Abertas inscrições para o auxílio emergencial do Turismo no Maranhão

Por Luís Pablo Política
 

Profissionais do Turismo maranhense podem se inscrever para receber o auxílio emergencial estadual da categoria a partir desta segunda-feira (5).

O auxílio consiste em parcela única de R$600 para guias de turismo, e de R$1.000 para empresas e profissionais do transporte turístico.

As inscrições vão até o dia 12 de abril no site exclusivo https://auxilio.turismo.ma.gov.br/. A iniciativa tem como meta minimiza os danos econômicos da categoria, causados pela pandemia de Covid019.

Segundo a Secretaria de Estado do Turismo (Setur), o primeiro critério obrigatório para ambas as categorias será possuir o Cadastur (Cadastro dos Prestadores de Serviços no Turismo) até o dia 29 de março de 2021. O cadastro nacional, que tem validade de 5 anos, precisa estar ativo.

Já os guias, além do Cadastur também precisarão comprovar residência no Maranhão e possuir conta corrente de titularidade própria do requerente do beneficio.

As empresas do Transporte Coletivo de Fretamento e Turismo de Passageiros, além de inscrição no Cadastur, deverão possuir inscrição ativa na Agência Estadual de Mobilidade Urbana – MOB, na categoria de Transporte Coletivo de Fretamento e Turismo de Passageiros e possuir conta corrente de titularidade da empresa habilitada, não sendo aceitas contas do tipo poupança, nem de titularidade diversa do beneficiário.

O auxílio será creditado diretamente na conta corrente informada no formulário de solicitação, a partir de 15 de abril, após as validações feitas por parte da Setur.

 

São Braz realiza campanha solidária com distribuição de sopas em São Luís

Por Luís Pablo Cidade
 
Gestora de marketing da empresa São Braz, Samira Vieira, em entrevista a TV Difusora

Gestora de marketing da empresa São Braz, Samira Vieira, em entrevista a TV Difusora

A empresa de bebidas São Braz realizou a primeira edição da sua campanha “São Braz Solidário”, voltada a pessoas em situação de rua em São Luís com a distribuição de sopas em vários pontos da capital maranhense.

As sopas foram entregues à noite para homens, mulheres e famílias durante o período de páscoa. Em entrevista à TV Difusora, a gestora de marketing da empresa, Samira Vieira, contou que a ideia é “servir de espelho” para que outras pessoas, empresas e entidades façam o mesmo.

Moradores de rua recebendo o sopão do São Braz Solidário

Moradores de rua recebendo o sopão do São Braz Solidário

A iniciativa conseguiu arrecadar doações e fazer mil sopões para serem distribuídos a pessoas como Mael Costa, morador de rua que viu o gesto como “uma das coisas mais legais que teve por aqui, porque a gente fica às vezes o dia todo na necessidade e não tem o alimento, não tem uma água, não tem o afeto de ninguém”.

O projeto conta com o apoio de digitais influencers de São Luís e do Grupo Operacional dos Bombeiros Civis. As doações podem ser enviadas entrando em contato com a São Braz através das redes sociais oficiais da empresa.

CLIQUE E VEJA A REPORTAGEM DA TV DIFUSORA:

Ilson Mateus pode virar alvo de uma CPI na Assembleia Legislativa do Maranhão

Por Luís Pablo Política
 
Empresário Ilson Mateus

Empresário Ilson Mateus

É grande o comentário nos bastidores sobre a intenção de instalar uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) na Assembleia Legislativa do Maranhão para investigar o empresário Ilson Mateus, dono do Grupo Mateus.

A pretensão é do deputado estadual Yglésio Moyses, que já ocupou por diversas vezes a tribuna do Poder Legislativo para falar do empresário.

Na última sexta, dia 2, o parlamentar publicou na sua rede social um vídeo em que aparece uma aglomeração de pessoas no Mix Mateus, no bairro do Vinhais, em São Luís-MA.

“Fomos fiscalizar as redes de supermercados em São Luís. Por que a rede de supermercados Mateus, que é a maior do estado, não cumpre as medidas de restrição estabelecidas pelo Governo do Maranhão? Não adianta o Mateus promover aglomerações dessa forma e, para limpar a sua barra, financiar a montagem de um hospital de campanha minúsculo. Não passa de cortina de fumaça”, denunciou o deputado no Instragram.

O local denunciado por Yglésio Moyses já foi palco de uma tragédia em que resultou na morte da jovem Elane de Oliveira Rodrigues. Na época, o parlamentar subiu à tribuna para falar sobre o desabamento de prateleiras no supermercado.

“A sociedade quer saber qual é a punição que vai ter, de fato, para a irresponsabilidade desse grupo que, ano após ano, acumula resultados positivos à custa da exploração e da miséria, até da morte, como foi esse ano de maranhenses aqui”, disse Yglésio (veja a íntegra do discurso do deputado).

Ilson Mateus pode virar alvo de uma CPI, caso o deputado Yglésio Moyses consiga recolher o número de assinaturas necessárias para a instalação.

ABAIXO O VÍDEO PUBLICADO NA REDE SOCIAL DO PARLAMENTAR:

Marido da senadora Eliziane Gama foi a ponte de apoio para Weverton Rocha

Por Luís Pablo Política
 
Inácio Melo ao lado do senador Weverton Rocha e da sua esposa Eliziane Gama

Inácio Melo ao lado do senador Weverton Rocha e da sua esposa Eliziane Gama

Não é mais novidade para ninguém que o marido da senadora Eliziane Gama foi o responsável pela ida da mulher para fazer parte do grupo que defende a candidatura do senador Weverton Rocha (PDT) ao Governo do Maranhão.

Na Sexta-feira Santa, dia 2, Eliziane declarou apoio a Weverton durante entrevista à TV Mirante. “Entendemos que o nome do Weverton acabou encontrando mais condições. Hoje dentro do partido nós termos ele como pré-candidato”, disse.

A declaração da senadora deu o que falar, isso porque no meio político todos comentam que ela só faz o que é determinado pelo governador Flávio Dino (PCdoB). E como todos sabem, a preferência do governador para lhe suceder é o vice Carlos Brandão.

Ocorre que Flávio não teve nenhuma participação na decisão de Eliziane, o que levou muitas pessoas a acreditar que a senadora mostrou uma independência inédita ao se posicionar em favor de Weverton para 2022.

Nos últimos tempos, Inácio Cavalcante Melo Neto (marido da senadora) tem aparecido como na mídia como a pessoa que “consegue” levar benefícios – por meio de recursos públicos – para alguns municípios do Estado.

De vendedor de roupa falsa (réplica), Inácio Melo começou a ganhar notoriedade no meio político desde que foi apresentado como marido de Eliziane Gama.

Agora ele é chamado de empresário por ter uma empresa como atividade principal o ramo da construção civil, localizada no edifício Marcus Barbosa Intelligent Office, no Calhau, em São Luís-MA. O local também serve para receber políticos e jornalistas alinhados ao seu projeto de ser deputado estadual.

O (agora) empreiteiro se tornou a ponte de apoio para Weverton, que garantiu a força do seu grupo político para o marido da senadora ocupar uma cadeira na Assembleia Legislativa nas próximas eleições.

Aberto o credenciamento para o auxílio emergencial do setor de eventos

Por Luís Pablo Política
 

Começou nesta segunda-feira (5) o credenciamento para o recebimento do auxílio emergencial destinado aos trabalhadores do setor de eventos do estado.

As inscrições devem ser feitas no site da Secretaria de Estado da Cultura. O auxílio consiste em uma parcela única de R$ 600,00 e visa reduzir as dificuldades econômicas enfrentadas pelo setor, com as medidas restritivas adotadas para necessária contenção e prevenção da COVID-19.

De acordo com a Medida Provisória (MP) nº 345/2021 serão considerados trabalhadores de eventos os produtores, promotores (pessoa física), garçons, garçonetes, barmen, barwomen e bartenders, decoradores e floristas, boleiras (os), doceiras (os) e cozinheiras (os), além de cerimonialistas, fotógrafos, membros da produção técnica e DJs.

No edital da Secma consta ainda que os interessados não podem possuir emprego formal ativo na iniciativa e nem possuir cargo, emprego ou função na administração pública.

“Isso é pior que coronavírus”, diz funcionário sobre prefeito de Viana

Por Luís Pablo Política
 

Carrinho Cidreira, prefeito de Viana

Um ex-funcionário da Prefeitura de Viana-MA fez duras críticas ao prefeito Carrinho Cidreira (PL) sobre a situação dos pagamentos da administração pública no município.

Marcelo Airton Oliveira trabalhava como cinegrafista na gestão de Carrinho, mas foi demitido após cobrar ao prefeito os salários atrasados.

Segundo o ex-funcionário, seu salário no valor de R$ 2.500 foi reduzido para R$ 2 mil e desse montante recebeu apenas metade, R$ 1 mil. Ao cobrar o prefeito, ainda ouviu: “Ainda achou pouco? Tá demitido, pode ir pra casa”, teria dito Carrinho ao funcionário.

“Eu fui cobrar, ele ficou bravo e me demitiu. É um miserável, um cabra desses é a pior praga, é pior que o coronavírus, um miserável desses”, desabafou o agora ex-funcionário da Prefeitura.

Marcelo disse ainda que essa não foi a primeira vez que Carrinho recusou fazer o pagamento em sua frente. “Ele dizia que estava mais liso do que tu, então eu saia de boa, guardando mágoa até que não aguentei mais”, contou o cinegrafista.

Não é a primeira vez que funcionários comissionados e contratados da Prefeitura de Viana fazem denúncia sobre a falta de pagamento. Na semana passada, o site do Luis Pablo publicou uma denúncia de que o prefeito tem feito apenas pagamentos de servidores concursados, deixando os comissionados sem receber desde que entrou no cargo, em janeiro deste ano. Reveja aqui.

