Em Jatobá, prefeitura vira cabide de emprego de familiares da prefeita

Por Luís Pablo Política
 

Prefeita Consuelo Lima empregou vários parentes na prefeitura.

Seguindo os passos de várias cidades do interior do Maranhão, a cidade de Jatobá tem servido de cabide de empregos para os parentes do prefeita. Reeleita para o cargo em outubro de 2016, a prefeita Consuelo Lima não tem se preocupado muito com a lei e o nepotismo vem sendo praticado sem nenhuma vergonha no município.

De acordo com informações repassadas ao Blog do Luis Pablo, atualmente marido, mãe, filhos, irmãos, cunhados, primos e tios de Consuelo ocupam cargos na administração pública de Jatobá.

Feliciana Lima e José Genésio Lima, dois irmãos da prefeita, por exemplo, chegam a ocupar vários cargos.

A irmã, é supervisora escolar, cargo que ocupou mesmo morando em São Luís quando estudava Odontologia, professora e agora também é dentista do município. O Genésio, além de professor das redes estadual e municipal, é coordenador-geral da educação e secretário geral da Câmara.

O marido da prefeita, Antenor Alencar, é Procurador Geral do Município. Ainda há suspeitas de que o mesmo possui sociedade oculta com empresários de Colinas que detém os serviços de limpeza, obras e contabilidade de Jatobá. Se
isso for comprovado, o caso é sério e, principalmente, ilegal.

O filho desfila pela cidade em carro de luxo e participa de vários Rally pelo país com uma motocicleta avaliada em mais de R$ 30 mil.

A situação tem incomodado a população Jatobaense que têm sofrido com os péssimos serviços realizado na maioria das áreas pela atual administração enquanto os parentes da prefeita vem tendo uma vida bem confortável graças aos cargos garantidos na prefeitura.

Fica o alerta ao Ministério Público do Estado para que investigue a farra de nepotismo na cidade e todas as demais irregularidades que estejam sendo cometidas com o dinheiro público pela atual administração.

Confira abaixo a lista com alguns dos parentes da prefeita que trabalham NA Prefeitura:

Prefeito de Cantanhede é novamente acionado por improbidade administrativa

Por Luís Pablo Política
 

Prefeito de Cantanhede Marco Antônio

O Ministério Público do Maranhão ajuizou, novamente, Ação Civil por ato de improbidade administrativa contra o prefeito de Cantanhede, Marco Antônio Rodrigues. Há menos de um mês, ele também já havia sido acionado por irregularidades em um processo licitatório realizado em 2012. Reveja aqui

Agora, além do gestor, o ex-presidente da Comissão Permanente de Licitação, Nelio da Paz Muniz Barros Junior, e a empresa E. de J.S.Santos-ME, contratada irregularmente para produzir informes para televisão com vinheta de abertura para o município, também foram acionados.

A licitação irregular foi realizada em 2011. À época, Marco Antônio Rodrigues era secretário municipal de Governo e a empresa venceu o certame com valor de R$ 126 mil.

Ao avaliar os documentos do procedimento licitatório, o MPMA constatou uma série de irregularidades: inexistência de pesquisas de preço; não comprovação de recursos orçamentários; publicidade insuficiente, ou seja, falta de publicação do edital em jornal de grande circulação; inserção de documentos de habilitação em momento posterior à licitação; falta de elaboração de parecer técnico/jurídico; não atendimento da legislação específica para contratação de serviços de publicidade e propaganda.

O promotor de justiça Tiago Carvalho Rohrr, autor da ação, destaca que Nelio Barros Junior praticou os atos de abertura e julgamento das propostas da licitação e a homologação e assinatura do contrato foi feita por Marco Antônio Rodrigues.

A Promotoria de Justiça de Cantanhede pediu ao Poder Judiciário que os requeridos sejam condenados por improbidade administrativa, estando sujeitos a ressarcimento integral do dano, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos, pagamento de multa civil e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente.

