Em Balsas, prefeito irá gastar quase R$ 1 milhão com empresa para realização de eventos na cidade

Por Luís Pablo Política
 

Prefeito Erik Augusto

Enrolado em várias licitações milionárias e até com empresas de fachadas, conforme publicou o Blog do Luis Pablo no mês passado (Reveja), o prefeito de Balsas, Erik Augusto, continua focado em gastar dinheiro dos cofres da cidade.

Desta vez, a fortuna será destinada à contratação de empresa que irá executar serviços de organização e realizar de eventos para o município de Balsas.

De acordo com o Diário Oficial do Estado do dia 13 de junho, a empresa C A Kawashima de Oliveira Eireli-ME, localizada em Marabá-PA, vai embolsar exatos R$ 997 mil dos cofres públicos pelo serviço.

Assinado pelo secretário de Finanças, Gestão Tributária e Planejamento, Luiz Pedro Silva Santos, e a representante da empresa, Cinthia Ayako Kawashima de Oliveira, no último dia 11, o contrato será vigente apenas até dezembro de 2018.

Ou seja, de junho a dezembro, serão seis meses de trabalho e, claro, muito evento para fazer valer a grana gasta pela prefeitura.

Fica o alerta aos órgãos de fiscalização!

Veja detalhes do contrato abaixo:

Mulher ataca funcionário da Cemar a pauladas para impedir corte de luz

Por Luís Pablo Polícia
 

Imagem ilustrativa

Imagem ilustrativa

Um caso não muito comum foi registrado no Instituto Médico Legal (IML), na tarde de ontem, dia 13.

Um funcionário da CEMAR (Companhia Energética do Maranhão) solicitou exame de corpo de delito após ser agredido por uma mulher, em São Luís.

Segundo informações, o homem da Cemar estava tentando desligar a luz da residência da mulher, quando foi surpreendido.

A dona da casa, localizada no bairro da Cidade Olímpica, atacou o profissional com um pedaço de madeira. O funcionário da CEMAR foi embora do local sem conseguir realizar o corte da luz. Além de ir ao IML, o homem também registrou a agressão a pauladas na polícia.

IMORAL! Edivaldo permite a contratação de empresas de filhas de secretária

Por Luís Pablo Política
 
Secretária Maluda Fialho e o prefeito Edivaldo Holanda Júnior

Secretária Maluda Fialho e o prefeito Edivaldo Holanda Júnior

Algo de muito imoral vem ocorrendo na Prefeitura de São Luís-MA. E o que é pior: com consentimento do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

Duas filhas da secretária Municipal de Meio Ambiente, advogada Maria de Lourdes Maluda Cavalcanti Fialho, estão faturando na máquina pública.

As empresárias Aline Cavalcanti Fialho Vale e Lia Cavalcanti Fialho Rezende estão recebendo dinheiro público das Secretarias de Saúde e de Obras da Prefeitura de São Luís.

A primeira é dona da empresa DIO-Diagnóstico por Imagem e Oftalmologia LTDA, que também está em nome do médico Rodolfo Leite Alves da Silva. A DIO-Diagnóstico fatura no Hospital Municipal Djalma Marques, o famoso ‘Socorrão’.

A segunda, Lia Cavalcanti, é dona da empresa Maranhão Asfaltos, que também aparece como dono Igor Tavares Vale Alencar. A empresa está faturando na Secretaria de Obras e Serviços Públicos.

O mais curioso é que a empresa Maranhão Asfaltos foi criada em 18/05/2016, quase um mês depois da posse da advogada Maluda Fialho, no dia 11 de abril.

A advogada, só para ressaltar, só se tornou secretária de Meio Ambiente de São Luís depois que o genro, deputado federal Juscelino Filho, garantiu o apoio do DEM à reeleição do prefeito Edivaldo.

A sogra do deputado vira secretária e em seguida as duas filhas têm suas empresas contratadas pela prefeitura. O Ministério Público precisa tomar alguma providência.

Faturamento de Lia Cavalcanti Fialho Rezende:

Faturamento de Aline Cavalcanti Fialho Vale:

SUSPEITA DE LAVAGEM DE DINHEIRO! Veja os depósitos na conta usada por Flávio Dino em 2014, 2015 e 2016

Por Luís Pablo Política
 

O Blog do Luís Pablo divulga abaixo imagens de fortes indícios do governador Flávio Dino (PCdoB) numa verdadeira lavagem de dinheiro que teria ocorrido na sua campanha em 2014. São depósitos da conta de uma empresa usada pelo PCdoB referente aos anos de 2014, 2015 e 2016. Foram R$ 2.890.000,00 de movimentações financeiras.

Os extratos bancários são da empresa Aldo Oberdan Pereira Montenegro-ME, a Aldoimagem, utilizada pelos comunistas para a produção de programas de rádio e TV, além de vídeos da campanha de Flávio.

O próprio proprietário da empresa, Aldo Oberdan Pinheiro Montenegro, revelou que houve lavagem de dinheiro na campanha de Dino. Ele disse que foi usado pelo empresário Carlos Alberto Miranda, amigo pessoal de Flávio Dino e do ex-secretário Márcio Jerry (como mostra as imagens abaixo).

Carlos Alberto em vários momentos com Flávio Dino e Márcio Jerry

Carlos Alberto em vários momentos com Flávio Dino e Márcio Jerry

Carlos Alberto passou a controlar a Aldoimagem depois que recebeu uma procuração de Aldo Oberdan, que só tomou conhecimento da bandalheira após receber, no ano passado, notificação do fisco por conta do não pagamento de impostos. Ele teve seu nome sujo por causa do bando de Flávio Dino.

Aldo Oberdan falou (ouça o áudio aqui) que procurou os responsáveis, mas ninguém resolveu a dívida que está em seu nome. Ele contou também que conversou até com Márcio Jerry sobre o débito.

“Inclusive encontrei uma vez no banco Márcio Jerry, dentro do banco, eu cobrei dele. Aí ele disse ‘não rapaz não posso falar disso aqui, tem câmera e tudo, vai no partido’, nunca fui. Porque fui uma vez e eles não tomaram nenhuma providência”, disse Aldo.

A empresa Aldoimagem – individual e muito pequeno – nunca teve nenhum funcionário e foi criada para serviços de filmagem de eventos, como aniversários e casamentos. Em 2017, a empresa passou por uma transformação de sociedade, mudando de dono e nome.

A Aldoimagem virou “M. A. A. RIBEIRO-ME” e está em nome de Marcos Antonio Aguiar Ribeiro, que trabalha como pintor e estaria sendo usado como uma especie de laranja do empresário Carlos Alberto, o procurador da empresa.

Atualmente, a empresa “M. A. A. RIBEIRO-ME” está localizada numa residência (como mostra a imagem abaixo). O mais grave é que a dona da casa de onde consta o local da empresa nem tinha conhecimento de que seu endereço está sendo usado. O Blog apurou também que ela nem conhece o pintor Marcos Antonio.

É um verdadeiro escândalo!

CLIQUE E VEJA DOCUMENTAÇÃO (LAVAGEM DE DINHEIRO 1)

CLIQUE E VEJA DOCUMENTAÇÃO (LAVAGEM DE DINHEIRO 2)

CLIQUE E VEJA DOCUMENTAÇÃO (LAVAGEM DE DINHEIRO 3)

Jair Bolsonaro chega amanhã ao MA

Por Luís Pablo Política
 
Jair Bolsonaro

Jair Bolsonaro

O deputado federal e pré-candidato a Presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL) desembarca amanhã, dia 14, em São Luís-MA.

O parlamentar, que antes estaria na capital maranhense no dia 16 de junho, antecipou a vinda em dois dias em razão de imprevistos na agenda.

Grupos que apoiam o deputado articulam uma grande recepção. Bolsonaro participará às 15h de um evento no Multicenter Sebrae.

Ex-prefeita de Presidente Vargas é novamente acionada por improbidade

Por Luís Pablo Política
 

Ex-prefeita de Presidente Vargas, Ana Lúcia Cruz Rodrigues Mendes

A Promotoria de Justiça de Vargem Grande ingressou, no último dia 29, com uma Ação Civil Pública por improbidade administrativa contra no período de 2013 a 2016. A ação baseia-se irregularidades na análise da prestação de contas do Fundo Municipal de Assistência Social (FMAS) do exercício financeiro de 2013.

Em setembro do ano passado, a ex-gestora já havia sido acionada pelo Ministério Público por não ter repassado integralmente as contribuições devidas pela prefeitura para o Fundo de Previdência dos Servidores Públicos Municipais de Presidente Vargas (Funpresv). Reveja aqui

Desta vez, de acordo com o relatório do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA), foram realizadas diversas despesas sem licitação, que totalizaram 108.815,31. Com a empresa Hidrata Construções, por exemplo, foram celebrados 17 contratos durante o ano para a locação de veículos, totalizando R$ 51 mil. Já para a aquisição de material de informática, foram firmados oito contratos com a empresa J de Moura e Cia., que totalizaram R$ 32.713,56.

Houve, ainda, a assinatura de seis contratos com o Posto Americano, para aquisição de combustíveis, que resultaram em um prejuízo de R$ 25.101,75 aos cofres municipais.

“Na administração pública, a regra é licitar, garantindo a todos aqueles que reúnem as aptidões necessárias e os requisitos estabelecidos no respectivo edital, iguais condições de concorrerem, evitando-se privilegiar alguns apadrinhados em detrimento de outros”, explica o promotor Benedito Coroba.

O TCE-MA apontou, ainda, irregularidades no pregão presencial n° 20/2013, vencido pela empresa A C S Oliveira Comércio, para fornecimento de gêneros alimentícios. Entre os problemas estão a falta de julgamento e classificação com critério de menor preço, a não publicação do instrumento do contrato, seus aditamentos e compras realizadas na imprensa oficial, além da ausência do termo de recebimento das compras. O contrato de fornecimento de alimentos teve o valor de R$ 198.416,00.

Na Ação, o Ministério Público requer que a Justiça determine, em medida liminar, a indisponibilidade dos bens de Ana Lúcia Mendes, com o objetivo de garantir o ressarcimento aos cofres públicos dos valores gastos indevidamente.

“No caso, houve efetivo dano ao erário, na medida em que a ré, gestora e ordenadora de despesa, ao não promover as licitações, sendo elas obrigatórias, deixou de contratar a melhor proposta, em evidente ausência de competitividade e, consequentemente, prejuízo aos cofres públicos, considerando que as despesas oriundas dos serviços e compras seriam menores em decorrência da competição”, avalia o autor da ação.

Ao final do processo, se condenada por improbidade administrativa, a ex-prefeita Ana Lúcia Cruz Rodrigues Mendes estará sujeita a ressarcir integralmente o dano causado (R$ 307.231,31), perda da função pública, suspensão dos direitos políticos por oito anos, pagamento de multa de duas vezes o valor do dano (R$ 614.462,62), além da proibição de contratar ou receber benefícios do Poder Público pelo prazo de cinco anos.

Parceria com deputado André Fufuca ajudou Moto Club a sair da crise

Por Luís Pablo Política
 

Deputado André Fufuca e o presidente do Moto, Natanael Jr.

O Moto Club passou por uma de suas piores turbulências em 2018. Apesar disso, o time sagrou-se campeão maranhense, segue firma na luta pelo acesso a Série C do Brasileiro e a cada dia fica mais distante da crise.

Para o atual presidente da agremiação, Natanael Jr, muitos foram os parceiros que ajudaram a Papão a sair do lugar de patinho feio do futebol maranhense e ocupar o lugar de time mais vitorioso do futebol maranhense.

O primeiro passo, segundo Natanael Jr, foi reconstruir a harmonia entre conselho e diretoria. Os parceiros externos também ajudaram bastante.

“A torcida foi fundamental nesse processo. Também contamos com a ajuda de gente que, sem exigir vitrine ou contrapartida, fez muito pelo Moto”, disse o presidente rubro-negro.

Natanael Jr afirmou que as ajudas foram desde festas beneficentes promovidas por torcedores, apoio do governo do estado até a ajuda em questões burocráticas. Nesse aspecto, teve destaque a atuação do deputado federal André Fufuca.

O presidente afirmou que meses atrás o deputado ligou expondo preocupação com a situação do time e se colocando colocou-se à disposição. “Depois disso, ele começou a ajudar por conta própria em algumas questões. E esse auxílio foi muito importante para que time começasse a sair da crise”.

Com o Papão a cada dia melhor e vivendo um dos melhores momentos dos últimos anos, a parceria entre Moto Club e Fufuca deve almejar voos mais altos. “O deputado está trabalhando outras possibilidades. Ações que irão nos ajudar ainda mais”, finalizou Natanael Jr.

Obra do segundo trecho da BR-135 começa em julho, diz Sarney filho

Por Luís Pablo Política
 

O deputado Sarney Filho (PV-MA) afirmou nesta segunda-feira (12) que as obras de duplicação da rodovia 135, no Maranhão, serão retomadas no dia 1º de julho, depois de uma reunião de parlamentares da bancada do Maranhão com o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Halpher Luiggi Mônico Rosa.

Acompanharam o deputado os senadores João Alberto (MDB), Edison Lobão (MDB), e os deputados federais, Hildo Rocha (MDB), João Marcelo (MDB), Julião Amin (PDT) e José Reinaldo (PSDB).

De acordo com Sarney Filho, a bancada estava preocupada com a possibilidade de um novo atraso no cronograma de obras, mas o diretor do DNIT garantiu que o governo federal cumprirá a sua parte, iniciando logo a construção do trecho que ligará Bacabal a Miranda do Norte, numa extensão de 60kms.

“O DNIT estava aguardando o término das chuvas para a retomada das obras, tão necessárias para atender uma rodovia que a cada ano tem recebido um tráfego maior, o que torna a situação cada vez mais crítica, com o registro de inúmeros acidentes”, afirmou.

O deputado Hildo Rocha, disse que este trecho da obra irá beneficiar a parte mais crítica da estrada, por onde escoa a produção de grãos da região.

“Nos últimos anos tem sido registrado o aumento de caminhões /ano na 135, por isso não podemos mais esperar”, afirmou.

Fábio Braga lamenta falecimento da sua avó, Irene Ramos

Por Luís Pablo Política
 

O deputado Fábio Braga (SD), na sessão de terça-feira (12), lamentou o falecimento da sua avó Irene Ramos, com 107 anos de idade. Ela deixou filhos, netos, bisnetos e tataranetos.

Em nome da sua mãe e de todos os familiares, o deputado também agradeceu às menções de pesar pelo falecimento da sua avó. O parlamentar frisou ainda a tristeza pela perda da minha amiga Nini Barros, de Vargem Grande. “Para mim, foi um mês de perdas imensas. Eu acredito que, se Deus fez nesse momento, fez na sabedoria e no entendimento de que nós – os familiares – vamos ser confortados pela vontade do Todo Poderoso”, disse.

Fábio Braga acentuou, ainda, que o legado e toda trajetória de sua avó Irene ficará compartilhada entre os amigos, os familiares e todos aqueles que conviveram com ela ao longo desses 107 anos. Ele lembrou que compartilhou boa parte da infância com sua avó, onde aprendeu os sentimentos de gratidão, carinho e afeto às pessoas.

“O falecimento dela não deixa, de maneira alguma, nossa família triste. Deixa uma alegria imensa de ter vivido mais de 100 anos. Deixa o sentimento de que ela cumpriu o seu dever na terra que, ao longo desses 107 anos, criou e viu também partir muitos dos familiares dela”, observou Fábio Braga, saudando, também, todas as pessoas que acompanharam sua avó nos últimos dias de sua vida, dentre eles, os médicos, enfermeiros e todos que prestaram assistência.

Gestora da Sagrima volta a ser alvo de denúncias de servidores

Por Luís Pablo Política
 

Elitania Mendes

A gestora da Unidade de Gestão Atividade-Meio (UGAM), da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima),Elitânia Mendes Pereira, voltou a ser alvo de denúncias de funcionários do órgão.

Em janeiro, servidores afirmavam que Elitânia protagonizava diversos episódios de assédio moral no local e usava a Sagrima em benefício próprio. Reveja aqui

Cinco meses depois, de acordo com a denúncia, a “chefona”, como é conhecido por lá, segue fazendo do órgão o quintal de casa. Várias câmeras foram instaladas para que ela possa monitorar os servidores da própria casa dela ou da sala do marido, que é o atual chefe da Supervisão de informática da Sagrima.

Além disso, o setor financeiro da pasta é administrado pela melhor amiga da gestora, identificada como Fernanda Diniz. Ou seja, tudo de acordo com suas diretrizes.

A Sagrima é comandada desde abril por Edjahilson Souza. Ele substituiu Márcio José Honaiser, que irá disputar uma vaga na Câmara Federal em outubro.

Fica, mais uma vez, o alerta e reclamação sobre a situação enfrentada pelos funcionários.