Prefeito de Poção de Pedras recebe recomendação do MP para exonerar servidores em situação de nepotismo

Por Luís Pablo Política
 

Prefeito Júnior Cascaria

O Ministério Público do Maranhão expediu Recomendação, em 11 de julho, ao prefeito de Poção de Pedras, Augusto Inácio Pinheiro Júnior, para que efetue a exoneração, no prazo de 10 dias, de todos os ocupantes de cargos comissionados e afins que estejam em situação de nepotismo na administração municipal.

A medida atinge também os servidores com função de confiança, função gratificada e contratos temporários que sejam cônjuges ou companheiros ou detenham relação de parentesco consanguíneo, até o terceiro grau, com o prefeito, vice-prefeito, secretários, chefe de gabinete, procurador-geral do município, vereadores ou de servidores detentores de cargos de direção, chefia ou assessoramento.

O gestor igualmente deve se abster de nomear, contratar e manter pessoas que se enquadrem nos referidos casos. A manifestação ministerial foi expedida pela promotora de justiça Raquel Madeira Reis.

Também foi recomendada a exoneração, no mesmo prazo, de ocupantes de cargos políticos em que não haja comprovação da qualificação técnica para o desempenho da função.

Augusto Inácio Pinheiro Júnior deve, ainda, remeter, no prazo de 10 dias, após o término dos prazos concedidos, cópias dos atos de exoneração e de rescisão contratual dos servidores que se enquadram nas hipóteses elencadas.

Em caso de não acatamento da Recomendação, o Ministério Público do Maranhão adotará as medidas legais necessárias para assegurar a implementação das providências sugeridas, inclusive o ajuizamento de Ação Civil Pública.

Graves acidentes de trânsito são registrados nesta manhã na capital

Por Luís Pablo Política
 

Dois graves acidentes foram registrados na manhã desta segunda-feira,17, na capital.

Um em frente ao Ministério da Fazenda, localizado no Canto da Fabril no Centro da capital e outro na Avenida Aririzal, entre a Cohama e o Turu.

Uma S10 verde, um palio, uma motocicleta e um ônibus se envolveram no acidente do Centro .Não há informações de óbito, porém o motociclista foi recolhido do local em estado grave.

Já no Aririzal, um veículo derrubou um motociclista que ficou com fraturas em estado grave. O Corpo de Bombeiros foi acionado para ajudar a retirar as vítimas do veículo.

Por conta dos acidentes, o trânsito ficou lento em ambos os locais.

Jovem é presa furtando produtos no Mateus do Shopping do Automóvel

Por Luís Pablo Crime
 

Uma jovem de 18 anos foi presa por volta das 11h30 da manhã deste sábado,15, por policiais, após seguranças do supermercado Mateus acionarem a guarnição relatando que havia uma pessoa detida nas dependências do supermercado.

Thamires Leite Oliveira furtou vários produtos e foi pega em flagrante pelos funcionários.

Após o procedimento, ela foi apresentada no plantão policial. A mulher já possuía passagem por tráfico de droga.

Grave acidente envolvendo quatro veículos deixa trânsito lento no Cohafuma

Por Luís Pablo Política
 

Uma colisão envolvendo quatro veículos, ocorreu na noite deste sábado (15), nas proximidades do posto Moraes Center, no Cohafuma.

De acordo com informações, o condutor do veículo corola de placas OJJ 9387 tentou atravessar o canteiro central, colidindo bruscamente em três veículos que vinham sentido vinhais/Cohafuma.

Apesar da violência do impacto, ninguém morreu.  Algumas pessoas ficaram gravemente feridas, sendo necessário a presença de uma ambulância do SAMU no local.

Um veículo Toro, um Hb20 e um Sandero também foram atingidos no acidente.

Veículo corola envolvido no acidente

ÉGUAS! Flávio Dino é flagrado dirigindo sem cinto de segurança

Por Luís Pablo Política
 
Flávio Dino dirigindo sem cinto de segurança em Imperatriz-MA

Flávio Dino dirigindo sem cinto de segurança em Imperatriz-MA

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) foi flagrado supostamente cometendo uma infração ao Código de Trânsito Brasileiro, conforme mostra as imagens acima e abaixo.

O flagrante foi feito na noite deste sábado (15), por um cinegrafista amador, em uma via bastante movimentada em Imperatriz, que é a segunda maior cidade do Maranhão.

As imagens foram obtidas pelo Blog do Neto Ferreira e mostram o governador transitando pelas ruas. É possível observar que o governador não está usando o cinto de segurança.

Valor da Multa Sem Cinto

Além de ser considerada uma infração grave, o valor da multa sem cinto é de R $ 195,23 e retenção de documento. A falta de cinto de segurança resulta na perda de 5 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Se fosse um cidadão sem cargo público, a Polícia Militar multava e rebocava o veículo. Mas, como é o governador do Estado – que deveria dar exemplo, não acontece nada. Uma vergonha!

