacanga, como sempre, foi uma das mais afetadas.

No bairro Vila Embratel, nas proximidades do Gapara, muitas famílias estão em difícil situação, pois uma ventania atingiu a localidade e arrancou telhado de várias casas.

Os mais afetados foram os moradores da Rua 13 de maio, onde quase todas as residências da via ficaram danificadas com o forte vento. Em uma das casas estava uma criança e a mãe, que no momento da queda do telhado ficaram muito apavorados e pediram abrigo a um vizinho. Clique e veja como ficou a casa:(Com informações do Imparcial).

Chuva forte em São Luís causa alagamentos em vários pontos

Por Luís Pablo Cidade
 

Em São Luís, na tarde desta sexta-feira, 26, a pancada de chuva foi forte, em vários pontos da capital maranhense.

Várias ruas e avenidas da cidade ficaram alagadas, deixando o transito lento e com engarrafamentos quilométricos.

A exemplo da avenida Beira Mar, próximo ao semáforo do cruzamento da Ponte José Sarney e rua do Egito, que os carros tiveram dificuldade para trafegar.

Avenida Beira Mar - Foto: De Jesus/ O Estado

Caema é obrigada a regularizar fornecimento de água em Riachão

Por Luís Pablo Maranhão
 

Eduardo Júlio
MPMA

A pedido do Ministério Público do Maranhão, a Justiça determinou, no dia 12 de agosto, o restabelecimento completo, no prazo de 24 horas, do serviço de fornecimento de água a todas as unidades consumidoras do município de Riachão (a 825km da capital).

A medida liminar foi requerida na Ação Civil Pública interposta contra a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), no dia 3 de agosto, pela promotora de Justiça Ana Cláudia Cruz dos Santos, titular da comarca. Em caso de desobediência, está prevista uma multa de R$ 10 mil, por cada interrupção no fornecimento. Assinou a decisão o juiz Mazurkiévicz Saraiva de Sousa.

A manifestação ministerial foi motivada pelas constantes interrupções no fornecimento de água em diversas áreas do município, o que vem comprometendo o bem-estar da população. No dia 15 de julho, por exemplo, o serviço de abastecimento foi paralisado, permanecendo irregular por aproximadamente 15 dias. A interrupção atingiu inclusive diversos prédios de órgãos públicos.

OUTROS PEDIDOS
Também foi determinado que a empresa mantenha de forma eficiente, adequada e contínua o serviço público de fornecimento de água a todos os consumidores de Riachão, sob pena de multa no valor de R$ 30 mil, por interrupção.

A Caema igualmente está obrigada a prestar serviço público essencial de fornecimento de água a todos os moradores da zona rural do município.

Pela decisão da Justiça, a companhia deve, ainda, deixar de emitir e cobrar as guias de contas mensais dos consumidores até que o fornecimento de água seja restabelecido. A empresa deve também abster-se de cobrar a conta do mês de agosto de 2011 até que comprove a realização dos serviços de ampliação da rede de tratamento e distribuição de água, evitando assim novas paralisações.

Outra determinação refere-se à ampliação da rede de tratamento e abastecimento de água, no prazo de 30 dias.

Para cada determinação descumprida está prevista uma multa diária de R$ 10 mil.

“Segundo foi apurado, há muito tempo o fornecimento de água em Riachão encontra-se bastante deficiente, tendo em vista que todo o sistema de distribuição e tratamento de água foi instalado no ano de 1998, e desde então não houve qualquer ampliação, apesar da população local ter aumentado consideravelmente”, declarou, na ação, a promotora de Justiça.

AMPLIAÇÃO
Em 15 de junho deste ano, a promotora de Justiça Ana Cláudia Cruz dos Santos se reuniu com representantes da Caema para tratar das constantes paralisações do fornecimento de água em Riachão. Na ocasião, os servidores e assessores da companhia informaram que existia uma proposta para duplicação da capacidade de produção de abastecimento no município, que passaria de 100 metros cúbicos por hora para 200 metros cúbicos.

Os representantes da empresa declararam ainda que faltavam apenas alguns trâmites burocráticos para a obra ser iniciada. O processo de licitação, inclusive, estaria concluído. Eles informaram também que o prazo para a duplicação era de três meses. No entanto, até o momento da decisão judicial, a obra não tinha sido iniciada.

Rigo Teles destaca potencial turístico do município de Barra do Corda

Por Luís Pablo Política
 

Cláudio Brito
Agência Assembleia

Deputado Rigo Teles

O deputado Rigo Teles (PV) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, durante a sessão da última quinta-feira (25), para destacar o potencial turístico do município de Barra do Corda, um dos mais importantes pólo sócio-econômicos e culturais da região Central do Estado do Maranhão.

O parlamentar afirmou que ao contrário do que divulgou o jornal a “Folha de S. Paulo”, Barra do Corda é conhecida por todos, inclusive pelos deputados, como um dos principais pólos turísticos do Maranhão, e está incluído no roteiro do Ministério do Esporte e Turismo.

De posse da Deliberação Normativa número 432, datada de 28 de novembro de 2002, emitida pelo Ministério do Esporte e Turismo, Rigo Teles esclareceu que o município de Barra do Corda foi reconhecido pelo governo federal, com outros municípios maranhenses, pelo seu potencial turístico.

O documento do Ministério do Esporte e Turismo deixa claro que de Barra do Corda tem turismo efetivo, é capaz de gerar grandes deslocamentos de pessoas, possui recursos naturais e culturais expressivos e encontra, no setor de turismo, diretrizes para o desenvolvimento sócio-econômico do município e da região.

Rigo Teles informa que Barra do Corda promove hoje o maior carnaval do interior do Maranhão, já reconhecido por cerca de 50 mil pessoas, que anualmente se deslocam de outros municípios maranhenses e de outros Estados brasileiros, para brincar na cidade, banhada pelo Rio Mearim e pelo Rio Corda.

“Barra do Corda tem cachoeiras e aldeias indígenas, que proporcionam grande potencial turístico. O Rio Corda e o Rio Mearim foram eleitos como uma das sete maravilhas do Maranhão. Recentemente, reunimos mais de 30 mil pessoas no Rally dos Sertões, que lotou toda a rede hoteleira e gerou lucros”, afirmou.

O roteiro turístico da Embratur inclui, também os municípios de Alcântara, São Luís, Apicum-Açú, Bacuri, Balsas, Barreirinhas, Carolina, Cedral, Codó, Cururupu, Humberto de Campos, Imperatriz, Itapecuru-Mirim, Monção, Morros, Nova Iorque, Pastos Bons, Paulino Neves, Pindaré Mirim, Porto Franco, Porto Rico, Santo Amaro, São José de Ribamar e Tutóia.

Deputados do MA e PI defendem parceria em prol da saúde pública

Por Luís Pablo Política
 

Deputados do Maranhão e Piauí discutiram, em audiência pública conjunta realizada nesta quinta-feira (25), em Teresina (PI), os problemas de atendimento hospitalar oferecido pelo estado piauiense a maranhenses, principalmente habitantes da região dos Cocais. Ficou acertada a montagem de uma parceria para enfrentar a questão. A audiência foi realizada por solicitação do deputado Luciano Leitoa (PSB), cuja principal base eleitoral é Timon, um dos municípios mais prejudicados com os problemas no atendimento a maranhenses.

O encontro aconteceu na Assembleia Legislativa do Piauí e dele participaram, além de vários deputados estaduais do Estado vizinho, o presidente da Comissão de Saúde da Assembléia Legislativa do Maranhão, Dr. Pádua, os deputados André Fufuca (PSDB), Carlinhos Florêncio (PMN), Vianey Bringel (PMDB), Antonio Pereira (DEM), Valéria Macedo (PDT), Marcelo Tavares (PSB), Gardênia Castelo (PSDB), Rubens Pereira Jr (PCdoB), Cleide Coutinho (PSB), Edilázio Jr (PV), Alexandre Almeida (PTdoB) e Hélio Soares (PP). Todos enfatizaram que a crise da saúde pública do Piauí e Maranhão só será resolvida se houver cooperação entre as autoridades dos dois Estados, em função dos problemas que se estendem há anos, prejudicando as duas populações.

O Estado do Piauí reclama que não há repasse de recursos financeiros suficientes para cobrir os gastos com pacientes maranhenses, por isso teria ocorrido a suspensão parcial do atendimento. Luciano Leitoa, que é membro suplente da Comissão de Saúde da Assembleia do Maranhão, foi enfático ao dizer que o problema realmente é antigo e só será enfrentado com vigor se os dois Estados se unirem buscando soluções conjuntas, o que deve acontecer agora com a abertura do canal feito por conta da audiência pública. O secretário adjunto de Saúde do Maranhão, José Márcio Leite, esteve no encontro e externou a posição do Governo do Maranhão.

Durante a semana passada, Leitoa esteve na Secretária de Saúde do Maranhão em busca de informações atuais sobre a situação da saúde que envolve os dois Estados, o que subsidiou o encontro no Piauí. No Estado visinho, ficaram sabendo que 40 por cento dos pacientes de seu sistema de saúde são provenientes do Maranhão.

Além de deputados e autoridades do setor de saúde, participaram da audiência vereadores de Teresina, Timon e outros municípios da região.

Tadeu Palácio corre contra o tempo para se filiar a um partido

Por Luís Pablo Política
 

Ex-secretário Tadeu Palácio

O ex-prefeito Tadeu Palácio (agora sem partido) ainda não definiu seu futuro político. Por enquanto o ex-secretário de Turismo conversa com vários partidos.

No campo governista, as principais legendas na briga por Tadeu são PHS, PR, PSL e PV. Na oposição, PPS e PCdoB aparecem como opções.

O único que admitiu proposta concreta pela aquisição foi o presidente do PHS, Raimundo Filho. Os demais, negam terem sido procurados pelo ex-prefeito ou o terem procurado.

Para poder se candidatar a prefeito de São Luís, Tadeu Palácio precisa se filiar a uma agremiação partidária um ano antes do pleito.

Como a eleição de 2012 será realizada dia 7 de outubro, o prazo final para que Tadeu tome sua decisão é 6 de outubro deste ano, ou seja, ele ainda tem pouco mais de um mês para negociar seu futuro político. (As informações são do Imparcial).