Veja os carros de luxo da casa de Edinho Lobão chegando na sede da PF

Por Luís Pablo Política
 

Carros de Edinho Lobão entrando na sede da PF no MA

Carros de Edinho Lobão entrando na sede da PF no MA

O site do Luís Pablo recebeu um vídeo em que uma pessoa filma a chegada dos carros de luxos que foram apreendidos hoje, dia 12, na residência do ex-senador Edinho Lobão, em São Luís-MA.

O vídeo mostra dois Porsche e uma Range Rover entrando na sede da Superintendência da Polícia Federal do Maranhão. Além dos veículos, também foi aprendido o helicóptero do ex-senador (veja aqui).

Edinho e seu irmão Márcio Lobão foram alvos da 79ª Fase da Operação Lava Jato, denominada Vernissage. Há indícios de crimes de corrupção, fraudes licitatórias, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Clique e veja:

Desembargador Jaime recebe o gabinete da vice-presidência do TJ-MA

Por Luís Pablo Judiciário
 
Desembargador Jaime Araújo recebendo o gabinete do desembargador José Bernardo

Desembargador Jaime Araújo recebendo o gabinete do desembargador José Bernardo

Nesta manhã, dia 12, o desembargador Jaime Ferreira de Araújo recebeu o gabinete da vice-presidência do Tribunal de Justiça do Maranhão.

A entrega foi feita pelo desembargador José Bernardo, que ocupava o cargo e se aposentará nesta sexta-feira, dia 15.

Jaime Araújo foi eleito vice-presidente do TJ no mês passado. A sua posse ocorrerá na próxima segunda-feira, dia 20.

Atualmente o magistrado é membro da 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão.

Helicóptero na garagem da casa de Edinho Lobão é apreendido pela PF

Por Luís Pablo Polícia / Política
 
Helicóptero na garagem da casa de Edinho Lobão

Helicóptero na garagem da casa de Edinho Lobão

O ex-senador e empresário Edinho Lobão também foi alvo da 79ª Fase da Operação Lava Jato, denominada “VERNISSAGE”, deflagrada nesta manhã.

Os agentes federais fizeram busca e apreensão na casa de Edinho, em São Luís-MA. No local, a PF apreendeu um helicóptero e 3 carros de luxo. Também houve buscas no Sistema Difusora de Comunicação (veja aqui).

A operação mira Edinho e seu irmão Márcio Lobão, ambos filhos do ex-ministro Edison Lobão.

O site do Luís Pablo entrou em contato com o empresário Edinho Lobão, via WhatsApp. Ele estava on-line, mas não respondeu as mensagens para prestar seu esclarecimento sobre o fato.

As investigações encontraram indícios do pagamento de R$ 12 milhões em propinas no esquema montado para fraudar licitações na Transpetro.

O dinheiro desviado dos cofres da subsidiária da Petrobras era ‘esquentado’ por meio da compra de obras de arte e transações imobiliárias.

A PF cita como exemplo “a compra de um apartamento de alto padrão por R$ 1 milhão em 2007, pago em espécie por intermédio de empresa dos investigados e vendido por R$ 3 milhões, em menos de dois anos, valorização não correspondente às condições do mercado imobiliário da época”.

Carros de luxo apreendidos na residência de Edinho Lobão

Carros de luxo apreendidos na residência de Edinho Lobão

Ainda de acordo com a federal, “no caso das obras de arte, tais operações consistiam na aquisição de peças de valor expressivo com a realização de pagamento de quantias ‘por fora’, de modo que não ficassem registrados os reais valores das obras negociadas. Neste caso, tanto o comprador, quanto o vendedor emitiam notas fiscais e recibos, mas declaravam à Receita Federal valores flagrantemente menores do que aqueles efetivamente praticados nas transações”.

