Sarney recebe homenagem de Rodrigo Maia pelos seus 90 anos

Por Luís Pablo Política
 
Rodrigo Maia e Sarney

Rodrigo Maia e Sarney

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, encontrou-se nessa segunda-feira (7), com o ex-presidente da República, José Sarney, em Brasília. O encontro teve como objetivo homenagear o ex-presidente, pelos seus 90 anos, com um livro sobre sua trajetória.

Organizado pelo Centro Cultural da Câmara dos Deputados, a publicação evidencia a atuação política de Sarney, além de incluir fotos pessoais.

“Para gente é uma honra, está podendo não apenas ter comandado com a Isabel, a produção do livro, mas principalmente um honra de estar sempre junto do senhor, aprendendo com o senhor e com tudo que o senhor sempre fez e vai continuar fazendo, pelo nosso país e pela nossa democracia”, diz o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

Junto a esposa, Marly Saney, o ex presidente assistiu a trechos do documentário “Sarney 90’’, que traz depoimentos dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff e Fernando Henrique Cardoso, as cantoras Alcione e Fafá de Belém, a escritora Nélida Piñon e o ex-presidente do STF Nelson Jobim.

“Desse livro, duas coisas podem ser ressaltadas: primeiro, a melhor coisa da vida é a amizade e segundo, é a única coisa que a morte destrói”, agradece o ex-presidente.

Ex-prefeito de Buritirana é condenado e tem direitos políticos suspensos

Por Luís Pablo Política
 

José Wilian de Almeida teve os direitos políticos suspensos por cinco anos

O ex-prefeito de Buritirana José Wilian de Almeida foi condenado por ato de improbidade administrativa pela 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão, que atendeu os embargos de declaração ajuizados pelo Ministério Público.

O ex-prefeito é acusado de celebrar acordos com dispensa de licitação e de contratar com servidores ligados ao município, incluindo contrato de locação com sua própria mãe, no que diz respeito ao imóvel locado pela Secretaria Municipal de Educação.

Por tais práticas ilegais, o desembargador Guerreiro Junior (relator) condenou o ex-prefeito de Buritirana. As desembargadoras Nelma Sarney e Maria das Graças Duarte acompanharam o voto do relator, acolhendo os embargos.

Como sanções ao ex-gestor estão: perda da função pública, suspensão dos direitos políticos por cinco anos, ressarcimento integral do dano, pagamento de multa civil de 100 vezes o valor da última remuneração recebida, e proibição de contratar com o poder público pelo prazo de três anos.

Sydnei Pereira não consegue retornar ao cargo de prefeito de Anajatuba

Por Luís Pablo Política
 

Sydnei Pereira foi afastado na última sexta-feira (4)

O Tribunal de Justiça do Maranhão manteve o afastamento do prefeito de Anajatuba, Sydnei Pereira. Durante o plantão do fim de semana, a desembargadora Anildes Cruz negou o pedido da defesa que solicitou o retorno do gestor ao cargo.

Sydnei Pereira foi afastado do cargo na última sexta-feira (4), pelo juiz Bruno Chaves de Oliveira, titular da Comarca de Anajatuba, a pedido do Ministério Público Estadual que apurou irregularidades do atual prefeito no processo de transição para o novo gestor.

No último dia 26, documentos públicos relativos a procedimentos licitatórios teriam sido retirados da sede da Prefeitura por um caminhão de lixo e incinerados no lixão do município.

O prefeito afastado já é alvo de várias investigações e ações de improbidade administrativa, envolvendo licitações e contratações com suspeita de fraudes e inadimplência no pagamento dos servidores municipais, dentre outras irregularidades.

Com o afastamento do prefeito Sydnei, quem assumiu o comando da Prefeitura de Anajatuba foi a vice-prefeita, Lucilandia da Colônia.

Alô, Anildes Cruz! Prefeito afastado diz que vai retornar ao cargo em Anajatuba

 
Prefeito Sidney Pereira

Prefeito Sidney Pereira

O ex-prefeito Sidnei Pereira, que foi afastado do cargo em Anajatuba por destruição de provas, protocolou agravo de instrumento no plantão judicial do Tribunal de Justiça do Maranhão.

O agravo foi distribuído ontem, dia 4, para desembargadora Anildes Cruz. O gestor afastado alega que os documentos que foram incinerados são datados dos anos de 2013 a 2016, afirmando que não são da sua gestão.