Luciano acaba o coronelismo de Fernando Furtado com os pescadores de Pinheiro

Por Luís Pablo Política
 
Nova presidente Fabrícia Lorena ao lado do seu apoiador, prefeito Luciano

Nova presidente Fabrícia Lorena ao lado do seu apoiador, prefeito Luciano

O prefeito Luciano Genésio acabou com a ditadura no Sindicato dos Pescadores de Pinheiro-MA e libertou a classe que sofreu durante 10 anos nas mãos do deputado Fernando Furtado.

Conhecido como o coronel dos pescadores, Furtado mandava e desmandava na colônia. Mas ontem, dia 4, ele foi derrotado junto com sua candidata Doraci Ribeiro Silva.

A maioria escolheu Fabrícia Lorena Melo Durans, que venceu por 963 a 374 dos votos. A nova presidente da instituição recebeu o forte apoio do prefeito Luciano, que acompanhou a apuração dos votos e aproveitou para parabenizar Fabrícia Lorena pela gloriosa vitória.

“A esperança venceu o medo dentro do sindicato e agora se inicia uma nova história para os sócios pescadores”, disse o prefeito Luciano Genésio.

Deputado Toca Serra recebe apoio de pastores da Área Itaqui Bacanga

Por Luís Pablo Política
 
Toca Serra com lideranças evangélicas

Toca Serra com lideranças evangélicas

O deputado estadual Toca Serra recebeu mais um importante apoio à sua campanha eleitoral deste ano.

No último fim de semana, o parlamentar se reuniu com os pastores da área do Itaqui Bacanga. As lideranças evangélicas se comprometeram em apoiar o deputado.

Toca Serra ouviu a declaração de apoio do pastor Luiz Carlos, da irmã Luciana (dirigente da Igreja Assembleia de Deus, da Vila Verde), do pastor Raimundo Expedito (Igreja Batista Centenário, do Anjo da Guarda) e do pastor James Costa (Igreja Assembleia de Deus Pentecostal Renovada, da Vila Embratel).

Com à adesão, o deputado Toca Serra segue firme com seu projeto político.

SET se manifesta após aumento no valor do transporte em São Luís

Por Luís Pablo Cidade
 

O Sindicato das Empresas de Transporte (SET) se manifestou, neste sábado (03), quase duas semanas depois do reajuste das passagens, sobre as novas tarifas do transporte público.

Por meio de nota Pública, o SET explica os processo licitatório realizado em 2016 e revela problemas causados pela prefeitura de São Luís.

“A decisão de colocar todo o custo do sistema apenas para os usuários, sem qualquer tipo de subsídio, caberia à Prefeitura de São Luís, e não às empresas concessionárias de São Luís, que buscam somente o equilíbrio econômico do contrato.”, diz trecho da nota.

Ainda segundo o SET, A postura do Município ao longo dos primeiros dezesseis meses de contrato com as concessionárias criou um abismo entre a receita e o custo do sistema de transporte de São Luís

Veja a nota completa abaixo:

NOTA DE ESCLARECIMENTO AO PÚBLICO

Sobre o último reajuste tarifário, o SET – Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís e Concessionários tem a esclarecer o que se segue:

1 – Na licitação realizada em maio de 2016, foi alterada a forma de remuneração (pagamento) das concessionárias de transporte pelo município de São Luís, passando a ser calculada pela TARIFA DE REMUNERAÇÃO DO CONTRATO (Art.32 do Decreto 47.873 de 15/3/2016, e item 4.3 a 5.5 dos Contratos de Concessão) que é o valor necessário para cobrir todos os custos do Sistema de Transporte. Neste valor estão inclusos serviços que eram custeados, anteriormente, pelo Município de São Luís, como por exemplo: Terminais de Integração e Bilhetagem Eletrônica, além de acessórios previstos no projeto, como ar-condicionado nos novos veículos, GPS etc. Esta mesma licitação previu que a TARIFA DE REMUNERAÇÃO poderia ser composta pela passagem paga pelos usuários (TARIFA PÚBLICA, hoje em R$ 2,70 e R$3,10) e ser complementada pelo Município (subsídio), solicitado pelas concessionárias com o valor de R$ 0,75(setenta e cinco centavos).

2 – Em resumo: a tarifa cobrada do público poderá até ser menor que a tarifa de remuneração. Dizer que os empresários pressionam para aumentar a TARIFA PÚBLICA, seria desconhecer a legislação e as cláusulas contratuais, demagogia, pois as duas partes: contratante e contratados, têm as suas responsabilidades definidas e o município deveria zelar pelo equilíbrio econômico-financeiro dos contratos. A decisão de colocar todo o custo do sistema apenas para os usuários, sem qualquer tipo de subsídio, caberia à Prefeitura de São Luís, e não às empresas concessionárias de São Luís, que buscam somente o equilíbrio econômico do contrato.

3 – A verdade dos fatos, sem distorções, é que os investimentos feitos nos novos ônibus, todos climatizados, que servem a população, foram superiores a noventa milhões de reais, que resultaram em mais de 200 ônibus novos em apenas um ano. O investimento foi feito por meio de financiamentos, que serão pagos com o equilíbrio do contrato (receita do sistema tal qual foi prevista na licitação). Isto não ocorreu: como resultado, as concessionárias estão com parcelas em aberto em vários bancos, dentre eles: Banco Mercedes, Banco Volvo, Banco Volkswagen, Caixa Econômica, Banco Moneo, BNB e outros, que deram crédito às concessionárias, CONFIANDO nos PLANOS DE NEGÓCIOS apresentados pelas concessionárias e aprovados pelo Município. Estes ônibus não são da Prefeitura, nem das concessionárias, mas sim vinculados aos seus contratos de financiamentos.

4 – A postura do Município ao longo dos primeiros dezesseis meses de contrato com as concessionárias criou um abismo entre a receita e o custo do sistema de transporte de São Luís, desestabilizando economicamente as empresas. As desobediências foram inúmeras, com destaque para: A tarifa Nível 01 seria eliminada no início de 2017, passando o valor para o mesmo do Nível 02, conforme previsto no Edital – Anexo 3.1 (não foi!); Todas as Tarifas deveriam ser reajustadas em 01/09/2017, conforme previsto nos Contratos de Concessão, do Item 4.3 a 5.5), também não ocorreu. Imaginando que a Prefeitura daria um subsídio a partir de 01/09/2017, as concessionárias não questionaram este ato lesivo ao contrato. Ao longo deste mesmo período, três aumentos foram concedidos aos funcionários(com aval do município) e vários reajustes do diesel (inclusive com aumento de tributos pelo Governo Federal). Estes aumentos tem um impacto direto nos custos do sistema de transporte, assim como na taxa de retorno. Ações para combater as fraudes na arrecadação do sistema poderiam ser feitas como eliminar gratuidades caducas, que hoje representam 15% das passagens não pagas, utilização de meia passagem sem comprovação de frequência escolar, combate transporte clandestino, dentre outras.

5 – A sociedade de São Luís tem ciência de qual é o resultado do congelamento ou redução das tarifas públicas. Sabem que é um desastre represado por políticas antiquadas e que não combinam com a realidade hoje vivida pelos cidadãos, que obrigatoriamente exigem do Poder Público responsabilidade, para com uma atividade tão importante para o funcionamento de uma cidade. O equilíbrio econômico financeiro do contrato com reajuste não é agradável, mas sim uma vital necessidade.

Mais um candidato do concurso da PM-MA morre após passar mal em teste físico

Por Luís Pablo Cidade / Polícia
 

Marcone morreu nesta madrugada


Mais um candidato morreu após passar mal durante uma prova do Teste de Aptidão Física (TAF) do concurso da Polícia Militar do Maranhão (PMMA).

