Três homens são mortos por companheiras que sofriam violência

Por Luís Pablo Polícia
 

Imagem ilustrativa

Imagem ilustrativa

Três homens foram mortos pelas companheiras, após brigas domésticas no último fim de semana. Segundo a polícia, um dos casos foi registrado no povoado Barra do Rosa, na zona rural do município de Nina Rodrigues, e outros dois na capital São Luís.

Um dos homens assassinados foi identificado como Reinaldo Caldas Gomes, de 34 anos, no último sábado (16), no Residencial João Alberto, na Vila Lobão, em São Luís. Segundo a polícia, a morte aconteceu depois de uma briga após a esposa, Joana Evangelista Mendes, dizer que iria embora com o filho de sete meses. Durante a discussão, a mulher golpou o homem com uma faca no peito esquerdo. Reinaldo morreu no local.

Joana disse que era vítima de violência doméstica e chegou a registrar ocorrências contra o companheiro por agressão física. A Superintendência de Homicídio e Proteção a Pessoas (SHPP) segue investigando o caso e ainda não localizou o paradeiro da mulher.

No bairro Anjo da Guarda
A segunda morte foi registrada no bairro Anjo da Guarda, em São Luís, onde Carlos Magno França Costa, de 44 anos, também morto com golpes de faca durante uma briga com a companheira, Maria de Fátima Silvestre, de 36 anos.

Segundo a polícia, a mulher justificou dizendo que escorregou em cima da faca e Carlos acabou sendo golpeado no tórax. Maria de Fátima foi levada para a sede da SHPP, na Avenida Beira-Mar, onde ficará à disposição da Justiça para esclarecer melhor a situação.

O terceiro caso ocorreu no povoado Barra do Rosa, na zona rural do município de Nina Rodrigues, no último domingo (19). O homem morto foi identificado como Francisco Viana de Sousa, conhecido pelo apelido de Groza. Segundo a polícia, Francisco agredia a esposa, identificada como Wilma, e também os próprios filhos menores de idade.

No domingo, Francisco tentou agredir a família ao chegar bêbado em casa e acabou sendo golpeado com uma faca pela companheira. Wilma fugiu do local junto com os filhos e o caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.

(Com informações do G1MA)

Dos 217, Maranhão tem 176 municípios com casos confirmados de coronavírus

Por Luís Pablo Saúde
 
Centro de combate ao Covid-19 no Maranhão

Centro de combate ao Covid-19 no Maranhão

Em meio à atualização do número de mortos, casos confirmados e pessoas curadas do novo coronavírus (Covid-19) no Maranhão, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou, em boletim divulgado na noite desta quinta-feira (14), que 176 municípios maranhenses já registraram pacientes infectados pela Covid-19.

Segundo a SES, cinco cidades tiveram os primeiros casos de coronavírus nas últimas 24 horas: Alto Parnaíba, Bacurituba, Bernardo do Mearim, Feira Nova do Maranhão e Santa Filomena do Maranhão.

De acordo com o relatório da SES, o Maranhão já tem 10.739 casos confirmados do novo coronavírus. São Luís (5.375), Imperatriz (574), São José de Ribamar (447), Chapadinha (257), Paço do Lumiar (222), Santa Inês (163), Codó (139), Pinheiro (133), Açailândia (120) e Barra do Corda (108) são os dez municípios maranhenses com o maior número de pacientes infectados pela Covid-19.

O boletim da SES também atualizou o quadro dos pacientes infectados pelo novo coronavírus no Maranhão. Entre os 10.739 casos confirmados, são 496 mortes, 355 internações em UTI (279 na rede pública e 76 na rede privada), 825 internações em enfermaria, 2.591 pacientes recuperados e 6.472 pessoas em isolamento domiciliar.

Os pacientes com teste positivo para a Covid-19 estão sendo monitorados por equipes do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS).

As pessoas que apresentarem sintomas do novo coronavírus em São Luís podem procurar o Centro de Testagem da Policlínica Diamante e as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do Vinhais, Itaqui-Bacanga, Cidade Operária e Araçagy.