Entre valores declarados ao Fisco e os de mercado, praticados nos leilões em Galeria de Arte, verificaram-se diferenças de 167% a 529%. Em operação anterior, na residência de Márcio Lobão, foram encontradas obras de arte que apresentavam variações significativas entre o preço de aquisição declarado e o valor de mercado, em patamares de até 1.300%.

Há indícios de crimes de corrupção, fraudes licitatórias, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

(Informações do Antagonista, com edição deste site)

BOMBA, BOMBA E BOMBA! PF faz operação no Sistema Difusora

Por Luís Pablo Política
 

Sede do Sistema Difusora de Comunicação, em São Luis-MA

Sede do Sistema Difusora de Comunicação, em São Luis-MA

Na manhã de hoje, dia 12, A Polícia Federal, em cooperação com o Ministério Público Federal e a Receita Federal, deflagrou a 79ª Fase da Operação Lava Jato, denominada “VERNISSAGE”.

Cerca de 70 policiais federais e 10 auditores da Receita Federal cumprem 11 mandados de Busca e Apreensão em Brasília/DF (2), São Luis do Maranhão/MA (3), Angra dos Reis (1), Rio de Janeiro (3) e em São Paulo (2).

Os mandados judiciais foram expedidos pela 13ª Vara Federal em Curitiba/PR.

Em São Luís, os agentes federais estão realizando a operação no Sistema Difusora de Comunicação, que embora a concessão pública pertença ao ex-senador Edinho Lobão (MDB), desde as eleições de 2016, o sistema é controlado pelo senador Weverton Rocha (PDT).

O site do Luís Pablo teve acesso ao vídeo (veja abaixo) em que aparece os federais dentro do Sistema Difusora. Como todos sabem, o sistema de comunicação também é comandado pelo advogado Willer Tomaz de Souza, que já foi alvo da PF.

Durante as investigações da Operação Lava Jato, foi identificada uma Organização Criminosa voltada a fraudar o caráter competitivo das licitações mediante o pagamento de propina a altos executivos da Petrobras, bem como a outras empresas a ela relacionadas, como a Transpetro.

Petrobras e Transpetro foram vítimas dessa organização criminosa.

O então diretor da Transpetro, no período de 2003 a 2014, foi indicação política no esquema criminoso que dividia os altos cargos da Petrobras e subsidiárias. Suspeita-se que os contratos celebrados pela Transpetro com algumas empresas teriam gerado, entre os anos de 2008 e 2014, o pagamento de mais de R$12 milhões em propinas pagos a este grupo criminoso.

Após o recebimento desses valores, muitas vezes pagos em espécie, eram realizadas várias operações de lavagem de capitais para ocultar e dissimular sua origem ilícita, especialmente, através da aquisição de obras de arte e transações imobiliárias. Exemplo disso foi a compra de um apartamento de alto padrão por R$ 1 milhão em 2007, pago em espécie por intermédio de empresa dos investigados e vendido por R$ 3 milhões, em menos de dois anos, valorização não correspondente às condições do mercado imobiliário da época.

No caso das obras de arte, tais operações consistiam na aquisição de peças de valor expressivo com a realização de pagamento de quantias ‘por fora’, de modo que não ficassem registrados os reais valores das obras negociadas. Neste caso, tanto o comprador, quanto o vendedor emitiam notas fiscais e recibos, mas declaravam à Receita Federal valores flagrantemente menores do que aqueles efetivamente praticados nas transações.

Entre valores declarados ao Fisco e os de mercado, praticados nos leilões em Galeria de Arte, verificaram-se diferenças de 167% a 529%.

Em operação anterior, na residência do investigado, foram encontradas obras de arte que apresentavam variações significativas entre o preço de aquisição declarado e o valor de mercado, em patamares de até 1.300%.

Há indícios de crimes de corrupção, fraudes licitatórias, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Vereador Álvaro Pires busca melhorias para os ciclistas de São Luís

Por Luís Pablo Política
 

O vereador Álvaro Pires esteve reunido com o secretário municipal de Trânsito e Transportes de São Luís, Cláudio Ribeiro, e o coordenador do Clube Pedal Bike, Denis Veloso, para solicitar o reforço de agentes da SMTT nos passeios noturnos dos ciclistas.

O secretário ouviu atentamente a solicitação apresentada e garantiu que todas as ações que incluem a segurança dos pedestres e dos ciclistas serão apoiadas e mantidas.

O vereador Álvaro Pires ficou satisfeito com o resultado da reunião e destacou que é importante apoiar tais iniciativas. “Esporte e saúde são prioridades, e no que pudermos apoiar vamos estar presentes”, frisou.

Novos secretários são empossados, e Flávio Dino promete mais mudanças

Por Luís Pablo Política
 

Governador promete mais mudanças até o dia 30 de janeiro

Mesmo de férias, o governador Flávio Dino não deixou de atualizar suas redes sociais. Nesta segunda-feira (11), ele anunciou a posse dos três novos secretários estaduais. A solenidade foi virtual e transmitida ao vivo pelas redes sociais do governo do estado.

O deputado federal Márcio Jerry, que já foi secretário de Comunicação, volta ao governo, desta vez assumindo a pasta de Cidades. O também deputado federal Rubens Júnior retorna, mas no comando da Secretaria de Articulação Política, que foi desmembrada da Comunicação. Rubens já foi secretário da Secid.

Rodrigo Lago deixa a Secap para assumir a Secretaria de Agricultura Familiar. Ainda não foi anunciado o titular da Comunicação. “Até o dia 30 de janeiro teremos novas mudanças”, assegurou Flávio Dino.

“Não podemos ser coniventes com essa prática”, diz delegada sobre estupro cometido por médico em hospital

Por Luís Pablo Política
 

Delegada Kazumi informou que as investigações vão continuar

O site Luís Pablo entrou em contato com a coordenadora das delegacias de mulheres do Maranhão, delegada Kazumi Tanaka, para falar sobre o caso de estupro ocorrido no hospital Genésio Rego, onde um médico, que também é policial militar, violentou uma técnica de enfermagem, no último domingo (10).

A delegada Kazumi informou que foi feito o auto de prisão em flagrante delito, e encaminhado ao Judiciário. Informou ainda que as investigações vão continuar, e que serão ouvidas outras testemunhas, reunidos outros elementos de prova. Reforçou que a delegada responsável pelo caso concluirá o inquérito dentro do prazo legal; se o autor estiver preso, em 10 dias.

A delegada Kazumi reforça que a denúncia imediata é fundamental, haja vista que a prova pericial é um dos principais elementos a serem juntados para a comprovação da prática. “O estuprador não denunciado pode fazer mais vítimas, se não houver a busca por sua punição. A mulher pode sofrer severamente com aquele trauma, e que pode se repetir, se não for comunicado às autoridades competentes. Não podemos ser coniventes com essa prática, a partir do nosso silêncio”, frisou.

A delegada lembra que o estupro atormenta ainda a vida de todas as mulheres e meninas. “É uma violência de gênero que infelizmente ainda não conseguimos superar, e que fica muitas vezes oculta em função das vítimas terem medo de denunciar e sofrer algum tipo de retaliação, ou mesmo de serem julgadas pela opinião pública”, concluiu a delegada Kazumi.

Médico e PM estupra técnica de enfermagem em hospital de São Luís

Por Luís Pablo Política
 

Capitão Allan Xavier Dias

Um policial militar identificado como capitão Allan Xavier Dias, de 35 anos, foi preso na madrugada desse domingo (10) por estuprar uma técnica de enfermagem no hospital Genésio Rego, localizado na Vila Palmeira. O oficial também é médico e trabalha na unidade de saúde.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, durante o horário de repouso do plantão médico, o policial teve relação sexual com a vítima, sem o consentimento da mesma. A vítima informou na delegacia que acordou com o médico em cima dela e sem a roupa de baixo. Nesse momento, o policial consumou o ato.

