ALERTA: 80% das internações por Covid-19 no Maranhão são de não vacinados

Por Luís Pablo Política
 

Carlos Lula pede que os não vacinados tomem o imunizante

Os números de internações por Covid-19 tem aumetado no Maranhão. Segundo o último boletim epidemiológico, divulgado nessa terça-feira (11), 52% dos leitos de UTI exclusivos para pacientes com Covid estão ocupados na Grande Ilha.

Com relação aos leitos clínicos, a taxa de ocupação é de 48,75% na Grande Ilha. Em Imperatriz, a segunda maior cidade do estado, a situação também é preocupante. Lá, a taxa de ocupação dos leitos de UTI é de 56,67%, e de 69,44% os leitos clínicos.

Diante do aumento das internações por Covid-19, o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, fez um apelo à população que ainda não se vacinou ou não concluiu o esquema de vacinação.

“Não tomou a vacina ainda? A gente tem vacina pra você. 80% das nossas internações por Covid hoje se dão por não vacinados”, frisou o secretário.

Nas últimas 24 horas, foram registrados 449 novos casos de Covid no Maranhão. Sendo 221 na Grande Ilha, 32 em Imperatriz e 196 nas demais regiões do estado.

Prefeitura de Santa Inês pretende gastar mais de R$ 2,5 milhões com merenda

Por Luís Pablo Política
 

Prefeito Felipe dos Pneus

A Prefeitura de Santa Inês, comandada pelo prefeito Felipe dos Pneus, planeja gastar a quantia de R$ 2.565.568,95 com merenda escolar no ano de 2022.

Foram celebrados cinco contratos para aquisição de gêneros alimentícios não perecíveis, perecíveis e hortifruti para oferta da alimentação escolar.

Os contratos foram firmados com as empresas Viviane de Almeida Costa Eirelli, Cerealista Santa Maria LTDA, L.H.C.Soares, DULCLERC T de Farias e Repleta Distribuidora LTDA.

Os contratos foram assinados no dia 9 de dezembro de 2021 e têm vigência de 12 meses. Em todos, consta a assinatura do secretário municipal de Educação, Fagner Gomes do Nascimento.

Os valores variam entre R$ 178.500,00 e R$ 1.019.643,70. Resta saber se todo esse montante será aplicado, na prática, na merenda escolar dos estudantes da rede municipal.

Governador Newton Bello vai torrar mais de R$ 1 milhão com combustível

Por Luís Pablo Política
 

Prefeito Roberto do Posto

A Prefeitura de Governador Newton Bello almeja gastar o montante de R$ 1.126.564 com combustível e óleos lubrifacantes, em 2022.

Foram celebrados quatro contratos, no dia 3 de janeiro deste ano, com a empresa C O da Silva Melo & CIA. Todos vigoram até o dia 31 de dezembro deste ano.

Os contratos foram assinados pelos secretários municipais de Administração, Cícero Alves Pereira Arraiz; de Saúde, Epitácio de Carvalho Souza; de Assistência Social, Aldenice Pereira de Souza; e de Educação, Josélia Prazeres de Sena.

Os valores dos contratos variam entre R$ 60.145,00 e R$ 478 920,00.

O município de Governador Newton Bello é comandado pelo prefeito Roberto do Posto.

MP abre procedimento investigatório contra Câmara de Santa Inês

Por Luís Pablo Política
 

Presidente da Câmara Municipal de Santa Inês na mira da investigação

A Câmara Municipal de Santa Inês está na mira do Ministério Público devido à contrataçào direta para registros fotográficos dos vereadores e quadros com molduras para a sede do legislativo municipal.

O MP, por meio da 1° Promotoria de Justiça da Comarca de Santa Inês, instaurou inquérito civil, inicialmente, em face de Josino Neto, presidente da Câmara Municipal, e de Auricélia Sousa, contratada para realizar a prestação de serviço.

Segundo o MP, o inquérito tem o objetivo de averiguar a ocorrência de ilegalidades capazes de ensejar atos de improbidade administrativas no decorrer da contratação direta do referido serviço.

A Câmara Municipal de Santa Inês contratou de forma direta pessoa física para confeccionar quadros com as fotografias de cada vereador, no total de R$14.438,00.  Além do pagamento de mais R$ 2 mil. O custo médio para cada vereador é de R$ 849,29. Ao todo, são 17 parlamentares.

O valor é incompatível com o praticado pelo mercado. O mesmo serviço orçado na empresa A P SILVA ESTUDIO FOTOGRAFICO  custou  R$ 7.110,00.

Dentre as alegações da promotora Larissa Sócrates de Bastos sobre o procedimento investigatório estão: o fato de não constar qualquer informação sobre a contratação do serviço no site do Tribunal de Contas do Estado; a grave omissão de informações relacionadas à contratação direta; e a tramitação de outro inquérito civil com objetivo de averiguar a recorrência de supostas irregularidades decorrentes de informações no portal da transparência da Câmara Municipal de Santa Inês.

Diante dos fatos, a promotora de justiça determinou a notificação dos investigados, concedendo-lhes o prazo de 10 dias úteis para a resposta; expedição de requisição à Comissão Permanente de Licitação da Câmara Municipal, a fim de que encaminhe, no prazo de 10 dias úteus, cópia do procedimento administrativo, acompanhado da ordem de despacho, notas de liquidação, ordens de fornecimento do serviço, comprovação de entrega do material ou prestação efetiva do serviço, dentre outros documentos.

PF realiza operação em Pinheiro

Por Luís Pablo Política
 
Agentes federais na casa do prefeito em São Luís-MA

Agentes federais na casa do prefeito em São Luís-MA

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira, 12/01/2022, nas cidades de São Luís/MA, Pinheiro/MA e Palmeirândia/MA, a Operação Irmandade, com a finalidade de desarticular organização criminosa estruturada para promover fraudes licitatórias, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro no âmbito do Município de Pinheiro/MA, envolvendo verbas federais do Fundo Nacional de Saúde e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica.

A investigação se concentra nos Pregões 030/2018 e 016/2020, que custaram cerca de R$ 38 milhões aos cofres públicos, e deram origem a contratos firmados com empresas pertencentes aos membros da organização criminosa.

Foram localizados diversos indícios no sentido de que o proprietário de fato dessas empresas seria o gestor público municipal, o que se confirmou por meio da análise das movimentações bancárias. Nessa oportunidade, constatou-se que parte dos pagamentos realizados pelo Poder Público para tais empresas era revertido para as contas do servidor público.

Diante desses fatos, a Polícia Federal cumpriu 11 (onze) mandados de busca e apreensão, 10 (dez) mandados de sequestro de valores, além de ordens de suspensão do exercício da função pública, proibições de acessar ou frequentar a prefeitura, de manter contato com os outros investigados e de ausentar-se da comarca de sua residência durante a investigação.

Ao todo 60 (sessenta) policiais federais cumpriram as determinações judiciais expedidas pelo Tribunal Regional Federal da 1a Região, que decorreram de uma representação elaborada pela Polícia Federal.

Se confirmadas as suspeitas, os investigados poderão responder por fraude à licitação (Art. 96, inciso I, Lei 8.666/93), peculato (Art. 312, Código Penal), lavagem de capitais (Art. 1o, caput, Lei 9.613/84) e integrar organização criminosa (Art. 2o, Lei 12.850/13). Somadas, as penas podem chegar a 34 anos de prisão.
A denominação “Irmandade” faz referência à composição da organização criminosa, que possui, tanto no núcleo político, quanto no núcleo empresarial, irmãos participantes do estratagema criminoso.

(As informações são da Assessoria de Comunicação da PF)

URGENTE! Procurador-geral recomenda que seja negado licenças e autorizações para festas de eventos privados no MA

Por Luís Pablo Política
 
Procurador-geral de Justiça, Eduardo Nicolau

Procurador-geral de Justiça, Eduardo Nicolau

Os eventos privados no Maranhão podem ser suspensos devido o estado de calamidade pública para fins de prevenção e enfrentamento à Covid-19 e ao surto de H3N2 no Estado.

O procurador-geral de Justiça, Eduardo Nicolau, expediu nova Recomendação para que seja negado as licenças e autorizações para festividades e demais eventos privados que possam ocasionar qualquer tipo de aglomeração, enquanto perdurar a emergência sanitária decorrente da pandemia.

Eduardo Nicolau pede ainda que seja feita a “adoção de todas as medidas administrativas e judiciais necessárias para impedir a ocorrência de aglomerações e a realização de eventos festivos, especialmente no período carnavalesco.”

As casas de eventos na capital maranhense, onde concentra o maior número de festas aglomeradas, podem voltar a fechar às portas por conta da expansão da contaminação pela Covid-19.

Prefeitura de Vargem Grande também cancela o Carnaval

Por Luís Pablo Política
 

“A vida em primeiro lugar”. Mais uma prefeitura maranhense anunciou o cancelamento das festividades do Carnaval 2022. Dessa vez foi a Prefeitura de Vargem Grande, administrada pelo prefeito Carlinhos Barros.

“Embora tenhamos ciência da relevância dessa data comemorativa para o calendário cultural do município, temos certeza de que muito mais importante neste momento é somarmos forças para o combate à Covid-19 e outras afeções respiratórias que ora ameaçam a saúde de nossa população”, diz o comunicado.

A Prefeitura de Vargem Grande ainda reforça os cuidados que a população deve ter para prevenir as síndromes respiratórias. “Use máscara, higienize as mãos com frequência e evite aglomerações.”

 

Edivaldo Holanda Júnior tem whatsapp hackeado

Por Luís Pablo Política
 

Edivaldo também reforçou sua pré-candidatura ao governo do Maranhão

O ex-prefeito de São Luís e pré-candidato ao Governo do Maranhão, Edivaldo Holanda Júnior, postou em suas redes sociais que teve o whatsapp invadido nesta terça-feira (11).