Os profissionais da área da saúde e da segurança pública estão sendo atendidos exclusivamente no Viva da Beira-Mar. Para a população no interior maranhense, os hospitais regionais continuam realizando a coleta para os exames.

Confira a lista de cidades maranhenses com pacientes infectados pelo novo coronavírus:

ESCÂNDALO! Empresário preso na Lava Jato tem contrato milionário com a Prefeitura de São José de Ribamar

Por Luís Pablo Polícia / Política
 

Blog do Luís Cardoso

Empresário Mário Peixoto

Empresário Mário Peixoto

Está aí o motivo do abandono da saúde em São José de Ribamar. Um verdadeiro escândalo. O empresário Mário Peixoto, preso nesta quinta-feira no Rio de Janeiro, suspeito de pagar propina em troca de contratos na saúde pública para suas empresas, está por trás do Instituto Unir Saúde – UNIR, que tem contrato milionário com a Prefeitura de São José de Ribamar.

O contrato de R$ 20.303.004,00 (vinte milhões trezentos e três mil e quatro reais) foi firmado entre a organização social usada por Peixoto e a Prefeitura de Ribamar no dia 15 de dezembro de 2017 para gerenciar o hospital e a maternidade de São José de Ribamar.

O responsável pela celebração do contrato foi o secretário municipal de Saúde, Tiago José Mendes Fernandes.

O Instituto Unir Saúde – UNIR é de propriedade de Leonardo de Azevedo Assunção e está localizada no Rio de Janeiro (RJ). Mas investigações da Polícia Federal, Ministério Público Federal e Receita Federal descobriram que a UNIR é uma das organizações usadas por Peixoto para conseguir contratos para suas empresas.

Enquanto isso, em plena pandemia do Covid-19, a população ribamarense fica à mercê do descaso na saúde municipal, sem leitos, equipamentos e EPIs para os profissionais de saúde. Não é à toa que já foi aprovada e está em fase inicial de trabalhos a CPI da Saúde, na Câmara Municipal de Ribamar. Com certeza muitas irregularidades serão descobertas. É esperar para ver.

CLIQUE E VEJA:

Veja os bairros de São Luís com casos do novo coronavírus nesta quinta-feira

Por Luís Pablo Maranhão / Saúde
 
Região Metropolitana de São Luís é o epicentro da doença no Maranhão

Região Metropolitana de São Luís é o epicentro da doença no Maranhão

Região Metropolitana de São Luís possui quase 90% dos casos no novo coronavírus no Maranhão, segundo dados da Secretaria de Saúde divulgados na noite dessa terça-feira (5). Até o momento desta publicação, o Maranhão já registrou 9.801 casos do novo coronavírus, com 470 mortes contabilizadas.

A SES disponibilizou a lista de bairros que já possuem registros da doença. Alguns casos, no entanto, podem não estar listados devido a não informação do endereço por unidade privada. Por isso, a lista abaixo revela a localização de cerca de 75% dos casos de infecção na região metropolitana. Veja a lista por ordem de número de casos:

