Honorato Fernandes e Beto Castro são os alvos principais da investigação de esquema de emendas na Câmara

Por Luís Pablo Política
 
Vereadores Honorato Fernandes e Beto Castro

Vereadores Honorato Fernandes e Beto Castro

Os vereadores Honorato Fernandes (PT) e Beto Castro (Pros) se mantêm em silêncio sobre a Operação “Faz de Conta”, deflagrada ontem, dia 5, pelo Gaeco que desmontou um esquema de emendas na Câmara de São Luís-MA.

Honorato e Beto são os principais alvos da investigação, porque a operação só teve inicio por causa de um bate-boca entre os dois no plenário da Casa da Legislativa durante a sessão, em julho de 2017.

Na época, ambos trocaram acusações. Beto chamou Honorato de bandido e disse que o mesmo lavava dinheiro com emenda. “Tu é bandido, rapá. Lava dinheiro com emenda e vem com conversa pra cá rapá […] Aqui não tem santo, não”, disse.

No dia seguinte após o bate-boca entre os vereadores, o procurador-geral de Justiça do Maranhão, Luiz Gonzaga Martins Coelho, determinou a investigação para apurar se estava tendo ou não a “venda” de emendas parlamentares na Câmara.

A suspeita de desvios de recursos de emendas pode ter envolvimento de mais vereadores. O material que o Gaego apreendeu pode revelar a participação de mais pessoas no esquema.

É aguardar e conferir!

Um comentário em “Honorato Fernandes e Beto Castro são os alvos principais da investigação de esquema de emendas na Câmara”

  1. Joao Filho

    2 Bandidos que precisam ir pra cadeia.

    Esse Honorato tem patrimonio incompatível com a renda e esse outro dizem que os carros dele são tudo clonado.

    Cadeia neles!

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários