Último bloco: Pedrosa faz debate de alto nível

Por Luís Pablo Política
 

Luís Antônio Pedrosa

Luís Antônio Pedrosa

As considerações finais começaram com Flávio Dino, que orientado pela equipe de marketing, agradeceu primeiro a Deus, como bom “cristão”. Agradeceu os correligionários políticos, pediu voto para Roberto Rocha e declamou o currículo acadêmico ao pedir os votos dos maranhenses.

Querendo parecer mais cristão que Flávio, Edinho Lobão, por sua vez, apelou para a sensibilidade do público e praticamente fez uma oração, se bendizendo um “escolhido de Deus”, para mudar a vida dos cidadãos. Relatou os momentos de campanha e declarou a fé em Deus.

Luís Antônio Pedrosa agradeceu os eleitores e reafirmou que tem práticas diferenciadas, lembrando que não sujaram a cidade, primando pelo debate de alto nível, apresentado propostas. Pediu votos para Luciana Genro e Haroldo Saboia. Alfinetou Dino a respeito do apoio dos três presidenciáveis, afirmando que seria difícil reconhecer uma plataforma de governo.

Um debate que tentou esquentar durante o segundo bloco, mas ficou travado em acusações que já estão batidas entre os populares. Na opinião do blog, o candidato que conseguiu se manter estável durante todo o debate, mais uma vez, foi Pedrosa.

2º bloco do debate: Flávio Dino e Edinho Lobão travam acusações

Por Luís Pablo Política
 

Edinho Lobão

Edinho Lobão

O clima começou a esquentar no segundo bloco. Logo na primeira pergunta, Edinho toma as dores do Governo do Estado e ataca Dino com a gestão de Edvaldo Holanda Júnior. Dino rebateu desviando as acusações e dizendo que o foco do debate era o governo do estado.

Luís Antônio Pedrosa, quando perguntado a respeito de Indústrias, também aproveitou o espaço para alfinetar Flávio Dino e Edinho Lobão ao mesmo tempo, afirmando que tinha uma candidatura diferenciada das duas propostas. O candidato do PSOL mostrou uma visão de desenvolvimento aliado à preocupação com a população.

Sobre abastecimento, Lobão Filho reconheceu a deficiência dos serviços da Caema. De acordo com ele é “preciso dar condições à Caema” e mandou um recado indireto para Dino, quando falou de “propostas demagogas”, se referindo, segundo ele, a propostas inviáveis de serem concretizadas.

Flávio Dino

Flávio Dino

Pedrosa lembrou que o grupo de Lobão Filho não fez nada para melhorar o sistema de abastecimento. Lobão se esquivou da acusação e foi categórico ao afirmar que não faz parte do governo Sarney. “Se quiserem criticar Roseana Sarney, tragam ela para o debate. Eu não participei desse governo”, rebateu Edinho Lobão.

Sem pestanejar, na última rodada de perguntas, Luís Antonio Pedrosa declarou que não haverá nenhum tipo de mudança, caso eleito um dos dois candidatos, porque de acordo com ele, nem o grupo do Lobão e nem o do Flávio Dino estão comprometidos com mudança porque estão sendo financiados por pessoas com interesses contrários e também as alianças políticas não permitirão isso.

Luís Antônio Pedrosa

Luís Antônio Pedrosa

Lobão Filho praticamente deu um tiro no pé ao falar sobre processos da Embratur no TCU, abordando de maneira pueril as tomadas de conta do órgão. Dino, que foi atingido no calcanhar de Aquiles com as acusações de Edinho, também rebateu com acusações ao candidato do PMDB.

Edinho, quando perguntado por Pedrosa sobre a Saúde no Maranhão, respondeu novamente acusando Dino e logo em seguida ressaltou obras do Governo do Estado, evidenciando que não fez parte da gestão de Roseana.

Ao que parece, o nível de propostas começou a dar lugar a acusações. E o candidato Luís Antônio Pedrosa parece o único a seguir ainda lúcido no debate.

1º bloco do debate: clima ameno entre os candidatos

Por Luís Pablo Política
 

Candidatos

O primeiro bloco do debate entre os candidatos a governo do estado, realizado pela TV Mirante, foi relativamente de clima ameno entre os candidatos. Sem acusações graves ou sem descer o nível do debate, que ainda permanece no campo das propostas.

Apesar disso, o candidato Edinho Lobão (PMDB) pediu por algumas vezes direito de reposta por ter se sentido em algumas falas de Dino. A equipe da TV Mirante recusou todos os pedidos do candidato do PMDB.

Bomba, Bomba e Bomba! Prefeito de Paço do Lumiar acaba de declarar apoio à Flávio Dino

Por Luís Pablo Política
 

Josemar Sobreiro e Marconi Lopes declaram apoio à Flávio Dino

Josemar Sobreiro e Marconi Lopes declaram apoio à Flávio Dino

O candidato peemedebista ao Governo do Maranhão, Edinho Lobão, acaba de perder mais um prefeito de uma grande cidade do Estado.

O prefeito de Paço do Lumiar, Josemar Sobreiro, o vice-prefeito Marconi Lopes e todo seu grupo político acabaram de declarar apoio ao candidato comunista Flávio Dino.

Tudo ocorreu durante uma reunião, que terminou ainda pouco, com o deputado estadual e coordenador da campanha do PCdoB, Marcelo Tavares.