A vítima conseguiu sair correndo depois aos prantos, e avisou o que tinha acontecido à enfermeira de plantão. Posteriormente, foi à Casa da Mulher Brasileira, no Jaracaty, onde registrou a violência sexual.

A Polícia Militar foi acionada e efetuou a prisão do policial ainda no hospital. Ele foi encaminhado à Casa da Mulher Brasileira, onde foi autuado em flagrante e em seguida encaminhado ao presídio do Comando Geral da Polícia Militar, onde permanece detido à disposição da justiça.

O policial é lotado no Centro De Formação e Aperfeiçoamento De Praças da Polícia Militar (CFAP). De acordo com relatos de testemunhas, o policial teria assediado outras mulheres antes de cometer o crime.

 

 

Pacovan é condenado a 10 anos de prisão

Por Luís Pablo Política
 

Pacovan era o líder da quadrilha

O empresário Josival Cavalcante da Silva, mais conhecido como “Pacovan”, e outros 21 réus foram condenados por crimes contra a ordem tributária, lavagem de dinheiro e formação de organização criminosa pela 1ª Vara Criminal da Comarca da Ilha.

O esquema seria praticado por meio de postos de gasolina em São Luís e no interior do Estado, da rede “Nosso Posto”. Pacovan foi apontado como o líder da quadrilha. Entre os condenados estão a ex-companheira de Pacovan, Edna Maria Pereira, e o contador do esquema, José Etelmar Carvalho Campelo. Ambos condenados a oito anos e três meses de reclusão.

No julgamento do caso, o juiz Ronaldo Maciel constatou a existência dos elementos que configuram o crime de organização criminosa identificando os requisitos de “estrutura ordenada, divisão de tarefas, estabilidade e permanência” das práticas delituosas atribuídas ao grupo.

As investigações tiveram início em 2015 e demonstram a existência de movimentações atípicas praticadas pela organização criminosa desde o ano de 2012. Interceptações telefônicas realizadas até 2017 apontaram a existência das condutas praticadas pelos membros do grupo.

O esquema contava com a atuação de profissionais de contabilidade voltada à constituição de empresas em nome de laranjas, que detinham o controle e o conhecimento das irregularidades financeiras ocorridas nas empresas.

Homem é preso por venda de anabolizante em São Luís

Por Luís Pablo Política
 

Suspeito tinha alto padrão de vida

Um homem foi preso na manhã desta sexta-feira (8) por policiais civis, na Vila dos Frades, com uma grande quantidade de anabolizantes. A polícia conseguiu chegar ao suspeito por meio de denúncias.

Nesta sexta, a equipe policial deu cumprimento a um mandado de busca e apreensão, e encontrou uma grande quantidade de anabolizante e materias cirúrgicos na residência do suspeito.

O homem foi encaminhado ao 10º Distrito Policial, no bairro Bom Jesus, e confirmou à polícia que também aplicava a substância nos clientes, chegando a cobrar a quantia de R$ 25 por ml.

Material apreendido na residência do suspeito

A polícia informou que o suspeito não possui nenhum curso na área da saúde, e que o mesmo alegou trabalhar como pintor. No entanto, o titular do 10º DP, delegado David Noleto, disse que o homem tinha um padrão de vida muito elevado, que não condiz com a profissão declarada. O suspeito tinha até um carro de luxo na garagem, e a casa era uma das mais bonitas do bairro.

“O autuado foi preso em flagrante pela prática de crime contra a saúde pública. Quero destacar, que o preso, embora atuasse comercializando e aplicando esteroides anabolizantes, não possui qualquer qualificação na área médica, possuindo apenas o ensino fundamental incompleto. Após o devido procedimento, ele será encaminhado para o Complexo Penitenciário, onde permanecerá à disposição da Justiça. A pena é gravíssima e pode variar de 10 a 15 anos de prisão”, acrescentou o delegado.