Turu – 210 casos
Renascença – 178 casos
Cidade Operária – 142 casos
Calhau – 138 casos
Cohatrac I, II, III, IV, Primavera-Cohatrac – 98 casos
Centro – 81 casos
Anjo Da Guarda – 79 casos
Cohama – 78 casos
Araçagy – 77 casos
Maiobão – 74 casos
Anil – 73 casos
Ponta D’areia – 71 casos
Bairro de Fátima – 69 casos
Liberdade – 68 casos
Bequimão – 67 casos
Vila Embratel – 67 casos
Olho D’água – 64 casos
Jardim São Cristóvão / Conjunto Juçara / Conjunto Penalva – 58 casos
João Paulo – 58 casos
Monte Castelo – 58 casos
Coroadinho – 55 casos
São Francisco – 50 casos
Angelim – 49 casos
Cohab Anil I – 49 casos
Maracanã – 43 casos
Conjunto Habitacional Vinhais – 41 casos
Parque Vitoria – 41 casos
Cohafuma – 34 casos
Ponta Do Farol – 34 casos
Vila Palmeira – 32 casos
Alemanha – 30 casos
Cidade Olímpica – 30 casos
Conjunto Dom Sebastião / Vila dos Nobres / Pq. dos Nobres / Parque Timbira – 30 casos
Jardim América 28 casos
Jardim Eldorado – 27 casos
Recanto dos Vinhais – 27 casos
Aurora – 25 casos
Conjunto São Raimundo – 25 casos
Cruzeiro Do Anil – 23 casos
Forquilha – 23 casos
João De Deus – 21 casos
Planalto Vinhais II – 21 casos
Vila Fialho – 21 casos
Vila Janaína – 21 casos
Jardim Tropical – 20 casos
Coroado – 19 casos
Maiobinha – 19 casos
São Bernardo – 19 casos
Vila Passos – 19 casos
Jardim De Fátima – 18 casos
Alto Turu – 17 casos
Bom Jesus – 17 casos
Cohab Anil III – 17 casos
Filipinho / Redenção – 17 casos
Jardim Das Margaridas / Parque Aurora / Planalto Anil I, II, III – 17 casos
Jordoa – 17 casos
Lira – 17 casos
Bela Vista / Primavera I (Cohajap) – 16 casos
Chácara Brasil – 16 casos
Sacavém – 16 casos
Santa Cruz – 15 casos
Santa Efigênia – 15 casos
Vila Itamar – 15 casos
Areinha – 14 casos
Sá Viana – 14 casos
Caratatiua – 13 casos
Conjunto Habitacional Turu / Jardim Atlântico – 13 casos
Parque Atenas – 13 casos
Centro (São José De Ribamar) – 12 casos
Ipase – 12 casos
Ipem São Cristóvão/Conjunto São Carlos – 12 casos
Maranhão Novo – 12 casos
Parque Amazonas – 12 casos
Radional – 12 casos
Tibiri – 12 casos
Apeadouro – 11 casos
Camboa – 11 casos
Cohaserma / Cohaserma II – 11 casos
Coheb – 11 casos
Quitandinha / Vinhais I / Vinhais II – 11 casos
Santa Clara – 11 casos
Vila Bacanga – 11 casos
Vila Brasil – 11 casos
Jaracaty – 10 casos
Maioba – 10 casos
Planalto Anil – 10 casos
Barreto – 9 casos
Conjunto Rio Anil – 9 casos
Cruzeiro – 9 casos
Ivar Saldanha – 9 casos
Miritiua – 9 casos
Pindorama – 9 casos
Vila Isabel Cafeteira – 9 casos
Campina – 8 casos
Cohatrac V – 8 casos
Itapiracó – 8 casos
Planalto Aurora – 8 casos
Primavera Ii (Cohajap Ii) – 8 casos
Sítio Pirapora – 8 casos
Tirirical – 8 casos
Cohab Anil II – 7 casos
Cutim Anil – 7 casos
Fumacê – 7 casos
Novo Angelim – 7 casos
Novo Cohatrac – 7 casos
Outeiro da Cruz – 7 casos
Pindaí – 7 casos
Retiro Natal – 7 casos
Santo Antônio – 7 casos
Vila Isabel – 7 casos
Alto da Esperança – 6 casos
Cohab Anil IV – 6 casos