Ocorre que Sidney está induzindo a desembargadora ao erro, isso porque ele entrou em contradição pois também afirmou que ingressou na Prefeitura em 13/10/2015. O que de fato comprova que todos os documentos fazem parte da sua administração.

O pior é que a magistrada deve ter cautela ao tomar sua decisão em razão do que vem sendo dito aos quatro cantos da cidade sobre o retorno “garantido” de Sidney ao cargo.

O prefeito afastado não é vidente e nem tem bola de cristal para ter a “certeza” de que irá voltar ao cargo, antes mesmo da desembargadora tomar a decisão.

Abolces Cruz deve ficar ciente de que a equipe do gestor afastado foi flagrada retirando documentos da prefeito, logo após a decisão que afastou Sidney do cargo.

O caso é muito grave!

Eduardo Braide anuncia equipe de transição

Por Luís Pablo Política
 

Eduardo Braide e Edivaldo Holanda Júnior oficializaram a transição

Nesta sexta-feira (4), o prefeito eleito de São Luís, Eduardo Braide, anunciou os nomes dos membros da equipe de transição. Na terça (1º), já havia sido divulgado o nome do advogado Enéas Fernandes, coordenador da transição.

Hoje, foram apresentados os nomes de Max Barros (engenheiro civil e ex-deputado estadual), Flávio Olímpio (contador e advogado, mestre em Controladoria e Administração), Elisabeth Castelo Branco (professora, especialista em Educação Ambiental, Gestão Escolar e Educação de Jovens e Adultos) e Marília da Conceição (contadora e administradora, com experiência na administrações públicas municipal e estadual).

Durante à tarde Eduardo Braide esteve com o prefeito Edivaldo Holanda Júnior na sede da Prefeitura de São Luís, ocasião que foi formalizada a transição.

Vereadores querem afastamento do prefeito Eudes Sampaio

Por Luís Pablo Política
 

Eudes Sampaio alegou ter sofrido diversas ameaças em 2020

A operação “Ágio Final” deflagrada ontem (3) pela Polícia Federal ecoou na Câmara Municipal de São José de Ribamar nesta sexta-feira (4). A ação policial teve o objetivo de desarticular uma associação criminosa que praticava extorsão contra o prefeito Eudes Sampaio.

Três mandados de prisão preventiva e sete de busca e apreensão foram cumpridos nos municípios de São Luís, São José do Ribamar, Itapecuru Mirim e Pindaré Mirim. De acordo com a PF, a investigação teve início a partir de denúncia apresentada pelo prefeito Eudes Sampaio, que alegou ter sofrido diversas ameaças em 2020 (REVEJA).

Os vereadores usaram a tribuna da Casa Legislativa para cobrar explicações sobre a possível participação do prefeito Eudes Sampaio num esquema de corrupção e propuseram o afastamento do gestor.

“Essa casa tem que se fazer presente com o povo, e pedir o afastamento do prefeito, porque há indícios criminosos, com toda certeza, e a Polícia Federal já está agindo. Esse cidadão que foi citado, que é um grande agiota e já foi inúmeras vezes preso, tá sendo citado junto com o prefeito Eudes Sampaio. Então, onde há fumaça, há fogo. A Câmara tem que proteger o povo ribamarense, e proteger a próxima gestão que virá”, frisou o vereador Osvaldo Brandão.

O vereador Cássio Sallis também propôs medidas firmes. “Essa casa tem que tomar uma postura. Chegou o momento de pedir o afastamento do prefeito Eudes Sampaio, até porque, há muito o que se explicar. Então nós, enquanto Câmara, a gente pede o afastamento do atual prefeito, até para que ele possa esclarecer os fatos”, afirmou.

O vereador Nonato Lima pedirá ao prefeito eleito, Dr. Julinho, que solicite o bloqueio de todos os recursos para evitar uma sangria nos cofres públicos da Prefeitura de São José de Ribamar.

Prefeito eleito Paulo Curió participa de encontro com Pedro Lucas em São Luís

Por Luís Pablo Política
 

Paulo Curió esteve acompanhado do pai e do irmão na reunião com Pedro Lucas

O prefeito eleito de Turilândia (PTB), Paulo Curió, esteve reunido nesta semana com o presidente estadual do seu partido, o deputado federal Pedro Lucas.

