Operação Ostentação! Polícia cumpre mandados contra hackers no MA

Por Luís Pablo Polícia
 
Quadrilha operava um sistema de sites falsos

Quadrilha operava um sistema de sites falsos

A Polícia Civil do Estado do Maranhão desencadeou, na manhã desta quarta-feira (19), a Operação Ostentação, que cumpre mandados de busca e prisões em desfavor de um grupo de hackers.

A quadrilha operava um sistema de sites falsos, roubo de senhas bancárias, empréstimos fraudulentos em nome de terceiros, uso ilícito de criptomoedas, além de outros crimes virtuais.

Alguns mandados já foram cumpridos nas cidades de Imperatriz e São Luís. A operação segue em andamento, e já foram aprendidos inúmeros comprovantes bancários, cartões de créditos, documentos falsos, aparelhos de telefone, computadores, valores em dinheiro, jóias e veículos de luxo, assim como alguns indivíduos que já se encontram presos para o procedimento policial.

A operação ocorreu por meio do Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos (DCCT), Laboratório de Tecnologia Contra Lavagem de Dinheiro (LAB/LD), Centro de Inteligência (CIPC), Delegacias Regional de Imperatriz e de Açailândia.

Josimar de Maranhãozinho tenta fazer em São Luís o que faz no interior

Por Luís Pablo Política
 

Blog do Marco D’Éça

Josimar decidiu inventar a candidatura da mulher, Detinha

Josimar decidiu inventar a candidatura da mulher, Detinha

O deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) transformou-se, com a força econômica, em uma das principais lideranças da região cortada pela BR-316, a partir do município que ele incluiu em seu sobrenome político.

Na região da BR, o “Moral” como é conhecido, dominou diversos outros municípios, elegendo e reelegendo prefeitos e vereadores como investimento de poder.

Desde 2018, Josimar tenta fazer no Maranhão, a partir das eleições de São Luís, o mesmo que fez em sua região: impor alianças e tornar candidatos reféns de seus interesses eleitorais.

Assim, vem tentando impor, há mais de um ano, ao também deputado federal Eduardo Braide (Podemos) o seu sobrinho vereador Aldir Júnior (PL) como vice.

Como teria enfrentado resistências, tentou vender o mesmo projeto à base do governador Flávio Dino (PCdoB).

De ontem para hoje, Josimar decidiu plantar na imprensa a candidatura de sua mulher, a deputada estadual Detinha, candidata a prefeita de São Luís.

Josimar de Maranhãozinho sonha em ser governador do Maranhão – e tenta usar sua estrutura econômica para estar em alguma chapa majoritária já em 2022.

Mas seus métodos pouco ortodoxos têm gerado mais desconfiança do que segurança em quem ele cerca.

O que pode transformá-lo em um pária da política…

Pré-candidato Márcio Hominho realizará grande evento de carnaval em Bacuri

Por Luís Pablo Política
 

O jovem empresário e pré-candidato à Prefeitura de Bacuri-MA, Márcio Hominho, vai realizar um grande evento na cidade no período do carnaval.

A festa promovida pelo empresário fará um encontro dos blocos “MH” e “Me Chama Que Eu Vou”. A animação será com as bandas PP Júnior e Dressah, além do DJ Júnior e o Paredão SW e Trio Nen.

A pré-candidatura de Márcio Hominho conta com o apoio do deputado federal Josimar de Maranhãozinho e o deputado estadual Hélio Soares, que contribuíram com a realização do evento.

Polícia Federal alerta STF sobre mensagens com ameaças a ministros

Por Luís Pablo Brasil
 
Ministros do STF

Ministros do STF

A Polícia Federal informou nesta segunda-feira (17) que avisou ao Supremo Tribunal Federal (STF) ter encontrado mensagens na internet com ameaças a ministros do tribunal. Segundo a PF, essas mensagens eram “genéricas” e não apresentaram indícios de que um ataque havia sido planejado.

Mais cedo, nesta segunda, o jornal “Folha de S.Paulo” informou que, no comunicado enviado ao tribunal, a PF informou que os ministros poderiam ser alvos de uma célula terrorista.

Ainda segundo o jornal, a informação chegou ao ministro Alexandre de Moraes, que a repassou a Dias Toffoli, presidente do Supremo.

“Nas últimas semanas, monitoramentos de rotina, realizados pela PF, encontraram trocas de mensagens, via DeepWeb, com ofensas e ameaças a autoridades da República (ministros do Supremo Tribunal Federal). Tais ameaças eram genéricas e não traziam indícios de qualquer planejamento elaborado de possível atentado”, diz um trecho da nota da PF.

“Todavia, cumprindo seu papel institucional e de forma preventiva, a PF informou ao ministro Alexandre de Moraes, no âmbito do Inquérito n.º 4781, sobre a existência de tais mensagens”, acrescentou a corporação.

O inquérito mencionado pela PF foi aberto no ano passado, e Moraes é o relator do caso. O inquérito apura ofensas e ameaças a ministros do STF.

De acordo com a PF, as investigações sobre as mensagens seguem em sigilo e tramitam com o objetivo de identificar os responsáveis pela disseminação do conteúdo.

(Com informações do G1)

INÉDITO! Filho processa o próprio pai por desvios na Prefeitura de Coroatá

Por Luís Pablo Política
 
Pai e Filho

Pai e Filho

Um caso inédito no Brasil aconteceu no município de Coroatá, interior do Estado do Maranhão.

O prefeito da cidade, Luís da Amovelar Filho (PT), ingressou com duas ações judiciais contra seu próprio pai, o ex-prefeito Luís da Amovelar, que administrou o município por dois mandatos (2005-2012).

Nas Ações Civis de Improbidade Administrativa cumuladas com pedido de ressarcimento ao erário, o prefeito revela que “ao assumir a administração deparou-se com irregularidades perpetradas pelo antigo gestor municipal [o seu pai], tal como malversação do dinheiro público e ausência de prestação de contas”.

Entre outas coisas diz ainda que o pai deixou vários “atos administrativos inacabados, dentre os quais inadimplência na prestação de contas de recursos oriundos de convênios com o Governo Federal”.

As irregularidades levaram a inserção do Município no CADIN (Cadastro Informativo dos Créditos Não Quitados do Setor Público Federal), o que impede o município de celebrar convênios com o Governo Federal. As ações são uma tentativa de afastar esse impedimento de receber convênios.

Os problemas são provenientes da não prestação de contas dos convênios para execução do PROJOVEM TRABALHADOR e para Implantação de Sistema de Abastecimento de Água em três bairros e onze povoados. Somados, os dois convênios chegam próximos de R$ 2 milhões.

Amovelar Filho pede a condenação do seu pai/réu a perda de bens ou valores acrescidos ilicitamente ao seu patrimônio, ressarcimento integral do dano causado o erário, suspensão dos seus direitos políticos e a declaração de inelegibilidade, bem como pagamento de multa e a impossibilidade de contratar com o poder público.

CLIQUE E VEJA AS AÇÕES ABAIXO:

PROCESSO 1

PROCESSO 2

Ricardo Murad e FC Oliveira entram em conflito por preço de combustível

Por Luís Pablo Política
 
Prefeito Francisco Nagib e o pai Francisco Carlos de Oliveira em embate no comércio com Ricardo Murad

Prefeito Francisco Nagib e o pai Francisco Carlos de Oliveira em embate no comércio com Ricardo Murad

É grande a briga comercial entre o ex-secretário Ricardo Murad e o empresário Francisco Carlos de Oliveira, pai prefeito de Codó-MA, Francisco Nagib (PDT).

Murad e Francisco Oliveira entraram em conflito por causa do preço de combustível em seus respectivos postos no município de Coroatá-MA.

A briga começou quando o ex-secretário inaugurou, recentemente, seu primeiro posto com o preço do combustível abaixo dos demais. Isso deixou FC Oliveira indignado.

O posto de combustível de Ricardo Murad é o único que tem o preço diferente dos demais. Pessoas mais próximos do ex-secretário informaram ao site do Luís Pablo que ele não quer participar do cartel, que estaria ocorrendo na cidade. Todos os postos em Coroatá têm o mesmo preço de combustível.

Como resposta ao preço que Murad oferece de R$ 4,47 da gasolina comum, o posto de Francisco Oliveira baixou a gasolina para R$ 3,99. Com isso, o ex-secretário usou sua rede social para questionar o porquê de FC Oliveira ter baixado só o preço em Coroatá e deixar a cidade Codó com o valor de R$ 4,85.

VEJA ABAIXO:

Reajuste abusivo de Edivaldo Holanda Jr. no transporte público começa amanhã

Por Luís Pablo Política
 
Edivaldo Holanda Júnior

Edivaldo Holanda Júnior

Os usuários do transporte público de São Luis-MA vão começar, a partir de amanhã (16), a sentir no bolso o aumento das passagens.

O prefeito reeleito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) vai deixar o cargo botando para arrebentar com a população carente, que ficou revoltada com o anúncio do reajuste.

A tarifa das linhas integradas, que atualmente está em R$ 3,40 vai para R$ 3,70 e não integradas passarão de R$ 2,95 para R$ 3,20.

O aumento das passagens de ônibus foi visto como um desrespeito aos trabalhadores e estudantes.

Nem aí, Edivaldo sequer se pronunciou sobre o reajuste abusivo.

Justiça condena delegado à perda do cargo no Maranhão

Por Luís Pablo Polícia
 
Tiago Bardal depôs na sede da Superintendência de Combate à Corrupção (Seccor) em São Luís

Tiago Bardal depôs na sede da Superintendência de Combate à Corrupção (Seccor) em São Luís

A Justiça do Maranhão condenou Tiago Bardal, ex-superintendente titular da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC) à perda do cargo de Delegado da Polícia Civil do Maranhão (PC-MA). Bardal foi expulso do cargo por responder a um processo administrativo dentro da corporação.

Tiago Bardal ainda foi condenado há dois anos de reclusão e três meses de detenção, pelos crimes de apropriação indevida e prevaricação. Segundo a decisão assinada pelo juiz Francisco Ferreira de Lima, a pena privativa de liberdade foi convertida em restritiva de direitos.

De acordo com o Ministério Público do Maranhão (MP-MA), responsável por apresentar a denúncia, uma delegada da Polícia Civil que assumiu o cargo de superintendente no lugar de Bardal, encontrou documentos deixados por ele e que indicavam que ele praticava delitos quando exercia o cargo na SEIC.

A partir disso, o delegado-geral da Polícia Civil iniciou uma investigação em um auto de prisão em flagrante por contrabando de cigarros contra Egildo Silva Campos, conhecido como ‘Diabo Louro’, em dezembro de 2016, no município de Viana, cidade a 217 km de São Luís. A carga foi avaliada em R$ 273 mil reais.

Em depoimento à polícia, o delegado regional de Viana confirmou que no mesmo mês, recebeu um telefonema de Tiago Bardal informando sobre a prisão do suspeito. Na ligação, o ex-superintendente pediu ao delegado que ‘não tomasse nenhuma providência’, pois poderia prejudicar a investigação de um caso mais complexo que estava sendo realizada por ele.

Preso por contrabando

Tiago Bardal era superintendente de investigações criminais – um dos cargos mais altos da Polícia Civil – quando foi preso pela primeira vez em fevereiro de 2018, suspeito de envolvimento com uma quadrilha de contrabandistas que atuava em São Luís.

Depois de três meses ele foi solto para responder em liberdade, mas voltou a ser preso meses depois, junto com outros investigados de São Luís e Imperatriz, por suspeita de extorquir dinheiro de assaltantes de banco para facilitar as ações dos criminosos no Maranhão.

De acordo com as investigações, os casos de extorsão começaram em 2015, quando Tiago Bardal era o delegado-chefe do setor de inteligência da polícia em Imperatriz. Segundo a Secretaria de Segurança do Maranhão (SES), o valor negociado seria em torno de R$ 100 mil por mês para proteger a maior quadrilha de assaltantes de banco com atuação no Maranhão, Pará e Tocantins. Bardal também responde ao caso da prisão em flagrante por contrabando de cigarros.

Em abril de 2019, Tiago Bardal foi expulso pelo Conselho da Polícia Civil do Maranhão por responder a processo administrativo dentro da instituição. Dois meses após a expulsão, o governador Flávio Dino, assinou a saída dele da Polícia Civil.

VÍDEO-BOMBA! Braço direito do prefeito de Coroatá agride esposa

Por Luís Pablo Crime
 
Empresário Marola e o prefeito Luís da Amovelar

Empresário Marola e o prefeito Luís da Amovelar

Edmar Rios, mais conhecido como Marola, foi flagrado agredindo sua esposa há poucos dias atrás. Ele é “braço direito” do prefeito de Coroatá-MA, Luís da Amovelar Filho, e fatura alto em cima de contratos com a prefeitura.

A equipe de reportagem do site do Luís Pablo obteve o vídeo com exclusividade. Nas imagens o agressor aparece batendo a porta do carro contra a vítima e tentando tirar ela à força do veículo.

O crime aconteceu após desentendimento no posto de combustível do empresário Vitinho, localizado naquele município. Imagens das câmeras de seguranças do local podem ajudar a dar detalhes sobre as agressões.

O diretor do Instituto de Previdência do Município – IPM, Dió Filho, e o assessor da Secretaria de Comunicação, Daniel Veras, presenciaram tudo. No vídeo eles aparecem tentando conter as agressões.

Samyra, esposa do agressor, é uma jovem enfermeira e filha de Orivaldo “Parente”, Oficial de Justiça e um dos maiores empresários da cidade.

Segundo informações, não é a primeira vez que agressões dessa natureza acontecem.

A Lei Federal n° 13.340/2006, conhecida como “Lei Maria da Penha”, tem como objetivo principal estipular punição adequada e coibir atos de violência doméstica contra a mulher.

Além da possibilidade de medida protetiva, que obriga o agressor a se afastar do convívio com a vítima, a lei prevê de 3 meses a 3 anos de detenção como pena para o autor do crime.

A Polícia Civil, o Ministério Público e a OAB devem acompanhar o caso.

CLIQUE E VEJA:

DIREITO DE RESPOSTA:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Eu, Samyra Yasmir Miranda Rodrigues, que fui citada neste blog, na postagem por supostamente ter sido agredida por meu companheiro, Edmar Rios (Marola), venho a público esclarecer que:

A discursão que foi filmada em um local público se deu há dois finais de semana atrás, um domingo, quando nós dois estávamos em um momento de lazer e que após alguns acontecimentos, acabamos discutindo. Acabei ficando nervosa e entrei no veículo para ir embora e como eu estava alterada, Marola foi apenas tentar me acalmar e me tirar do veículo para que eu não saísse dali no estado em que eu me encontrava, eu relutei e foi apenas isso, logo após seguimos cada um para sua casa. Aproveito para afirmar que Marola jamais tentou me agredir, sempre me respeitou como mulher, mesmo eu passando dos limites algumas vezes, chegando até a o agredir, como tentei fazer no dia da filmagem.

Peço desculpas a toda minha família e a familia de Marola pela exposição, jamais imaginei que isso poderia ir tão longe e peço ao blog que publique esta nota.

Samyra Yasmir

Ricardo Rios acompanha prefeito de Morros em secretarias do Estado

Por Luís Pablo Política
 

O deputado estadual Ricardo Rios (PDT) foi recebido na última terça-feira, na companhia do prefeito Sidrack, de Morros, em secretarias estaduais para tratar de questões de relevância para a população do município.

“Foram encontros importantes no sentido de viabilizar melhorias na cidade com a qual, mais que uma parceria política, tenho imenso carinho”, disse Rios.

De olho na educação morruense, Ricardo Rios e Sidrack mantiveram audiência com o secretário estadual de Educação, Felipe Camarão, no sentido de garantir aos estudantes de Morros mais unidades do Escola Digna.

Programa revolucionário, o Escola Digna recupera escolas da zona rural, substituindo estruturas precárias por instalações modernas e confortáveis. Ainda na área da Educação, entrou em pauta a reforma e ampliação de escolas do estado na cidade.

Para discutir questões de saúde pública, o deputado e o prefeito conversaram com o secretário de Saúde do Estado, Carlos Lula. A boa notícia é que, através de emenda que contou com o empenho também do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto, a cidade ganha uma nova ambulância.

Já em atenção ao forte potencial turístico da região e da melhoria das condições de vida de boa parte da população, Rios e Sidrack trataram do projeto de urbanização do Rio Una, em convênio com o governo estadual.

“São ações importantes, que, temos certeza, serão muito bem recebidas pela p opulação”, disse Rios, que esteve ainda reunido com o secretário de articulação política, Rodrigo Lago.