Coréia – 6 casos
Diamante – 6 casos
Jardim São Cristóvão II – 6 casos
Lima Verde – 6 casos
Moropoia – 6 casos
Nova Terra – 6 casos
Santa Bárbara – 6 casos
São Marcos – 6 casos
Vila Kiola – 6 casos
Vila Lobão e Vila Roseana Sarney – 6 casos
Vila Mauro Fecury II – 6 casos
Vila Nazaré – 6 casos
Vila Nova – 6 casos
Fé Em Deus – 5 casos
Goiabal – 5 casos
Madre Deus – 5 casos
Mata de Itapera – 5 casos
Paraiso da Rosas – 5 casos
Ribeira – 5 casos
São Benedito – 5 casos
Sítio Grande – 5 casos
Turiúba – 5 casos
Vila São Luís – 5 casos
Apicum – 4 casos
Bom Milagre – 4 casos
Cidade Verde – 4 casos
Ipem Turú 4 casos
J. Camara 4 casos
J.Lima – 4 casos
Matinha – 4 casos
Parque Universitário – 4 casos
Planalto Turu II – 4 casos
Recanto Fialho / Vila União – 4 casos
Trizidela Da Maioba – 4 casos
Vila Alonso Costa – 4 casos
Vila Bom Viver – 4 casos
Vila Cascavel – 4 casos
Vila Flamengo – 4 casos
Vila Sarney Filho I – 4 casos
Centro (Raposa) – 3 casos
Gancharia – 3 casos
Mutirão – 3 casos
Novo Horizonte – 3 casos
Panaquatira – 3 casos
Paranã – 3 casos
Pau Deitado – 3 casos
Piçarreira – 3 casos
Recanto dos Pássaros – 3 casos
Recanto dos Signos – 3 casos
Saramanta – 3 casos
Tijupá Queimado – 3 casos
Vila Ariri – 3 casos
Vila Conceição – 3 casos
Vila dos Frades – 3 casos
Vila Jeniparana – 3 casos
Vila Maranhão – 3 casos
Vila Mauro Fecury I – 3 casos
Vila Operária – 3 casos
Vila São José – 3 casos
Vila Vitória – 3 casos
Alto do Farol – 2 casos
Boa Vista – 2 casos
Cantinho do Céu / Conjunto Manoel Beckman – 2 casos
Centro (Paço do Lumiar) – 2 casos
Estiva – 2 casos
Ilhinha – 2 casos
Inhaúma – 2 casos
Jardim das Mercês – 2 casos
Jeniparana – 2 casos
Laranjal – 2 casos
Mata – 2 casos
Outeiro – 2 casos
Parque Jair – 2 casos
Parque Thiago Aroso – 2 casos
Pirâmide – 2 casos
Sitio Natureza – 2 casos
Tambaú – 2 casos
Turu / Jardim das Oliveiras (Cohajoli) – 2 casos
Upaon-Açu – 2 casos
Vila Dr Julinho – 2 casos
Vila São José II – 2 casos
Vila Sarney Filho II – 2 casos
Açaizal Grande – 1 caso
Beira Rio – 1 caso
Bom Jardim – 1 caso
Cacarape – 1 caso
Centro – 1 caso
Cidade Alta – 1 caso
Conjunto São Marcos – 1 caso
Desterro – 1 caso
Iguaíba – 1 caso
Itapera Maioba – 1 caso
Jardim Coelho Neto – 1 caso
Juçatuba – 1 caso
Morada Nova – 1 caso
Nova Vida – 1 caso
Novo Paço – 1 caso
Paranã III – 1 caso
Paraty – 1 caso
Parque Ângela / Residencial Vinhais III – 1 caso
Parque das Palmeiras – 1 caso
Parque Sabiá – 1 caso
Presidente Vargas – 1 caso
Quebra-Pote – 1 caso
Residencial Planalto Vinhais I / Vinhais VI – 1 caso
Residencial Silvana – 1 caso
Salinas do Sacavém – 1 caso
Santa Rosa – 1 caso
São Jorge – 1 caso
São Raimundo do Gapara – 1 caso
Sítio Leal – 1 caso
Túnel Sacavém – 1 caso
Vila Cafeteira – 1 caso
Vila Cruzado – 1 caso
Vila Maresia – 1 caso
Vila Menino Jesus de Praga / Cohaserma / Planalto do Calhau / Vinhais V – 1 caso
Vila Santa Teresinha – 1 caso
Zumbi dos Palmares – 1 caso