No encontro, o parlamentar parabenizou Paulo Curió pela vitória em Turilândia e declarou total apoio ao prefeito eleito.

“Tratamos de assuntos relacionados à nossa administração, visando as obras no município que iremos fazer”, pontuou Paulo Curió.

Participaram também do encontro o pai e o irmão do prefeito eleito, Domingos e Marcel Curió, repectivamente.

 

Julgamento do inquérito envolvendo Braide acontece na próxima semana

Por Luís Pablo Política
 

O julgamento será por videoconferência

Está marcado para a próxima quarta-feira (9) o julgamento do inquérito policial que investiga a suspeita de participação do prefeito eleito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), em suposta prática de desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro no município de Anajatuba.

O julgamento será por videoconferência e deve decidir em qual instância deve tramitar, se pelo Superior Tribunal Federal (STF) ou pelo Tribunal de Justiça do Maranhão. A discussão leva em consideração a prerrogativa de foro de Eduardo Braide. O inquérito foi instaurado em 2016 pela Polícia Federal, quando Braide era deputado estadual.

A decisão compete à Segunda Seção do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1). O julgamento foi incluído na pauta no último dia 25, quatro dias antes da realização do segundo turno das eleições municipais. O relator do caso é o desembargador federal Olindo Menezes.

Durante toda a campanha eleitoral, Eduardo Braide negou ser investigado pela Polícia Federal. Mesmo assim, delegou poderes ao escritório Cavalcante de Alencar Advogados Associados para representá-lo.

Grupo que extorquia prefeito do Maranhão é preso pela Polícia Federal

Por Luís Pablo Política
 

Quarenta policiais federais participaram da operação

Na manhã desta quinta-feira (3), a Polícia Federal cumpriu três mandados de prisão preventiva e sete de busca e apreensão nos municípios de São Luís, São José do Ribamar, Itapecuru Mirim e Pindaré Mirim.

A operação denominada “Ágio Final” teve o objetivo de desarticular associação criminosa que praticava extorsão a um prefeito de município no interior do Estado. De acordo com a PF, a investigação teve início a partir de denúncia apresentada pelo gestor à Procuradoria da República no Maranhão, informando diversas ameaças sofridas ao
ao longo de 2020.

Segundo as investigações, o grupo criminoso exigia pagamento de parte dos recursos públicos federais destinados ao município, sob o pretexto de ter influído na destinação das verbas.

As extorsões eram realizadas de forma ostensiva, com episódios de invasão a residência do prefeito e intermediação com terceiros, de modo a conferir maior pressão para o pagamento dos valores exigidos.

Além dos mandados, o Juízo da 1ª Vara Federal Criminal autorizou ainda o afastamento do sigilo de dados telefônicos dos investigados. Os criminosos podem responder pelos crimes de extorsão qualificada, estelionato majorado e associação criminosa.

Bruno Silva participa de reunião com deputado André Fufuca em São Luís

Por Luís Pablo Política
 

Prefeito eleito e o deputado federal trataram sobre melhorias para Coelho Neto

O prefeito eleito de Coelho Neto, Bruno Silva (PP), participou de uma reunião com o presidente estadual do seu partido, o deputado federal André Fufuca. O encontro aconteceu na última terça-feira (1º), em São Luís.

“Foi uma reunião muito produtiva e já recebi do deputado as garantias da sua ajuda através de emenda parlamentar e também da disponibilidade do seu gabinete atuar em favor dos interesses de nossa cidade em Brasília. Aproveitamos para definir as prioridades do que será colocado em prática já nesse primeiro ano de governo que deverá ser de muito trabalho”, destacou o prefeito eleito.

Fufuca parabenizou Bruno Silva pela vitória e declarou total apoio ao prefeito eleito na Câmara dos Deputados, em Brasília. “Aproveito para me colocar à disposição do município de Coelho Neto e do prefeito eleito, inclusive, com a força do partido em Brasília”, pontuou o parlamentar.

Bruno Silva agradeceu o apoio recebido e falou sobre suas prioridades para o município de Coelho Neto.
O prefeito eleito divulgou, por meio de suas redes sociais, o primeiro nome da sua equipe de governo. Foi apresentado Samuel Bastos como o secretário de Comunicação da sua gestão. O indicado é jornalista e mantém o blog Portal Gaditas.