Suzano Papel e Celulose tenta prejudicar comunidades do Maranhão

Por Luís Pablo Maranhão
 

Lideranças comunitárias de São Raimundo, município de Urbano Santos, no Maranhão, repassaram informação ao blog denunciando litigio envolvendo a comunidade de Bracinho e a Suzano Papel e Celulose.

A empresa tentou entrar nas áreas de Chapada da comunidade para desmatar as espécies nativas do Cerrado e, para isso, contou com a cumplicidade da Polícia Militar que protagonizou o seu papel de sempre, o de intimidação.

A comunidade do Bracinho montou barreiras e isso impediu o avanço dos tratores. A Suzano quer “ceifar” áreas de São Raimundo e de Bom Princípio.

Segundo o líder comunitário Domingos, caso os tratores voltem a ideia é incendiar o maquinário.

Governadora Roseana Sarney lamenta o falecimento da colunista Flor de Lys

Por Luís Pablo Política
 

Governadora Roseana Sarney

A governadora Roseana Sarney lamentou o falecimento da colunista Flor de Lys, ocorrido neste domingo (29), no Hospital São Domingos, vítima de parada cardiorrespiratória.

Bastante consternada, Roseana Sarney ressaltou o trabalho de Flor de Lys e sua trajetória no colunismo, onde atuou por décadas e retratou a sociedade maranhense de um jeito genuíno e irreverente.

“Flor de Lys era muito querida por todos nós e deixou sua marca no colunismo maranhense, onde conquistou leitores e telespectadores fiéis com seu trabalho e pioneirismo. Sua trajetória será lembrada pra sempre”, declarou a governadora.

(Com informações do Imparcial)

Um bairro abandonado pela Prefeitura de São Luís

Por Luís Pablo Cidade
 

Bairro João de Deus

Saturados pela espera do prefeito de São Luís, João Castelo, os moradores do bairro João de Deus, da av. Talles Neto, resolveram interdita a rua.

São inúmeras reclamações dos moradores, que afirmaram que são constantes acidentes na rua pondo em risco a vida de muita gente.

Segundo relatou uma moradora, para desviar da buraqueira os veículos já estavam subindo nas calçadas de algumas residências.

O descaso já é antigo no bairro, há quase dois anos que a Prefeitura de São Luís vem prometendo realizar a obra no trecho, mas nada fez. Mesmo com a interdição na rua feita pelos moradores, nenhuma equipe da SEMOSP ainda não apareceu para dizer quando será realizada alguma operação tapa buraco no bairro.

Chiquinho Escórcio defende discussão imediata para financiamento da saúde

Por Luís Pablo Política
 

O deputado federal Chiquinho Escórcio (PMDB-MA) defendeu na Câmara dos Deputados a discussão imediata de possíveis soluções para o financiamento da saúde pública brasileira. O parlamentar participou de audiência pública sobre o tema na Comissão de Finanças e Tributação da Casa e, depois, reforçou seu posicionamento durante pronunciamento em Plenário. “A situação é crítica. Onde vamos buscar esse dinheiro? Os estados e municípios não têm e, quando têm, é muito pouco. Venho chamar a atenção dessa Casa para buscar uma solução para o inadiável financiamento da saúde pública”, afirmou.

Chiquinho Escórcio lembrou aos colegas os argumentos do ex-presidente Lula ao defender a manutenção do imposto do cheque que era repassado a estados e municípios para ações em prol da saúde pública. “Ele tinha razão quando defendia que se não agíssemos rapidamente teríamos um colapso total na saúde. Hoje estamos vendo a dificuldade de se manter a saúde em todo o País”, completou.

Durante sua participação na Comissão de Finanças e Tributação, Chiquinho lembrou que o Maranhão é o segundo estado brasileiro que menos recebe verbas federais para a aplicação na saúde. “Minha terra precisa ser ajudada. Por que o Maranhão, que precisava ser o mais privilegiado pelo Ministério da Saúde, é o segundo da ordem inversa?”, destacou.

O parlamentar ressaltou, ainda, que com pouco dinheiro, vários prefeitos investem na chamada “indústria da ambulância”. “Temos uma indústria da ambulância que nos remete a uma situação difícil nos grandes municípios, e faz com que o prefeito pegue o doente, bote numa ambulância e vá embora, levando o problema para os outros. Temos que encontrar uma saída para buscar esse investimento”, completou Chiquinho.

Morre a colunista social Flor de Lys

Por Luís Pablo Política
 

Flor de Lys e Mhario Lincoln

Morreu na tarde deste domingo, no Hospital São Domingos, a colunista social Flor de Lyz, aos 82 anos, vítima de uma parada cardiorespiratória.

Flor de Lyz trabalhou no Jornal Pequeno e Imparcial, além de manter um programa social na tv.

O corpo da colunista está sendo velado na Central de Velórios da Pax União, Canto do Fabril, Centro. O sepultamento acontecerá na manhã desta segunda-feira, em local ainda a ser divulgado. Em breve mais informações.

(Com informações do Jornal Pequeno)

“Caixa-Preta”

Por Luís Pablo Brasil
 

Finalmente o Ministério das Comunicações resolveu divulgar a lista lista dos políticos e donos de rádios e TV no Brasil.

São cerca de 56 deputados e senadores que são sócios ou têm parentes no controle de emissoras.

Veja lista de sócios e diretores de TVs e rádios no país.