Flávio Dino tenta acabar com briga entre Portela e Jerry, mas não consegue

Por Luís Pablo Política
 
Márcio Jerry e Jefferson Portela continuam em conflitos

Márcio Jerry e Jefferson Portela continuam em conflitos

O governador Flávio Dino (PCdoB) parece que perdeu o controle dos seus principais secretários.

Flávio não consegue encerrar uma confusão que vem acontecendo há tempos entre Márcio Jerry (Articulação Política/ Comunicação) e o delegado Jefferson Portela (Segurança Pública).

Jerry e Portela vivem em constante conflito. Os dois estão em guerra e já não escondem mais de ninguém. Isso tem, inclusive, gerado um desgaste no governo.

A mais recente confusão foi quando Márcio colocou Portela como candidato a deputado estadual na nominata do PCdoB. O secretário de Segurança é candidato a deputado federal, assim como Jerry. Reveja aqui.

A classe política já comenta que o atual governo está muito parecido com o governo Roseana, que tinha várias ilhas (mais de um governador) atrapalhando a governabilidade.

MP solicita regularização do Portal da Transparência de Cantanhede e Matões

Por Luís Pablo Política
 

Prefeito Ruivo Cantanhede

A Promotoria de Justiça da Comarca de Cantanhede, ajuizou, em 6 de julho, uma Ação Civil Pública contra o Município de Cantanhede e outra contra Matões do Norte (termo judiciário da referida comarca), pedindo a regularização do Portal da Transparência já implantado em ambos os municípios.

Nas ações, formuladas pelo promotor de justiça Tiago Carvalho Rohrr, o Ministério Público pede à Justiça que conceda medida liminar, obrigando os Municípios a regularizar as pendências encontradas na página eletrônica. A regularização deve ser concluída no prazo de 60 dias.

Nas ações, foram solicitadas a disponibilização, nos portais, de informações sobre registro de competências e estrutura organizacional; informações atualizadas sobre procedimentos licitatórios, incluindo editais, contratos e resultados; dados atualizados de programas, ações, projetos e obras; informações sobre audiências públicas, consultas públicas e outras formas de participação popular e informações sobre Plano Plurianual (PPA), Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e Lei Orçamentária Anual (LOA), além de relatórios de gestão fiscal, prestações de contas com o respectivo parecer prévio.

Prefeito Padre Domingos

Também foram pedidas a implementação de mecanismos que possibilitem acompanhamento em tempo real de informações sobre execução orçamentária e financeira e a manutenção das informações disponíveis para acesso aos conteúdos do site.

Outro pedido se refere à disponibilização de ferramentas que garantam a acessibilidade às pessoas com deficiência.Pedido é referente aos sites de Cantanhede e Matões do Norte

A Promotoria de Justiça da Comarca de Cantanhede, ajuizou, em 6 de julho, uma Ação Civil Pública contra o Município de Cantanhede e outra contra Matões do Norte (termo judiciário da referida comarca), pedindo a regularização do Portal da Transparência já implantado em ambos os municípios.

Nas ações, formuladas pelo promotor de justiça Tiago Carvalho Rohrr, o Ministério Público pede à Justiça que conceda medida liminar, obrigando os Municípios a regularizar as pendências encontradas na página eletrônica. A regularização deve ser concluída no prazo de 60 dias.

Nas ações, foram solicitadas a disponibilização, nos portais, de informações sobre registro de competências e estrutura organizacional; informações atualizadas sobre procedimentos licitatórios, incluindo editais, contratos e resultados; dados atualizados de programas, ações, projetos e obras; informações sobre audiências públicas, consultas públicas e outras formas de participação popular e informações sobre Plano Plurianual (PPA), Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e Lei Orçamentária Anual (LOA), além de relatórios de gestão fiscal, prestações de contas com o respectivo parecer prévio.

Também foram pedidas a implementação de mecanismos que possibilitem acompanhamento em tempo real de informações sobre execução orçamentária e financeira e a manutenção das informações disponíveis para acesso aos conteúdos do site.

Outro pedido se refere à disponibilização de ferramentas que garantam a acessibilidade às pessoas com deficiência.

Por falta de lençol, criança é embrulhada com sacos de lixo em hospital de Balsas

Por Luís Pablo Política
 
Criança enrolada com sacos plásticos

Criança enrolada com sacos plásticos

Uma criança de cinco anos de idade foi vítima do descaso existente na saúde pública da cidade de Balsas. O pai da criança que é morador do bairro São Felix informou que esteve com o filho no hospital no último dia 2 de julho em busca de atendimento, uma vez que, a criança estava com dificuldade na respiração.

O caso ocorreu no Hospital Balsas Urgente, atualmente administrado pelo governo municipal. O garoto chegou ao local trêmulo de frio e logo foi encaminhado para a sala de emergência.

Para a surpresa da família, após o médico solicitar cobertores ou lençóis para os enfermeiros, foi informado que não havia material do tipo no hospital.

Uma funcionária dos serviços gerais vendo a situação disponibilizou dois sacos plásticos para o médico, que então, cobriu a criança.

O pai do menor, indignado, lamentou ao ver o filho enrolado com sacos plásticos como se fosse algum objeto. De acordo com informações, será aberto uma sindicância para apurar as irregularidades no hospital.

O prefeito Dr.Erik, que é medico, não se pronunciou sobre o ocorrido.

prontuário de atendimento

 

Prefeitura de Cachoeira Grande vai gastar quase um milhão com locação de veículos

Por Luís Pablo Política
 
Prefeito Antonio Ataide Matos de Pinho (Tonhão)

Prefeito Antonio Ataide Matos de Pinho (Tonhão)

A Prefeitura de Cachoeira Grande-MA fez uma contratação quase que, milionária, envolvendo duas empresas para garantir os serviços de locação de veículos para transporte escolar no município.

A empresa Coopevale Cooperativa de Transporte Alternativo Escolar vai abocanhar a quantia de R$ 795.600,00 (Setecentos e noventa e cinco mil e seiscentos reais) e a empresa G.C.S equipamentos e construções a quantia de R$ 191.250 (cento e noventa e um mil, duzentos e cinquenta reais).

O município de Cachoeira Grande fica localizado há 92 quilômetros da capital maranhense e possui pouco mais de oito mil habitantes, tendo assim número mínimo de estudantes.

O contrato foi assinado no dia 12 de junho entre o prefeito Antonio Ataide Matos de Pinho e os representantes das empresas Maxwell Mendes Oliveira e Guttemann Coelho de Sousa.

Delegado preso por formação de quadrilha no Maranhão é investigado por novas denúncias

Por Luís Pablo Polícia
 
Delegado Tiago Felippini

Delegado Tiago Felippini

(Com informações do G1MA)

A Polícia Civil investiga novas denúncias contra o delegado Tiago Felippini, preso há 15 dias por suspeita de corrupção e formação de quadrilha em Açailândia, pa 600 km de São Luís. De acordo com as novas acusações, o delegado é suspeito de coagir açougueiros, comerciantes e vaqueiros do município obrigando-os a vender e comprar carne para um único frigorifico.

As denúncias foram feitas inicialmente na Secretaria do Meio Ambiente da Açailândia e em seguida foram encaminhadas para a 9ª Delegacia Regional de Açailândia, que abriu inquérito sobre o caso.

Em todos os dez depoimentos colhidos, os denunciantes afirmam que eram obrigados e ameaçados a comprar carne de apenas um frigorifico.

De acordo com os relatos, Tiago era sempre visto em dias de matança e estaria fazendo uma espécie de escolta particular usando carros da Polícia Civil para os proprietários dos frigoríficos.

Segundo um açougueiro, que não quis se identificar, afirma que o delegado fazia fiscalizações frequentes no mercado municipal exigindo notas fiscais das mercadorias.

“Tiveram uns que foi pego e foram subordinados e tiveram a mercadoria levada porque ele estava matando na moita. Todo mundo tinha que matar em um matadouro particular, pagando um preço alto e então não tem como você baixar a carne para vender por um preço mais barato porque a despesa é alta”, conta.

Foram presos além do delegado titular, uma escrivã, um agente da Polícia Civil, um ex carcereiro, além de um advogado, que não tiveram seus nomes divulgados. Enquanto os servidores não forem substituídos, o 1º distrito policial de Açailândia, deve permanecer fechado.

Segundo Camila Gaspar, promotora de justiça responsável por encaminhar o primeiro inquérito a polícia, as denúncias podem resultar em novas ações penais que podem dificultar a revogação das prisões do delegado e da equipe da Polícia Civil mantidos na custódia.

“Doutor Ronaldo Maciel, que é juiz da 1ª vara criminal, deve ter ponderado muito todos os fatos narrados e todas as provas aproveitadas e apresentadas. Se ele decretou [a prisão] é porque ele ficou bastante convencido da necessidade da medida. Agora nós sabemos que tem outra possibilidade de outra instância rever, que é o segundo grau do judiciário, a gente sabe que ninguém está livre disso”, explica.

Camila afirma que o Ministério Público já solicitou para a Secretaria de Segurança Pública do estado a lotação de novos servidores para que a delegacia seja reaberta o mais rápido possível.

“Eu estive na passada com o Secretário de Segurança, junto com o meu Procurador-Geral, eu conversei com o procurador, sobre essa situação e ele pediu uma reunião com o secretário de segurança. Nós estivemos na procuradoria geral e ele se comprometeu de lotar uma equipe urgentemente em Açailândia”, finalizou.