O grupo político de Paço do Lumiar aderiu a campanha de Flávio Dino, após o convite que recebeu de Tavares, em fazer parte da base oposicionista.

Com a decisão de Josemar e Marconi, é provável que o grupo político de São José de Ribamar, que ainda apoia Edinho Lobão, passe a apoiar a candidatura de Flávio.

Atenção, condutores! Trecho da avenida Ana Jansen é interditado por causa do debate dos candidatos

Por Luís Pablo Política
 

Imirante.com

image

A Polícia Militar interditou a via sentido Ponta d’ Areia/São Francisco da avenida Ana Jansen, em frente à TV Mirante, no bairro do São Francisco, em São Luís-MA.

A interdição ocorreu por causa da grande quantidade de militantes dos partidos políticos dos candidatos ao governo do Estado, que chegam para acompanhar o debate, que começa após a novela Império.

No local o policiamento foi reforçado para evitar qualquer tipo de confronto.

O debate, que será tramitado ás 22:50 na TV Mirante, terá a participação apenas dos candidatos Edinho Lobão (PMDB), Flávio Dino (PCdoB) e Antônio Pedrosa (PSOL)

image

image

A partir de hoje, eleitor só pode ser preso em flagrante delito

Por Luís Pablo Brasil
 

prisaoeleitorhori300914

AGÊNCIA BRASIL - A legislação eleitoral prevê que, a partir desta terça-feira (30) e até 48 horas após o encerramento das eleições, nenhum eleitor poderá ser preso ou detido, salvo em flagrante delito, em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável ou por desrespeito a salvo-conduto.

Caso haja eleição em segundo turno para presidente da República ou governador, previsto para o dia 26 de outubro, a proibição da prisão de eleitor passa a valer a partir do dia 21 de outubro e também vigora até 48 horas depois do encerramento da votação.

A determinação está no Código Eleitoral, Art. 236, caput. (Lei nº 4.737/1965).

Ex-diretor de Pedrinhas acusado de “vender” fuga acaba de ser solto

Por Luís Pablo Polícia
 

Ex-diretor Cláudio Barcelos

Ex-diretor Cláudio Barcelos

O ex-diretor da Casa de Detenção de Pedrinhas (Cadet), Cláudio Barcelos, acabou de ser solto pela Justiça. Ele recebeu um alvará de soltura do juiz Antonio Luiz de Almeida Silva.

Cláudio Barcelos foi preso no dia 15 deste mês por comandar um esquema de “venda” de saídas de presos, que pagavam para sair da cadeia.

Além disso, ele ainda liberava os detentos a saírem do presídio para fazerem cobranças ou acertos de contas e depois retornar.

O ex-diretor estava preso no presídio Manelão, do Comando Geral da Polícia Militar, em São Luís-MA.

Lascou de vez! Edinho Lobão fecha comitê em Imperatriz

Por Luís Pablo Política
 
Comitê de Edinho Lobão em Imperatriz de portas fechadas

Comitê de Edinho Lobão em Imperatriz de portas fechadas

Ao que parece, o candidato peemedebista Edinho Lobão jogou a toalha na reta final da campanha para disputa ao Governo do Maranhão. Prova disso, foi que o seu comitê de campanha em Imperatriz amanheceu de portas fechadas.

Interlocutores da cidade informaram ao Blog do Luis Pablo, que o motivo seria a falta de pagamento para as equipes de campanha e carros de som. É grande a revolta dos trabalhadores da campanha.

Para se ter ideia, até a polícia já foi acionada para controlar um início de tumulto no comitê. Pessoas ameaçaram invadir o local.

A determinação é que somente membros da coordenação entrem nas dependências do comitê. Em razão disso, várias pessoas abandonaram a campanha de Edinho Lobão em Imperatriz.

O clima é tenso.

Wellington do Curso vem consolidando vaga na Assembleia Legislativa

Por Luís Pablo Política
 

Wellington do Curso

Wellington do Curso

O empresário e candidato à deputado estadual pelo PPS, professor Wellington do Curso (PPS), tem seguido o caminho certo para ocupar uma vaga na Assembleia Legislativa do Maranhão, a partir do dia 1 de janeiro de 2015.

No meio político, comenta-se que Wellington será o mais votado na coligação PPS/SDD/PP/PROS. Além dele, são favoritos os candidatos Luciano Genésio (SDD) e Patrícia Vieira (PROS).

No corpo-a-corpo, o pepessista vem percorrendo várias regiões do Estado e recebendo o apoio do eleitorado consciente, que não se rende a compra de votos.

O professor tem contado também com a participação efetiva de alunos, ex-alunos, educadores e amigos, que vem intensificando sua campanha nas ruas e bairros de São Luís.

O candidato pepessista tem defendido um jeito novo de fazer política, sempre apresentando propostas inovadores em prol da população carente.

E é justamente com esse trabalho, que Wellington do Curso vem consolidando a vaga no Poder Legislativo.

Policial federal e candidato à deputado estadual apresenta proposta de Sistema Prisional Industrial no MA

Por Luís Pablo Política
 

O policial federal e candidato à deputado estadual Danilo Santos apresentou uma proposta para solucionar o caos no Sistema Penitenciário do Maranhão.

Por meio do seu Facebook, o candidato divulgou um vídeo com a apresentação de um Sistema Prisional Industrial para o Estado.

“Para declarar guerra ao crime, eu preciso do seu voto”, disse o agente federal Danilo Santos.

Clique e veja: