ABSURDO! Titular de cartório em São Luís é afastado sem direito a defesa

Por Luís Pablo Judiciário / Maranhão
 

Ricardo recebendo Prêmio de Qualidade Total ANOREG-BR

Ricardo recebendo Prêmio de Qualidade Total ANOREG-BR

Em uma decisão considerada arbitrária, a ministra corregedora Nancy Andrighi, afastou o titular do Cartório do 1° Ofício de São Luís, Ricardo Gonçalves, após um encontro com o presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Cleones Cunha, na cidade de Timon.

A canetada foi dada sem, ao menos, ouvir o titular do cartório e seus advogados. O Blog foi informado que até o momento as partes envolvidas não estão conseguindo ter acesso aos autos. Policiais do TJ já foram no cartório, com ordem judicial de impedir a entrada de Gonçalves no local.

A briga pelo cartório não vem de hoje. Se arrasta há vários anos. E se agravou quando o então corregedor de Justiça, Cleones Cunha, começou a travar uma luta para derrubar o titular.

Agora, já na condição de presidente, ganhou a força da Anoreg (Associação dos Notários e Registradores dos Estado do Maranhão), que passou a fazer uma série de denúncias infundadas contra a atual gestão do Cartório do 1° Oficio de São Luís ao Tribunal de Justiça e por último ao CNJ.

Alegando crise naquele poder, o presidente não esconde que prefere ter uma gestão compartilhada para que o cartório possa repassar, além do percentual a que tem direito o Fundo do Judiciário, mais recursos que seja usados nas demandas do TJ.

O cartório se modernizou na gestão de Ricardo Gonçalves, saindo da era jurássica para a tecnologia de ponta. Por isso, chegou a ganhar prêmios, inclusive nacionais.

Outro lado

Presidente do TJ, Cleones Cunha

Presidente do TJ, Cleones Cunha

Em nota, presidente do TJ, desembargador Cleones Cunha, esclareceu que não tem envolvimento no afastamento de interino de cartório. Veja abaixo:

O Tribunal de Justiça do Maranhão informa que foi notificado da decisão do afastamento do interino da 1ª Seventia Extrajudicial do Registro de Imóveis de São Luís na tarde dessa quarta-feira (25), via Malote Digital, e que seu cumprimento deveria ocorrer em 24 horas.

A decisão é da corregedora-nacional de Justiça, Ministra Nancy Andrighi, na Reclamação Disciplinar 0002276-72.2016.2.00.0000, requerida pela Associação dos Titulares de Cartórios do Maranhão (ATC-MA) e Associação dos Notários e Registradores do Maranhão (Anoreg/MA).

Cabe ao TJMA e à Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão cumprirem as determinações constantes do documento.

São descabidas as afirmações e tentativas de envolver o atual presidente do TJMA, desembargador Cleones Cunha, no andamento e decisões constantes da reclamação que corre na Corregedoria Nacional de Justiça, bem como na escolha de interino para o cartório em questão.

Com o afastamento do interino, determinado pela decisão do CNJ, cabe à atual corregedora-geral da Justiça, desembargadora Anildes Cruz, designar um novo interventor para a Serventia de Registro de Imóveis, o que deve ser feito até segunda-feira, dia 30.

Tiririca é entrevistado por Jô Soares e causa revolta na internet

Por Luís Pablo Brasil
 

Estadão

Tiririca no programa do Jô

Tiririca no programa do Jô

Tiririca deixou os internautas furiosos após conceder uma entrevista a Jô Soares, no Programa do Jô, exibido na madrugada dessa sexta-feira, 27.

Enquanto todos pensavam que o deputado federal (PR-SP) fosse falar de política, ele mostrou-se desisteressado pelo tema e chegou até mesmo a interromper Jô Soares, no momento que tentou falar sobre a crise que assola o Brasil.

O humorista começou a entrevista contanto uma história engraçada de quando era adolescente, o que fez Jô Soares dizer de cara: “E eu que pensava que a primeira pergunta seria sobre o que você está achando da situação política do Brasil. Que ideia a minha”.

Diante da indignação de Jô Soares, Tiririca respondeu: “Jô, sinceramente, a política está do mesmo jeito que nós estamos vendo. Está feio”. Nesse momento, ele arrancou risadas da plateia.

Jô tentou falar novamente sobre a situação pela qual o país passa, mas Tiririca lhe interrompeu. “Jô, não quero te interromper, mas, já te interrompendo, quero dizer que estou muito feliz por estar com você aqui. A minha melhor entrevista foi com você em 1996”.

Quando percebeu que o deputado não queria falar sobre o assunto, Jô decidiu encerrar a entrevista.