ALERTA! Golpe via WhatsApp tenta vender vacinas contra a Covid-19

Por Luís Pablo Política
 

Um golpe está sendo aplicado via aplicativo de mensagens WhatsApp prometendo a venda de vacinas da CoronaVac, Pfizer e Janssen para clientes da rede de farmácias Drogasil.

A mensagem com a falsa oferta de imunizantes contém erros de grafia como “Particular” com letra capital no meio da frase e e “Jensen”, quando o correto seria Janssen, vacina que teve o registro aprovado pela Anvisa, mas cuja compra depende do Governo Federal.

É possível identificar na mensagem um contato de telefone com DDD 91, do Pará, e o contato de um homem chamado apenas de Victor Hugo, sem sobrenome, que seria o gerente do setor de vacinas da Drogasil. O número divulgado existe, mas o contato não respondeu às mensagens do Site Luís Pablo.

Outro fator a se considerar sobre o suposto anúncio é que a aplicação de vacinas contra a Covid-19 por empresas privadas está proibida no Brasil. Já a compra é permitida, desde de que todas as doses sejam doadas ao Sistema Único de Saúde – SUS enquanto o Estado Brasileiro não concluir a imunização de grupos prioritários.

 

Prefeito de Pastos Bons pagará quase R$ 300 mil para amigo fazer meios-fios

Por Luís Pablo Política
 

Enoque Mota, prefeito de Pastos Bons

O prefeito de Pastos Bons, Enoque Mota, deu parecer para que a empresa J. W. Sousa Lima Eireli, de propriedade de seu aliado José Wilton Sousa Lima receba a quantia de R$293.477,56 (Duzentos e Noventa e Três Mil e Quatrocentos e Setenta e Sete reais e Cinquenta e Seis Centavos) por serviços de meios-fios e sarjetas.

O extrato do contrato, assinado pelo secretário de Administração do município, Paulo Emílio Alves Ribeiro, e pelo proprietário da empresa, no dia 29 de janeiro deste ano não explicita o tempo de duração do serviço e tão pouco qual o processo licitatório realizado para se chegar no mesmo.

Já no Portal da Transparência da Prefeitura de Pastos Bons, onde essas informações deveriam estar de fácil acesso, não há nenhum registro de contratos ou mesmo de licitações em curso ou anteriores.

Laudo da Sema indica que nenhuma praia de São Luís está própria para banho

Por Luís Pablo Política
 

O mais recente laudo sobre as condições de balneabilidade das praias da  Região Metropolitana de São Luís, divulgado nesta quarta-feira (31), pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema), traz um balde de água fria nos que planejavam aproveitar o mar da Ilha neste feriado.

Segundo o relatório, todos os 14 trechos analisados das praias da Ponta d’Areia, Ponta do Farol, São Marcos, praia do Calhau e Olho d’Água estão sem condições próprias para banho. Apenas seis pontos distribuídos entre as praias dos municípios de São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa estão com condições de serem aproveitados por corajosos banhistas. 

O laudo traz os dados das ações de monitoramento feitas entre os dias 1º e 29 de março deste ano. Segundo a Sema, foram coletadas e analisadas amostras de água em 22 pontos por toda a Ilha, obedecendo os padrões estabelecidos pela Resolução CONAMA nº 274/2000.

Ainda de acordo com a Sema, o período chuvoso registrado em março é parte da causa de tantos pontos estarem com água em péssimas condições de balneabilidade, com uma maior condução de matéria orgânica vinda da lavagem de vias públicas e ricos sendo despejada no mar.

Trechos liberados:

São José de Ribamar – Praia do Meio, próximo ao Kacthus Bar e Restaurante, e lado esquerdo da Av. Ponta Grossa, próximo ao Bar e Restaurante Capiau 2;

Paço do Lumiar – Praia do Araçagy, no lado direito do Rio Urucutiua, em frente ao Bar e Restaurante Rainha; e Praia Olho de Porco, em frente ao Las Vegas Bar e Restaurante;

Raposa – Praia Olho de Porco, próximo à última barraca antes da foz do igarapé do Olho de Porco; Praia do Mangue seco, em frente à Biblioteca do Caranguejo.

Justiça concede saída de Páscoa para 628 presos da Ilha de São Luís

Por Luís Pablo Política
 

A Saída Temporária de Páscoa deste ano contemplou 698 presos do sistema prisional da Ilha de São Luís, nesta quarta-feira (31), que devem retornar às prisões até a próxima terça-feira (6).

A decisão foi tomada pela 1ª Vara de Execuções Penais, e se restringe aos detentos da penitenciária de Pedrinhas. Os presos que não comparecerem no prazo, que termina às 18h do último dia de retorno, serão considerados foragidos da Justiça e perdem benefícios adquiridos com o tempo.

Os presos que foram liberados temporariamente não podem consumir bebidas alcóolicas, portar armas, frequentar bares, festas (proibidas também no âmbito da pandemia) e similares.