Eleições 2018: começou a baixaria eleitoral no Maranhão

Por Luís Pablo Política
 

João Alberto não deixou barato o discurso de Flávio Dino

João Alberto não deixou barato o discurso de Flávio Dino

Nesta quinta, dia 11, foi dado o início a campanha eleitoral “sorrateia e baixa” no Estado do Maranhão.

O pontapé inicial foi dado pelo governador Flávio Dino (PCdoB) e seus aliados, durante a inauguração de parte da duplicação da BR-135.

Foi um verdadeiro vexame por parte de alguns secretário de Estado, que se comportaram como arruaceiros no momento do discurso do deputado federal Hildo Rocha.

Hildo foi interrompido diversas vezes pelo secretário Clayton Noleto (Infraestrutura) e pelo diretor do Procon, Duarte Júnior. Duarte e Noleto vaiaram o deputado. Uma total baixaria!

O comportamento mais lamentável foi do diretor do Procon, que fez questão de demonstrar satisfação no papelão que estava fazendo durante a solenidade. É como se estivesse achando o “máximo”. Ele chega a dizer para um repórter continuar filmando o seu ato deplorável.

Uma vergonha!

O que ocorreu hoje só demonstra o nível que deve ser a disputa eleitoral deste ano no Maranhão. Lastimável!

2 comentários em “Eleições 2018: começou a baixaria eleitoral no Maranhão”

  1. Inacio

    É muita cara de pau desse governador querer aparecer na inauguracao de trecho de uma obra federal, que, aliás, foi um verdadeiro vexame por ter levado 5 anos para ser concluída. Que contribuição esse picareta deu a essa obra. Infantil, demagogo, esse tipo só envergonha o Maranhao com a defesa que faz do Lula. Só bandido defende bandido.

  2. Maria

    Por essas cenas lamentáveis, de asselvajamento que o Maranhão fortalece sua credibilidade zero. Quem vai querer investir em um estado comandado por gestores que nem postura possuem? deprimente e vergonhoso. Essa gestão é o tsunami do Maranhão.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários