“Não me sinto confortável em assumir dessa forma”, diz Pastor Bel

Por Luís Pablo Política
 

Pastor Bel (PP)

O segundo suplente do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, Heber Waldo Silva Costa, o pastor Bel (PP), estava ontem (16), em São Luís.

Pastor Bel disse que está fazendo um forte círculo de Oração nas Igrejas em todo o Maranhão, ligando para todos os Membros da Assembleia de Deus para que rezem pela recuperação do senador Edison Lobão Filho, o Edinho (PMDB).

O suplente espera que a recuperação de Lobão Filho seja mais rápida possível, para que ele possa continuar desenvolvendo esse trabalho de fundamental importância para o Maranhão.

“Edinho Lobão é um homem muito conceituado e de grande articulação política no Congresso Nacional, um homem íntegro e justo para o povo maranhense. Eu não me sinto confortável em assumir no seu lugar a vaga no Senado dessa forma”, disse Pastor Bel.

Nessa semana Bel (PP) deverá assumir por seis ou oito meses a vaga no Congresso Nacional do senador Edison Lobão Filho.

Te cuida, Suely Tonial! O JN no Ar visitará São Luís

Por Luís Pablo Política
 

O Jornal Nacional iniciou, nesta segunda-feira (16), uma série especial de reportagens sobre a educação no Brasil.

O telejornal vai mostrar os maiores problemas apresentados nas escolas públicas, do 1º ao 5° ano do ensino fundamental.

o JN no Ar vai visitar escolas das cinco regiões do país, em cidades sorteadas na bancada, ao vivo. O sorteio é uma forma de assegurar que nenhuma prefeitura terá tempo de “maquiar” a realidade nas escolas.

Viu, Suely!

Secretária Municipal de Educação, Suely Tonial

A situação da educação nas escolas da Rede Municipal de Ensino, na área Itaqui-Bacanga, é lamentável. Os alunos estão sem aula por falta de professores desde o começo do ano.

Na área do Bacanga tem uma concentração de mais de 50 bairros e existem várias escolas municipais. Alunos estão sendo prejudicados pelo descaso da educação.

Os pais dos alunos vão todos os dias nas escolas perguntarem se já chegaram professores, mas a resposta é sempre a mesma, “NÃO”.

Nas escolas as instalações estão mal cuidadas, depredadas, vidros quebrados, luzes queimadas e sem ventiladores.

Os educadores dizem que enfrentam a situação como podem, as ordens que recebem da secretária Municipal de Educação, Suely Tonial, são para ficarem enrolando os moradores.

Segundo um relato de um educador, quando um diretor revoltado foi chamar atenção da secretária, para resolver imediato está situação, Suely Tonial respondeu curta e grossa, com palavras de baixo calão.

“O que você quer que eu faça, só se eu tirar dinheiro do meu c…”, disse a secretária, segundo o educador.

O promotor de Educação Paulo Avelar, convocou a secretária de Educação pra uma reunião, para solucionar esse problema que está afetando diversos alunos, mas Suely Tonial nunca compareceu.

Pio XII – retratos de uma cidade abandonada pela Administração

Por Luís Pablo Política
 

Blog do Louremar

Escolas caindo aos pedaços, estradas vicinais intrafegáveis e ruas do centro cheias de buracos. Essa é a realidade de Pio XII que pode ser constatada nesses flagrantes.

A rua Ceará, no centro, está intrafegável. Carro nem pensar, bicicleta só com muito malabarismo do condutor.

O matadouro público municipal nunca viu ações de higiene. A carne consumida pela população é transportada nesse veículo que está estacionado na porta. Dia desses, uma banda de boi caiu no meio da rua, próximo a uma vala cheia d´água. A providência foi por novamente na corroça e tocar pra frente. O transporte é feito sempre à noite, para que a população não fique tão chocada.

As estradas vicinais estão uma lástima. O maior povoado do município é o Cordeiro, onde residem cerca de 600 famílias. Os estudantes de povoados vizinhos tem que andar 3 quilometros a pé para assistirem aula. As condições da estrada só permitem motocicleta. Nem mesmo em veículos com tração 4 por 4 é possível transitar.

Recentemente foi liberada a verba no valor de quase 800 mil reais para construção da estrada que tem cerca de 9 km mais segundo os moradores apenas 3 caçambas e duas escavadeiras apareceram por lá e depois foram embora.

No ano passado a Prefeitura de Pio XII firmou o convênio nº 612526 com o Ministério das Cidades no valor de R$ 195.411,00.

A última parcela desse dinheiro foi recebida no dia 22 de outubro, no valor de R$ 83.957,14.

A finalidade do convênio é justamente a pavimentação de ruas da cidade.

Policiais homossexuais poderão desfilar na Parada Gay com uniformes

Por Luís Pablo Brasil
 

Portal – O Dia Online

Sérgio Cabral lançou a campanha nesta segunda-feira

Rio – Policiais homossexuais estão autorizados a participarem da próxima Parada Gay uniformizados. A decisão foi divulgada, nesta segunda-feira, durante a campanha Rio sem Homofobia, que estará nas ruas a partir desta terça-feira, data em que se comemora o Dia Mundial de Combate à Homofobia. O tema ganhou uma data comemorativa desde 1993, e este ano terá a adesão de 102 países, entre eles o Brasil, que vai marcar a luta do movimento GLBT (gays, lésbicas, bissexuais e transexuais).

Durante o evento, o governador Sérgio Cabral afirmou que acredita que, assim como fizeram os membros do Supremo Tribunal Federal, aprovando a união civil de pessoas do mesmo sexo, o Senado vai aprovar o projeto de lei 122/2006 que criminaliza a homofobia. Ele também listou uma série de medidas que o Governo do Estado tomou nos últimos anos para diminuir a discriminação que esse segmento da população sofre.

“E, agora, vamos lançar esta campanha publicitária, para termos o Rio sem homofobia”,disse Cabral que autorizou os policiais, inclusive, a usarem as viaturas.

A campanha será veiculada por rádios, televisões, cartazes, outdoors, busdoor, mobiliário urbano, folhetos, além de um site e itens promocionais, como camisetas, barracas de praia e blocos.

Inédito: José Sarney vai devolver dinheiro aos cofres público

Por Luís Pablo Política
 

Agência Folha

Presidente do Senado, José Sarney

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), vai devolver aos cofres públicos R$ 23,9 mil gastos em um jantar oferecido pelo peemedebista ao ministro César Asfor Rocha, ex-presidente do STJ (Superior Tribunal de Justiça), no final de abril.

O jantar para 60 pessoas, realizado na residência oficial do Senado, custou R$ 400 por convidado –com todas as despesas pagas com recursos do Legislativo.

O site Contas Abertas revelou que, para pagar o jantar, a Casa emitiu três notas fiscais em valores próximos a R$ 8.000 –uma para decoração, outra para o buffet e a terceira para o pagamento de bebidas.

De acordo com a lei de licitações, o Senado poderia gastar até o limite de R$ 8 mil no jantar sem realizar licitação pública –por isso a Casa optou por separar as notas de empenho dos gastos.

Segundo a ONG Contas Abertas, as notas foram emitidas para três diferentes empresas, o que não caracterizaria o fracionamento das despesas.

Duas empresas que forneceram os serviços, porém, estão localizadas no mesmo conjunto comercial em Brasília e têm número de telefone semelhante para contato com os clientes.

Em nota, a assessoria de imprensa do Senado afirmou que Sarney decidiu devolver os recursos depois de ter conhecimento do valor total do jantar.

“A decisão já tinha sido tomada pelo presidente desde a semana passada quando soube dos valores cobrados, embora não exista nenhuma ilegalidade na contratação dos serviços”, diz a nota.

Cardápio – Segundo o Senado, o jantar reuniu senadores e “mais de 30 ministros” na residência oficial de Sarney, no dia 28 de abril.

O presidente da Casa vai devolver o dinheiro por meio de guia de recolhimento da União.

O cardápio oferecido aos convidados foi variado: desde queijo grana padano com mel e caviar, de entrada, até posta de bacalhau sobre ninho de legumes como prato principal.

Também estão no cardápio divulgado pelo buffet bebidas alcoólicas, salgadinhos variados e sobremesas.

Pedro Simon critica ‘lista fechada’

Por Luís Pablo Política
 

Agência Brasil

Senador Pedro Simon

O senador Pedro Simon (PMDB-RS) defendeu a aprovação de uma reforma política, em discurso nesta segunda-feira (16). O senador, porém, criticou alguns pontos da proposta apresentada pela comissão de reforma política do Senado, como a instituição de “lista fechada” nas eleições para deputados e vereadores, tese defendida pelo PT. Simon também sugeriu que o presidente do Senado, José Sarney, tome o comando do projeto, utilizando-se de sua força política e prestígio no Congresso Nacional para aparar arestas existentes.

– O presidente Sarney, como presidente do Senado e do Congresso, tem que buscar diálogo e entendimento com a outra mesa, da Câmara, e com o Poder Executivo – disse.

De acordo com Simon, Sarney é quem deve capitanear a reforma, já que o presidente da Câmara, Marco Maia, ainda seria um “iniciante”, com menos força, e o próprio vice-presidente da República, Michel Temer, duvidaria da aprovação do modelo de reforma política discutido.

Simon criticou pontos da proposta da comissão de reforma política do Senado, como a chamada “lista fechada” – na qual o eleitor escolhe apenas os partidos – nas eleições para deputado e vereador. O parlamentar classificou a elaboração de “listas fechadas” pelos comandos partidários como “uma piada e uma grosseria”. Simon também criticou a janela para mudança de partido a seis meses da eleição, pois em sua visão isso é “vulgarizar tudo que possamos imaginar”.