Nas redes sociais, muitos internautas se manifestaram indignados com a atitude de Tiririca. Veja alguns exemplos:

Tiririca no Jô

Tiririca no Jô 2

Tiririca no Jô 3

Feriado fecha com três registros de homicídios na Ilha

Por Luís Pablo Polícia
 

Imirante.com

homicidioTrês corpos de vítimas de homicídios deram entrada no Instituto Médico Legal (IML) nesse feriado de Corpus Christi. Um dos casos foi um duplo homicídio registrado na Região Metropolitana.

Dois suspeitos de tráfico de drogas foram mortos com vários tiros, nessa quinta-feira (26), no bairro Jardim Tropical.

Adelmo Alves dos Santos, de 29 anos, conhecido como “Dedel”, integrante de facção criminosa, e Joerberth Lopes da Costa, de 16, foram executados dentro de casa.

No bairro do Cohafuma, Ademir dos Santos Silva, de 35 anos, também foi vítima de arma de fogo.

Prefeito de Nova Colinas desviou mais de R$ 7 milhões de dinheiro público

Por Luís Pablo Polícia / Política
 
Prefeito de Nova Colinas na sede da SSP-MA

Prefeito de Nova Colinas na sede da SSP-MA

O delegado Ricardo Moura, que comandou a investigação contra o prefeito Elano Martins Coelho, o Dr. Elano (PRB), disse que houve um rombo de mais de R$ 7 milhões na Prefeitura de Nova Colinas-MA.

Segundo o delegado, o gestor cometeu irregularidades nos processos licitatórios em que uma única empresa venceu no prazo de 2 anos pelo menos 15 licitações.

Trata-se da M.N. Empreendimentos, que foi contratada para prestar diversos serviços em áreas diferentes. A empresa, segundo a polícia, não tem condições de prestar os serviços.

Durante as investigações, a polícia verificou que os serviços contratados para a empresa executar eram prestados pela própria prefeitura.

Delegado Ricardo Moura

Delegado Ricardo Moura

Um exemplo foi a prestação na coleta de lixo do município, onde sequer existe funcionários ou veículos da empresa para prestação de serviço.

As pessoas que fazem a coleta de lixo na cidade são diaristas, que não tem qualquer contrato ou vínculo com a prefeitura, e recebem seus pagamentos diretamente em espécie pelo secretário Municipal de Finanças.

A polícia vai investigar se existe ainda outros contratos irregulares. Há uma suspeita de que tenha também contratos superfaturados que foram realizados este ano.

É provável que no andamento das investigações ocorra outras prisões de pessoas que participaram do esquema corrupto em Nova Colinas. Aguardem!

Delegados falam sobre a prisão do prefeito Elano Martins

 
Secretário Jefferson Portela e os delegados da Polícia Civil na coletiva sobre a prisão do prefeito de Nova Colinas

Secretário Jefferson Portela e os delegados da Polícia Civil na coletiva sobre a prisão do prefeito de Nova Colinas

Os delegados Roberto Fortes (Superintendente da SECCOR), Lawrence Melo (Delegado-Geral), Ricardo Moura e o secretário Jefferson Portela, falaram sobre a prisão do prefeito Elano Martins Coelho, o Dr. Elano (PRB).

Durante a coletiva de imprensa hoje, dia 26, eles explicaram os motivos que levaram para cadeia o gestor – acusado de desviar dinheiro público da Prefeitura de Nova Colinas-MA. Clique e veja:

Delegado Roberto Fortes/Superintendente da SECCOR/MA

Delegado Ricardo Moura – coordenador da operação que prendeu o prefeito

Delegado-Geral da Policia Civil, Lawrence Melo

Secretário de Segurança, Jefferson Portela

Gravação mostra que Sarney não foi beneficiado com corrupção da Petrobras

Por Luís Pablo Política
 

Gravação de Sarney 1

Gravação de Sarney 2

Gravação de Sarney 3

A gravação que a Folha de S.Paulo divulgou da conversa entre o ex-presidente José Sarney (PMDB) e Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro, ficou claro que o peemedebista não foi beneficiado com o esquema de corrupção da Petrobras.

As imagens acima mostram um trecho da conversa em que Sarney diz que nunca esteve envolvido no esquema: “Vou me envolver num negócio desse”. E o próprio Machado confirma: “Claro que não”.

Apesar de toda proteção dos caciques do PMDB com o ex-presidente da Transpetro, que entregou seus próprios protetores, a gravação de Sarney mostrou que ele não participou do bandalheira.

