Esse é o Governo Flávio Dino! Mulher de Zé Reinaldo Tavares é “promovida” a Corregedora-Geral do Estado

Por Luís Pablo Política
 

Delegada Ana Karla Silvestre Fernandes

Delegada Ana Karla Silvestre Fernandes

Não há como se negar que o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), é amigo dos seus amigos, principalmente quando a questão envolve recurso público.

Como já era de se esperar, o ex-governador e deputado federal eleito, José Reinaldo Tavares (PSB) foi, mais uma vez, contemplado pela sua cria política.

Desta vez, Dino fez um “grande” gesto para Tavares. O comunista “promoveu” a delegada de Polícia Civil Ana Karla Silvestre Fernandes, que estava lotada na Delegacia de Defraudações, para o cargo de Corregedora-Geral do Estado, símbolo Isolado – um dos maiores salários do governo.

A delegada Ana Karla, esposa de Zé Reinaldo, foi nomeado pela Secretaria de Estado da Transparência e Controle, atualmente comandada pelo advogado Rodrigo Lago.

A nomeação da mulher de Tavares, mostra o quanto a pasta criada por Flávio Dino para fiscalizar as ilegalidades e imoralidades será “transparente” no atual governo.

Esse é o Governo Flávio Dino!

Abaixo a prova do ato de nomeação da mulher de Zé Reinaldo:

Transparência e Controle

Chiadeira: Assembleia Legislativa atrasa salário de deputados

Por Luís Pablo Política
 

Blog do Marcelo Vieira

AL-MAHoje pela manhã alguns deputados procuram o titular do blog para saber o que está acontecendo na Assembleia Legislativa. Querem saber se a casa esta passando por alguma crise financeira ou administrativa. O motivo é que eles ainda não receberam o salário do mês, que cai todo dia 20, e hoje já são 22.

A jornalista Silvia Teresa publicou hoje em seu blog que o mês de janeiro na Assembleia Legislativa está sendo de “fartura”, ou melhor, falta de tudo. Nos banheiros falta papel higiênico, papel toalha e material de limpeza. Nos gabinetes a queixa é a falta de material de expediente.

Enquanto a crise estava nos banheiros tudo bem, mas agora chegou no bolso dos parlamentares. Teve deputado que marcou com credores no gabinete confiando no que teria saldo na conta, mas quando foi ao caixa eletrônico o salario da assembleia não estava lá. Agora já começam a se preocupar com o pagamento da verba indenizatória.

E a chiadeira é grande no Sítio do Rangedor

E tome curral eleitoral: governo arruma ‘boquinha’ para Valdinar Barros

Por Luís Pablo Política
 

Vereador de Caxias e secretário de Agricultura Familiar, Adelmo Soares, ao lado do governador Flávio Dino

Vereador de Caxias e secretário de Agricultura Familiar, Adelmo Soares, ao lado do governador Flávio Dino

O curral eleitoral continua no Governo Flávio Dino e está desenfreada as nomeações de “privilegiados” e até de político derrotado.

Desta vez, a Secretaria de Estado da Agricultura Familiar está sendo usada para abrigar candidato derrotada das eleições passadas.

O atual secretário da pasta, que foi indicado por Humberto Coutinho e é o vereador de Caxias, Adelmo Soares, arrumou uma ‘boquinha’ para o folclórico petista Valdinar Pereira Barros.

Ex-deputado estadual e ex-vice-líder do então Governo Jackson Lago (já falecido), Barros obteve apenas 14.033 votos e ficou na 68º posição da relação geral dos candidatos eleitos, não se elegendo à deputado nas eleições de 2014.

Assim como os deputados estaduais Rubens Pereira Júnior (eleito deputado federal) e Marcelo Tavares (atual chefe da Casa Civil) denunciaram na época o conselhão do Governo Roseana, o atual governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), vem fazendo as práticas do grupo Sarney, quando esteve no poder.

Ex-deputado Valdinar Barros

Ex-deputado Valdinar Barros

Dino está permitindo que as secretarias do governo abriguem filho de ex-prefeita que apoio sua campanha e político derrotado, como se o Estado fosse um cabide de empregos. E sabe quem paga a conta? A sofrida população maranhense.

Será que foram essas as promessas que o governador fez ao povo do Maranhão, durante a campanha eleitoral? Empregar “privilegiados” e político derrotado no governo.

Será que mais uma vez o povo vai se decepcionar em colocar a oposição no poder? Da mesma forma como aconteceu quando Jackson Lago derrotou Roseana Sarney e meses depois era apontado como uma grande decepção.

A população não merece.

Em tempo: quem não curtiu muito a nomeação do petista foi o deputado estadual Bira do Pindaré, que ainda não assumiu a Secretaria de Ciência e Tecnologia, só para não abrir a vaga ao suplente Valdinar Barros

Abaixo a prova do ato de nomeação do político derrotado Valdir Barros:

Neto Evangelista

Neto Evangelista 2

Correção* o blog fez a correção com relação ao secretário da pasta citada na matéria.

Novatos mostram fraqueza…

Por Luís Pablo Política
 
Deputados novatos: o que esperar deles?

Deputados novatos: o que esperar deles?

Diferentemente da legislatura passada, os deputados novatos desse novo cenário da Assembleia Legislativa do Maranhão mostraram fraqueza. Motivo: todos declararam, precocemente, apoio ao candidato à Presidência do Poder Legislativo, deputado eleito Humberto Coutinho (PDT).

Na semana passada, faltando duas semanas para eleição da Mesa Diretora da Casa Legislativa, os novatos foram correndo ao Edifício Two towers, na Península da Ponta da Areia, em São Luís-MA, bater na porta de Coutinho e declarar apoio ao pedetista.

Com exceção do deputado eleito Wellington do Curso – que fazia parte desse grupo de novatos, nenhum teve a mesma habilidade de articular uma conquistar maior, como fizeram os deputados da legislatura passada, que entraram para história do Estado, derrotando o todo poderoso Ricardo Murad.

Na época, os parlamentares de primeira viagem se uniram e derrubaram Murad, virtual presidente da Assembleia Legislativa, que perdeu a eleição da presidência para o deputado Arnaldo Melo.

Já essa nova safra, não teve a mesma habilidade de articulação. Todos que faziam parte da base do Governo Roseana, trataram logo em pular de barco e declararam apoio ao candidato favorito do governador Flávio Dino (PCdoB).

Dos sete, um será 2° vice-presidente (já definido o nome), o outro presidente de alguma comissão e um para ser líder do bloco. O restante ficará na fila para ser alguma coisa só no próximo biênio.

Sem nenhuma perspectiva, os novos deputados fecharam um acordo vazio – dizem por compromisso de blindagem e outros por migalhas. E nada mais.

O que esperar dessa nova safra?

Márcio Jerry faz da Secretaria de Articulação Política um curral eleitoral

Por Luís Pablo Política
 
Secretário Márcio Jerry, governador Flávio Dino, a ex-prefeita Maria Aparecida da Silva Ribeiro e o seu filho, José Wellington da Silva Leite

Secretário Márcio Jerry, governador Flávio Dino, a ex-prefeita Maria Aparecida da Silva Ribeiro e o seu filho, José Wellington da Silva Leite

A Secretaria de Estado de Articulação Política, comandada pelo comunista Márcio Jerry, está virando um verdadeiro curral eleitoral para empregar filho de político e ‘importado’ – como o caso do ex-assessor de Orlando Silva, ex-ministro de Esporte.

Na lista de “privilegiados” de Jerry, consta o nome de José Wellington da Silva Leite, filho da ex-prefeita do município de Vargem Grande, Maria Aparecida da Silva Ribeiro – conhecida na cidade como a campeã de ser representada no Ministério Público.

A nomeação do filho da ex-prefeita na Secretaria de Márcio Jerry deu-se em razão de Maria Aparecida ter apoiado nessas eleições o comunista Flávio Dino, ao Governo do Maranhão.

Como Flávio teve uma expressiva votação no município, Jerry resolveu retribuir o apoio da ex-prefeita, empregado seu filho na pasta de Articulação Política.

Não só a ex-prefeita de Vargem Grande, como outros políticos que apoiaram Flávio Dino devem receber um ‘boquinha’ no Estado.

E o Blog do Luis Pablo irá denunciar todos.

Abaixo a nomeação:

Márcio Jerry 1

Clima entre Ricardo Murad e Roberto Costa continua tenso

Por Luís Pablo Política
 

Blog do Minard

Roberto Costa, João Alberto, Ricardo Murad e Andrea Murad

Roberto Costa, João Alberto, Ricardo Murad e Andrea Murad

O clima foi tenso na manhã desta quarta-feira(21) na sede do PMDB, devido uma discussão pesada entre os deputados Roberto Costa e Ricardo Murad.

Tudo começou quando Ricardo juntamente com sua filha, Andrea Murad, falaram que o PMDB deveria lançar um candidato a presidente da Assembleia, para entrar disputa contra o deputado eleito Humberto Coutinho.

Nesse momento, o presidente municipal do PMDB, Roberto Costa, pediu a palavra e disse que esta não seria a hora apropriada para lançar uma candidatura, porque o partido poderia passar o maior vexame de 2015.

Foi então que a neodeputada Andrea disparou para cima de Roberto, falando que no PMDB não tem espaço para covardes. Roberto, por sua vez, rebateu: “Para chegar ao meu nível Andrea, você precisaria dormir um bom tempo debaixo da minha rede”.

Em seguida, Ricardo Murad levantou da mesa e ameaçou partir para cima de Roberto Costa com toda ira, mas acabou sendo contido por João Alberto.

Já vermelho, tipo aqueles camarão que vende na praia, Ricardo disse: “Por conta desse posicionamento intransigente, você acabou com o PMDB municipal”.

Roberto, que não é menino e ainda é morador da região do Lira-Belira respondeu: “E por causa dessa tua forma de ditador, você acabou com o governo Roseana”.

O ex-secretário de Saúde que não é besta, já soube que deputado acertou os “ponteiros” com Humberto Coutinho. Mas Roberto jura de pé junto, que isso é uma grande mentira.

Então tá!

Márcio Jerry emprega assessor de ex-ministro demitido por corrupção no Governo Dilma

Por Luís Pablo Política
 
Secretário Márcio Jerry

Secretário Márcio Jerry

O secretário Márcio Jerry está usando a pasta de Articulação Política como cabide de emprego para atender pedido de membro da cúpula nacional do seu partido, o PCdoB.

Na relação dos nomeados da secretaria comandada por Jerry aparece o nome de Danilo Moreira da Silva, que foi assessor especial do ex-ministro do Esporte, Orlando Silva (PCdoB). Ele foi nomeado para o cargo de subsecretário, simbolo Isolado – um dos maiores salários do Estado.

Flávio Dino batendo bola com o então ministro Orlando Silva

Flávio Dino batendo bola com o então ministro Orlando Silva

A indicação de Danilo Moreira para o Governo Flávio Dino foi um pedido pessoal do ex-ministro. Só para relembrar, Orlando Silva foi exonerado do Governo Dilma por corrupção.

Na época, ele deixou o governo após a denúncia da sua participação em um esquema de desvio de dinheiro público do Segundo Tempo, um programa federal destinado a promover o esporte em comunidades carentes.

A demissão do ex-ministro se deu um dia depois do anúncio de que o Supremo Tribunal Federal autorizou a instauração de inquérito para investigar ele, a pedido da Procuradoria Geral da República.

A nomeação do ex-assessor de Orlando Silva no Governo Dino mostra que o “fim dos privilégios” é só conversa fiada. E o documento abaixo – o ato de nomeação, mostra isso.

Márcio Jerry 1

Olha aí, Jefferson Portela! Marcão Regadas pede adiamento da audiência que ia ficar de frente com Júnior Bolinha

Por Luís Pablo Política
 

Empresário Marcão Regadas

Empresário Marcão Regadas

O empresário dono da Construtora Franere, Marcos Regadas, o Marcão, entrou com pedido de adiamento da audiência que estava marcada para hoje, dia 22, no Fórum de São Luís, em que ele ia ficar cara a cara com o empresário José Raimundo Sales Chaves Júnior, o “Júnior Bolinha” – acusado de ter intermediado a contratação do pistoleiro que matou o jornalista-blogueiro Décio Sá.

O pedido de Marcão foi deferido pelo juiz titular da 6ª Vara Criminal da Comarca de São Luis, Luís Carlos Dutra dos Santos, que redesignou a audiência só para o dia 16 de março.

A finalidade da audiência é saber se “Bolinha” manterá as acusações feitas contra o dono da Franere em uma carta enviada no dia 20 de fevereiro de 2013, ao então secretário de Segurança Pública do Maranhão, Aluísio Mendes, e que foi publicada pelos blogueiros Luis Pablo, Luis Cardoso, Marco D’Eça e Neto Ferreira, que foram processados pelo empreiteiro.

É de se estranhar o pedido de adiamento do empresário Marcos Regadas – que diz não ter nenhum envolvimento na morte de Décio Sá.

Ao invés de por um fim nas suspeitas que recai sobre ele, o construtor parece querer ganhar tempo. Agora tempo para quer? Afinal, quem não deve não teme.

O atual secretário de Segurança, delegado Jefferson Portela, deveria reabrir o caso e usar sua experiência para tirar a limpo todas as dúvidas sobre a participação de outros suspeitos no crime. Do contrário, todos os jornalistas-blogueiros que estão enfrentando esse duro processo contra o empreiteiro possam ter o mesmo fim que levou o amigo Décio Sá: a morte.

Veja quem é quem na Secom do Governo Flávio Dino

Por Luís Pablo Política
 

Prefeitura-de-São-LuísO Blog do Luis Pablo mostra abaixo a relação das pessoas que foram nomeadas na Secretaria de Estado da Comunicação Social (Secom).

O ato foi publicado no Diário Oficial e assinado pelo governador Flávio Dino e o chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares.

Na relação encontra-se pessoas que rezaram a cartilha de Dino durante toda campanha eleitoral – chegando ao ponto de usar seus “meios” para difamar e caluniar os adversários do comunista.

Veja quem é quem e denuncie os “privilegiados”, encaminhado e-mail para o titular desta página aqui: [email protected]

SECOM

SECOM 1

SECOM 2