Governador do Piauí proíbe venda de bebidas alcoólicas

Por Luís Pablo Saúde
 
Governador Wellington Dias

Governador Wellington Dias

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), anunciou ontem, dia 13, medidas mais rígidas para combater o novo coronavírus no estado, entre elas a “lei seca” que proíbe a venda de bebidas alcoólicas. As novas medidas começam a valer às 00h de amanhã, dia 15, e vão até o próximo domingo, dia 17.

“No Piauí, não vamos adotar lockdown típico, que é a paralisação total. Podemos fazer se for necessário, mas quero trabalhar uma alternativa intermediária antes de uma medida radical. Bares que vendem (bebida alcoólica), pessoas que se aglomeram, que estavam transitando bêbadas, entupindo as UTIs de saúde. Nesse caso, será tratado como crime”, disse o governador.

Wellington Dias ainda afirmou que o consumo de bebida alcóolica dentro de casa segue liberado.

Mais de 2,5 mil pessoas estão curadas do novo coronavírus no Maranhão

Por Luís Pablo Saúde
 
Jociele Serra Pinheiro, de 38 anos, foi a primeira paciente a ser internada na UTI de Covid-19 do Hospital Universitário em São Luís

Jociele Serra Pinheiro, de 38 anos, foi a primeira paciente a ser internada na UTI de Covid-19 do Hospital Universitário em São Luís

Segundo dados oficiais da Secretaria de Estado da Saúde (SES), dos 9801 infectados pelo novo coronavírus, 2529 pessoas estão curadas no Maranhão. A informação foi divulgada na noite desta quarta-feira (13) por meio de boletim epidemiológico, que mostra também que 470 morreram pela Covid-19 no estado.

Quanto aos profissionais de saúde, 729 foram infectados, 660 estão curados e 12 morreram.

A doença infectou pessoas em 171 municípios do estado e a maiora está em tratamento por meio do isolamento domiciliar. São 5723 pessoas nesta condição. Nos hospitais públicos e privados, 741 pessoas estão em enfermarias e 338 estão em leitos de UTI.

O Maranhão tem ainda 4406 casos suspeitos da doença, 9441 já foram descartados e, segundo a SES, o Maranhão fez até a noite desta quarta-feira, 19.193 exames laboratoriais para o diagnóstico da Covid-19.

Agente funerário de 51 anos morre por Covid-19 no Maranhão

Por Luís Pablo Saúde
 

Clorismar Lima Carvalho, de 51 anos, era agente funerário e morreu com Covid-19 em São Luís

Clorismar Lima Carvalho, de 51 anos, era agente funerário e morreu com Covid-19 em São Luís

Na madrugada desta quarta, dia 13, o agente funerário Clorismar Lima Carvalho, de 51 anos, morreu vítima da Covid-19 em São Luís. Ele atuava há mais de 30 anos na área e a principal suspeita é que ele tenha contraído o novo coronavírus enquanto trabalhava.

Clorismar trabalhava em uma funerária no bairro Areinha, na capital, como tanatopraxista, que é o profissional responsável pela preparação de um corpo para o velório.

O agente funerário teve uma piora no estado de saúde e em seguida, foi internado no Hospital Guarás, que pertence a rede privada de saúde em São Luís. Há dez dias, Clorismar foi transferido para um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas não resistiu e morreu. Ele era casado e deixou quatro filhos.

Sob aplausos e muita emoção, amigos e colegas de trabalho prestaram sua última homenagem a Clorismar Lima antes do enterro, que foi realizado nesta manhã.

Para evitar novas contaminações pelo coronavírus, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) implementou um protocolo de sepultamento para casos suspeitos e confirmados pela doença. As vítimas serão sepultadas em uma rápida cerimônia com o caixão fechado e com a presença de no máximo, dez familiares.

PEGO NA MENTIRA! Apoiador diz que Josimar de Maranhãozinho e sua esposa enviaram máscaras do PL

Por Luís Pablo Política / Saúde
 
Deputado federal Josimar de Maranhãozinho fazendo propaganda partidária com máscaras faciais para proteção ao novo coronavírus

Deputado federal Josimar de Maranhãozinho fazendo propaganda partidária com máscaras faciais para proteção ao novo coronavírus

Uma publicação no Facebook de um apoiador do deputado federal Josimar de Maranhãozinho revela que o parlamentar e sua esposa, deputada estadual Detinha, enviaram máscaras faciais para proteção a Covid-19 com o número e a logomarca do partido, ao interior do Estado do Maranhão.

Na postagem, a pessoa identificada como Nardonio Teixeira Donny Ribeiro diz: “Deputado Josimar Maranhaozinho e Deputada Detinha, enviaram máscaras e Álcool em Gel para MARACACUMÉ, no auxílio ao combate a pandemia do novo coronavírus”. Ele ainda marca na publicação um político da região conhecido como Tio Gal, que é do partido de Josimar.

O Ministério Público Eleitoral do Maranhão anunciou que instaurou processo de investigação contra o deputado federal por possível propaganda eleitoral antecipada e abuso de poder político e econômico.

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), desembargador Cleones Cunha, na abertura dos trabalhos de mais uma sessão plenária virtual, fez um duro discurso contra o parlamentar.

Sem citar o nome do deputado, o magistrado repudiou o fato de que ele teria mandado confeccionar máscaras de proteção (com o número e a logomarca do PL) para serem distribuídas nesse momento de pandemia do novo coronavírus.

“É lamentável que um partido político se aproveite dessa situação para fazer sua própria propaganda particular. Ninguém pode, nem partido, nem pessoa, nem candidato, tentar se aproveitar de uma situação dessa para fazer promoção pessoal, ou partidária, ou de candidatura que seja”, criticou o desembargador.

Em nota encaminhada à imprensa, Josimar de Maranhãozinho disse que ganhou a máscara do PL de uma amiga e negou a distribuição do material.

Maranhão tem 1877 pessoas curadas da Covid-19

Por Luís Pablo Maranhão / Saúde
 
Centro de Testagem da Beira-Mar em São Luís (MA)

Centro de Testagem da Beira-Mar em São Luís (MA)

O Maranhão chegou aos 1877 curados da Covid-19, segundo informação do boletim da Secretaria de Estado da Saúde (SES), divulgado na noite desta terça-feira (12).

O estado tem 9112 casos confirmados da doença em 167 municípios e 444 mortes por conta do novo coronavírus são apontadas nos dados oficiais.

Quanto aos profissionais de saúde, 718 foram infectados e 646 estão curados e 12 morreram.

Estão em tratamento em enfermarias públicas e privadas na capital e interior, 757 pacientes. Nos leitos de UTI são 321 pessoas. Já em isolamento domiciliar, a SES informa que o estado tem 5713 infectados.

A secretaria monitora ainda 4680 casos suspeitos e 8956 foram descartados. Foram realizados até a noite desta terça-feira, 18019 exames laboratoriais para o diagnóstico da doença.

Bolsonaro decreta abertura de salões, academias e barbearias, mas Flávio diz que permanecerão fechados no MA

Por Luís Pablo Política
 
Bolsonaro e Flávio Dino travam embates de decretos

Bolsonaro e Flávio Dino travam embates de decretos

Na segunda-feira, dia 11, o presidente Jair Bolsonaro incluiu as atividades de salões de beleza, barbearias e academias de esportes na lista de “serviços essenciais”.

No entendimento do Governo Federal, as atividades podem ser mantidas mesmo durante a pandemia do novo coronavírus. O decreto foi publicado em uma edição extra do “Diário Oficial da União” no fim da tarde.

Apesar do decreto do presidente, o governador Flávio Dino afirmou que no Estado do Maranhão vão permanecer fechados.

No decreto do Governo do Maranhão, salões de beleza, barbearias e academias devem permanecer sem funcionar até o dia 20 de maio.

Vale o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que cabe aos estados e municípios o poder de estabelecer políticas de saúde – inclusive questões de quarentena e a classificação dos serviços essenciais.