Defesa de Roger Abdelmassih nega irregularidades em inseminações

Por Luís Pablo Brasil
 

Do G1

Roger Abdelmassih

O advogado do médico Roger Abdelmassih, José Luis Oliveira Lima, rebateu na tarde desta segunda-feira (16) afirmações de reportagem publicada na edição desta semana da revista Época indicando irregularidades em inseminações. O texto diz que parte dos filhos gerados após tratamento na clínica Abdelmassih, situada nos Jardins, região nobre de São Paulo, não tinha ligação biológica com os pais.

O médico foi condenado no ano passado a 278 anos de prisão pela acusação de estuprar pacientes. Ele, porém, ficou preso apenas entre os dias 17 de agosto e 24 de dezembro de 2009, durante a fase processual. Isso porque o então presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, concedeu ao médico o direito de responder em liberdade. Por causa dessa liminar, que ainda não tem uma decisão definitiva, o condenado ficou em liberdade.

Em janeiro de 2011, Abdelmassih pediu renovação de seu passaporte à Polícia Federal. Por causa da possibilidade de fuga, teve pedido de prisão concedido pela Justiça. Desde então, é considerado foragido. O advogado não quis falar sobre o assunto.

De acordo com o defensor, todos os procedimentos efetuados “atenderam a requisitos éticos e legais”.“Todos os procedimentos oferecidos aos casais que procuraram a clínica eram feitos com consentimento do casal.”
O advogado acrescentou durante entrevista no Centro de São Paulo que “nada do que era oferecido aos clientes escapava do conhecimento” deles. Ele acrescentou que uma das fontes de informação da reportagem da revista é um engenheiro que tem “litígio na Justiça com ex-sócios ligados à clínica”.

O defensor também divulgou nota segundo a qual “todas as pacientes que receberam óvulos e espermatozóides doados o fizeram através de termo de consentimento informado e assinado, assim como quem doava óvulos para receptoras o faziam consentindo tal procedimento”.

Poesia: Minha terra tem buracos…

Por Luís Pablo Blog
 

Minha terra tem buracos
Onde meu pneu pode estourar
As valas que vivem cheias
Parece que ficam a me mirar

Nosso asfaltos tem mais crateras
Nosso céu não tem mais cores
Nosso estado é de miséria
A miséria dos horrores

Ao resmungar sozinha , de dia
Mais um buraco encontro eu lá
E Sentada no chão quente
Fico a espera de um borracheiro chegar

Minha terra tem amores
Só não sei onde foi parar
A resmungar , sozinha , de dia
Lá vai mais em mais um buraco eu entrar
Minha terra tem descaso
Porque Sarney foi mandar

Não permita deus que eu morra
Sem ver minha terra melhorar
Sem que eu desfrute as belezas
Da ilha do mará
Pra que eu possa admirar as palmeiras
Sem ter uma vala a me esperar.

Ministro do Supremo nega pedido de liberdade a Cesare Battisti

Por Luís Pablo Mundo
 

Do G1

Cesare Battisti

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes negou nesta segunda-feira (16) o pedido de liberdade feito pela defesa do ex-ativista de esquerda Cesare Battisti. Este é o segundo pedido de liberdade negado ao italiano.

Condenado à prisão perpétua pela Justiça italiana por ter supostamente participado de quatro assassinatos na década de 70, Battisti está preso no Brasil desde 18 de março de 2007.

Em sua decisão, o ministro Gilmar Mendes, relator do caso, afirmou que o parecer da Procuradoria Geral da República (PGR) contra a extradição do italiano não traz “elemento novo” que justifique a revisão da situação do italiano. Mendes afirmou ainda que o caso deve ser analisado pelo plenário do STF “em breve”.

“É obvio que o tribunal não se vincula ao parecer do procurador-geral da República. O exame da controvérsia citada no processo de extradição do italiano Cesar Battisti está concluído e, em breve, será apreciado pelo plenário da Corte”, disse o relator.

Senador Edison Lobão Filho deve passar por cirurgia na bacia

Por Luís Pablo Política
 

Senador Edison Lobão Filho

O senador Edison Lobão Filho (PMDB-MA) permanece internado na UTI do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo.

Segundo boletim divulgado pelo hospital hoje, ele realizou exames para avaliação ortopédica. Seu estado de saúde é estável, mas ele continua sob efeito de sedação, respirando com ajuda de aparelhos. Nos próximos dias, deverá ser submetido a procedimento cirúrgico na região da bacia.

Lobão Filho sofreu um grave acidente de trânsito na última quinta-feira (12), na estrada de Paço do Lumiar.

O carro do senador bateu de frente com outro veículo. Ele foi levado até o UDI Hospital, em São Luis com fraturas na bacia, no nariz, no fêmur e em duas costelas.

No sábado, ele foi transferido para o hospital em São Paulo. Mas, antes disso, o filho do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, já havia passado por duas cirurgias em São Luís.