A única complicação que recai sobre o ex-senador é de tentar ajudar o ex-presidente da Transpetro da Operação Lava Jato.

Veja a chegada do prefeito de Nova Colinas na Secretaria de Segurança

Por Luís Pablo Polícia
 

O prefeito de Nova Colinas-MA, Elano Martins Coelho (PRB), preso hoje (26) pelo crime corrupção, chegou por volta das 18h na Secretaria de Segurança Pública (SSP), na Vila Palmeira, em São Luís-MA.

A transferência do gestor para capital ocorreu um atraso. Ele estava vindo de Balsas no helicóptero do GTA, que foi obrigado a pousar em Campo de Perizes por causa do tempo chuvoso.

Elano Martins e a equipe da polícia tiveram que continuar por terra. Clique e veja a chegada do prefeito na SSP:

Wellington do Curso mostra a triste realidade de São Luís; veja o caos

Por Luís Pablo Política
 
Deputado Wellington do Curso

Deputado Wellington do Curso

O deputado estadual e pré-candidato à Prefeitura de São Luís, Wellington do Curso, mostrou a triste realidade da capital maranhense, durante a propaganda partidária do PP.

Wellington falou sobre o caos que São Luís tem vivido sob a administração do prefeito Edivaldo Holanda Júnior. A inserção começará a passar na rádio e TV por volta das 19h de hoje (26).

“Objetivo das apresentações nos programas de rádio e TV é fazer com que a população tome conhecimento da triste realidade e renove a esperança de reconstrução das problemáticas do passado, fortalecendo a coragem para continuar lutando a transformar o futuro do Maranhão e, assim, de São Luís”, disse Wellington do Curso.

Clique e veja:

Acusados de ataques a ônibus cumprirão Regime Disciplinar Diferenciado

Por Luís Pablo Polícia
 

Criminosos

A 1ª Vara de Execuções Penais da comarca da Ilha determinou a inclusão dos apenados Leanderson Nonato dos Santos, Henrique Borges Chagas, Wlderley Moraes e Eliakim Dávila Machado, em Regime Disciplinar Diferenciado (RDD). A decisão datada da última terça-feira (24) é baseada no envolvimento dos condenados com a articulação, organização e execução dos ataques a ônibus coletivos na capital, ocorridos nos últimos dias.

Os quatro presos foram autuados em flagrante pelo crime de organização criminosa. Deverão ser recolhidos às celas individuais do presídio de maior segurança existente no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, com videomonitoramento, banho de sol individual de apenas duas horas por dia e restrição das visitas a uma pessoa da família (exceto criança), com duração também de duas horas, na forma da Lei.

O RDD foi requerido pela Secretaria de Segurança Pública do Maranhão. De acordo com o pedido do Estado, uma investigação criminal realizada confirma que cada preso teve elevado grau de envolvimento na organização e execução dos ataques.

Na decisão a juíza observa que os fatos perpetrados pelos apenados são concretos e graves, por isso, perfeitamente passíveis de inclusão no RDD, visando em primeiro lugar o resguardo do interesse maior da Justiça e da paz social. “Assim, o apenado demonstra comportamento insatisfatório, porquanto o reeducando frustra os objetivos da execução penal”, ressalta a decisão sobre a conduta de cada apenado.

A Justiça considerou os fortes indícios de que os réus seriam líderes de facção criminosa responsável por vários ataques contra a sociedade, o que justifica as suas internações em regime disciplinar diferenciado.

A necessidade de inclusão imediata dos apenados em regime disciplinar diferenciado foi determinada visando a manutenção da segurança nos locais onde os mesmos estão recolhidos, evitando rebeliões e motins que poderiam surgir com a realização prévia de audiências de oitiva da defesa e do Ministério Público (MPMA). A juíza determinou ainda, a intimação do secretário de Administração Penitenciária do Estado para dar cumprimento às medidas, e notificação do MPMA.

Prefeito de Nova Colinas é preso por suspeita de desvios de verbas públicas

Por Luís Pablo Política
 

Prefeito Elano Martins Coelho

Prefeito Elano Martins Coelho

Foi preso na madrugada de hoje, dia 26, o prefeito de Nova Colinas, cidade localizada no sul do Maranhão.

Elano Martins Coelho (PRB) foi preso por homens da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor), no município vizinho de Balsas (MA).

O gestor é acusado de desviar verbas públicas no município. A sua prisão é resultado das investigações sobre casos de agiotagem em prefeituras maranhenses.

Não há informação de quanto dinheiro público foi desviado. O prefeito chega à tarde em São Luís e será apresentado durante coletiva à imprensa, na Secretaria de Segurança Pública.