“Qualquer mensagem publicada no status ou enviada a partir do meu telefone nesta data é ação de criminosos. Estou junto com a equipe apurando o caso e tomaremos as medidas cabíveis”, disse Edivaldo.

Edivaldo aproveitou a oportunidade para reforçar seu projeto político rumo ao Palácio dos Leões.

Professores de Bom Jesus das Selvas realizam manifestação e cobram abono

Por Luís Pablo Política
 

Os professores municipais de Bom Jesus das Selvas realizaram uma manifestação reivindicando pagamentos atrasados e cobraram o prefeito da cidade, Fernando Coelho, e a secretária de Educação, Eliane Coelho, que é irmã do gestor municipal.

Segundo Sindicato dos Servidores Púlicos de Bom Jesus das Selvas (SINSERP), tudo começou quando o prefeito enviou uma lei para ser aprovada em caráter de urgência pelos vereadores do município, que versava sobre o pagamento do abono salarial referente ao recurso do FUNDEB/2021, que é direito dos profissionais da educação.

A lei foi aprovada, em seguida sancionada e publicada. No entanto, o pagamento que deveria ser feito até o dia 31 de dezembro de 2021 não foi efetuado. Além de não pagar os professores, o prefeito sequer dá uma explicação à categoria.

Diante do descaso da gestão municipal, o SINSERP impetrou uma ação com pedido de mandado de segurança para bloqueio imediato da conta e de todos os valores do recurso FUNDEB.

Durante a manifestação, os professores fixaram várias faixas nas ruas com frases: “Prefeito, onde está o dinheiro do FUNDEB?”, “Cadê o trabalho e respeito? Prefeito, respeite o servidor”. Também usaram um outdoor para cobrar o prefeito com relação ao dinheiro do FUNDEB destinado ao município em 2021, a generosa quantia de R$ 44.103.039,46.

O SINSERP, juntamente com a comissão de servidores, constatou que a diferença de repasses do ano de 2020 para 2021 foi de 13.269.830,24, considerado sobras do FUNDEB. De acordo com a lei nº 14.113/2020, complementado pela lei nº 14.276/2021, a “sobra” deve ser devolvida em forma de abono aos profissionais da educação.

“Em retaliação às ações dos servidores, o prefeito envia seguranças armados para coagir os servidores e apagar o outdoor. Prefeito não pagou e ainda apagou. Prefeito que não cumpre a lei é fora da lei.” disse um manifestante.

 

Saiba quais são as 5 empresas que mais faturaram na Prefeitura de Anajatuba

Por Luís Pablo Política
 
Prefeito Helder Aragão

Prefeito Helder Aragão

A equipe de reportagem do site do Luís Pablo fez um levantamento sobre os gastos públicos da Prefeitura de Anajatuba-MA, comandada por Helder Aragão.

Os dados, que foram extraídos do Portal da Transparência, mostram as cinco empresas que mais faturaram na administração pública em 2021, durante o primeiro ano de mandato de Helder. VEJA ABAIXO:

CGS CONSTRUÇÃO E GESTÃO DE SERVIÇOS EIRELI:

Valor Empenhado – R$ 1.674.200,49
Valor Liquidado – R$ 1.125.214,22
Valor Pago – R$ 976.616,97
Empenhado até Hoje – R$ 1.674.200,49
Liquidado até Hoje – R$ 1.125.214,22
Pago até Hoje – R$ 976.616,97

LOCAR EMPREENDIMENTOS EIRELI:

Valor Empenhado – R$ 1.169.400,10
Valor Liquidado – R$ 874.282,05
Valor Pago – R$ 874.282,05
Empenhado até Hoje – R$ 1.169.400,10
Liquidado até Hoje – R$ 874.282,05
Pago até Hoje – R$ 874.282,05

INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO, INTEGRACAO E ASSISTENCIA SOCIAL LUZEIROS:

Valor Empenhado – R$ 526.996,80
Valor Liquidado – R$ 526.996,80
Valor Pago – R$ 526.996,80
Empenhado até Hoje – R$ 526.996,80
Liquidado até Hoje – R$ 526.996,80
Pago até Hoje – R$ 526.996,80

J A CRUILLAS NETO EIRELI:

Valor Empenhado – R$ 510.000,00
Valor Liquidado – R$ 500.650,00
Valor Pago – R$ 500.650,00
Empenhado até Hoje – R$ 510.000,00
Liquidado até Hoje – R$ 500.650,00
Pago até Hoje – R$ 500.650,00

ADEMAR CASTRO FERREIRA JÚNIOR COMÉRCIO E SERVIÇOS:

Valor Empenhado – R$ 672.540,00
Valor Liquidado – R$ 471.075,99
Valor Pago – R$ 471.075,99
Empenhado até Hoje – R$ 672.540,00
Liquidado até Hoje – R$ 471.075,99
Pago até Hoje – R$ 471.075,99