A matéria publicada hoje na Folha de S.Paulo relata que a divulgação da lista é uma reivindicação antiga de entidades que fiscalizam o setor de comunicação no país.

O cadastro trás um mapa das 291 TVs, 3.205 rádios e 6.186 retransmissoras comerciais existentes no Brasil.

Segundo a Folha, empresas abertas em nome de laranjas são frequentemente usadas por especuladores, igrejas e políticos para comprar concessões de rádio e TV em licitações do governo federal.

(Fonte: Folha de S.Paulo)

Três notas…

Por Luís Pablo Política
 

Esquema de carros

Tem uma prefeita esposa de um deputado verde que está envolvida em um esquema antigo de carros.

O que ocorre é que a prefeita utiliza o nome dos donos das empresas que prestam serviços para prefeitura e tem um superfaturamento para comprar carrões de luxos.

As empresas estão envolvidas em uma suposta lavagem de dinheiro para prefeitura. Na próxima semana o blog vai debaratinar todo esse esquema. Aguardem!

O sonho acabou

Heber Waldo Silva Costa, conhecido como Pastor Bel (PP-MA), segundo suplente do senador licenciado, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, anda triste porque talvez não ocupará a tão sonhada vaga no Senado.

Com a surpreendente recuperação do senador maranhense Edison Lobão Filho, o Edinho (PMDB), o sonho da bancada evangélica de Bel, não poderá ser realizado, tudo porque Edinho já saiu da UTI e na próxima semana poderá ter alta do Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

 

Alívio

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, anda mais aliviado e com menos dor de cabeça, por dois motivos.

Primeiro: seu filho, o seu primeiro suplente no Senado, Lobão Filho, estar tendo uma boa evolução no seu quadro clínico e poderá sair do hospital na próxima semana.

Segundo: com a saida de Lobão Filho na próxima semana do Hospital, o mesmo poderá voltar a ocupar a vaga do pai no Senado, com isso, deixando o ministro mais aliviado. Tudo porque, a bancada de Pastor Bel, seu segundo suplente, estava lhe pressionando para Bel assumir a vaga no Senado.

Empresários e rodoviários assinaram termo para não aumentar passagens

Por Luís Pablo Cidade
 

Desde a tarde da última sexta-feira (27), o fluxo de ônibus na capital retornou à normalidade, em cumprimento à determinação do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-MA). Apesar disso, o presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, Dorival Sousa, diz que a greve poderá prosseguir nesta semana, caso não haja acordo final entre empregados e patrões, mas que população não será prejudicada com falta de ônibus e com aumento de passagens.

“Os empresários estão comprometidos judicialmente a não repassar os reajustes aos passageiros, por meio do aumento de passagens. Em 2010, foi assinado pelo Set e pelos rodoviários um Termo de Ajustamento de Conduta pelo qual se firmava o compromisso de não repassar reajustes”, afirmou Dorival.

De acordo com Dorival Sousa, na reunião desta semana o entre SET e Sindicato dos Rodoviários será definido se haverá ou não reajuste do tíquete-alimentação em 16%, tal como pedido pelo Sindicato inicialmente, ou em 8,3%, como arbitrado pelo TRT e ainda inclusão de mais dois dependentes no plano de saúde. “Houve uma sinalização nesse sentido. Se isso de fato nos for oferecido, a greve acaba”, promete Dorival.

Os donos das empresas de transportes poderão recorrer da decisão do TRT que fixou o aumento dos salários dos rodoviários em 8,3%. No momento, não há perspectiva de aumento no preço das passagens.

O líder dos sindicalistas, todavia, enfatiza que, caso não haja acordo, os rodoviários poderão parar novamente. Tal paralisação, todavia, ocorreria dentre dos parâmetros estabelecidos pelo Judiciário. Assim, ao longo desta semana está descartada a possibilidade de paralisação geral, tal como se deu de segunda-feira (23) à quinta (26) da semana passada.

(Com informações do Imparcial)

Inscrições abertas para o ”IV Fórum de Jornalismo” na Faculdade São Luís

Por Luís Pablo Cidade
 

A Coordenação do curso de Comunicação Social da Faculdade São Luís realiza, nos dias 1º, 2 e 3 de junho, o “IV Fórum de Jornalismo”, com o tema “Sou Jornalista: e agora?”. Na programação, palestras, mesas-redondas, oficinas, exibição de filmes e apresentação de trabalhos acadêmicos.

Dentre o grupo de profissionais que farão parte da programação, está o jornalista e escritor Xico Sá, que ministra a palestra “Jornalismo: dos grandes veículos às redes sociais”; o jornalista e apresentador da TV Senado André Ricardo Martins, que abordará a temática “O jornalista e as diversidades no mercado de trabalho”; jornalista e deputada estadual Eliziane Gama, que conduzirá a mesa “Mídia e Direitos Humanos” – veja a programação completa do evento.

As inscrições do “IV Fórum de Jornalismo” podem ser feitas no Núcleo de Comunicação Social da Faculdade São Luís, no 6º piso da instituição – que fica na rua Grande, nº 1.455, Diamante –, em dois períodos: de 25 a 28 de maio (para estudantes da instituição) e de 30 de maio a 1º de junho (demais interessados). As vagas são limitadas. O investimento é de apenas 2 kg de alimentos não perecíveis.

Outras informações podem ser obtidas pelos telefones (98) 3214-6495 e (98) 3214-6473.

(Com informações da Faculdade São Luís)