Marcone Ferreira Cordeiro, que era cirurgião-dentista, morreu na madrugada deste sábado (3).

Ele chegou a ser levado à UPA do Itaqui-Bacanga, mas não resistiu e veio à óbito logo após ser internado.

Há três dias, outra candidata do concurso, identificada como Daniele Nunes Silva, de 24 anos, morreu após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) durante um Teste de Aptidão Física (TAF) realizado em São Luís. Reveja aqui

Ricardo Rios vai se filiar ao PDT

Por Luís Pablo Política
 
Deputado Ricardo Rios

Deputado Ricardo Rios

O deputado estadual Ricardo Rios assina, nesta segunda-feira, 5, em São Luis-MA, sua ficha de filiação ao Partido Democrático Trabalhista (PDT).

O ato de filiação, que deve reunir militantes e simpatizantes do partido, será às 20h, no auditório “Jean Norberto”, na sede da agremiação.

Administrador de empresas por formação, Ricardo Rios concorreu em 2014 a uma vaga na Assembleia Legislativa pelo PEN, elegendo-se com votos 38.575 obtidos em 174 municípios. Seu último partido foi o Solidariedade.

Fábio Braga visita vários municípios durante recesso parlamentar

Por Luís Pablo Política
 

O deputado Fábio Braga (SD), durante o recesso parlamentar, não ficou parado. Ele esteve sempre presente nas suas bases eleitorais conversando com prefeitos, ex-prefeitos, vereadores, lideranças políticas e sociais e com a comunidade em geral.

Sempre acompanhado da sua esposa Ana Elizabeth Fecury, o deputado percorreu mais de dois mil quilômetros, totalizando mais de 15 municípios, onde ele tem levado várias ações, principalmente na área da saúde e da infraestrutura, com melhorias nas estradas, visando beneficiar a população em geral, especialmente o homem do campo.

Estiveram no roteiro de Fábio Braga municípios como: Boa vista do Gurupi, Amapá do Maranhão, Luís Domingues, Godofredo Viana, Cândido Mendes, Presidente Médici, Governador Nunes Freire, Maracaçumé, Centro Novo, Junco do Maranhão, Santa Luzia do Paruá, Carutapera, Nina Rodrigues, Coelho Neto, Vargem Grande, Chapadinha e Coroatá.

“As visitas serviram para estreitar os laços de amizade com as lideranças de diversas cidades do estado, bem como com a população. Ouvi as principais demandas das comunidades e continuarei ajudando dentro das possibilidades, levando cada vez mais benefícios ao interior do Maranhão”, afirmou Fábio Braga.

O parlamentar enfatizou ainda que após o início dos trabalhos no plenário da Assembleia Legislativa – que ocorrerá na próxima segunda-feira (05) – vai continuar visitando os municípios durante os finais de semana.

Flávio Dino abandona reforma de escola que desabou em Olho d’Água das Cunhãs

Por Luís Pablo Política
 

Pais se reuniram para cobrar reforma da escola

O Centro de Ensino Médio José de Matos de Oliveira, localizado em Olho d’Água das Cunhãs, cujo teto desabou em outubro do ano passado até agora não foi reformado pelo Governo Flávio Dino.

Após o acidente, para não perder resto do ano de estudos, as aulas vinham ocorrendo no Colégio Maria Carlos. No local, os estudantes se juntaram aos demais alunos o que gerou uma demanda enorme para a escola e, claro, prejudicou o ensino.

No mesmo dia do desabamento do teto, por meio de nota, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) garantiu que seria iniciado imediatamente os trabalhos de recuperação emergencial da estrutura da escola. Porém a garantia virou apenas promessa.

Quatro meses depois e com o novo ano letivo batendo na porta, servidores, estudantes, pais de alunos e a comunidade se reuniram, na última terça-feira (30), para protestar pelo enorme atraso das obras e pela irresponsabilidade do governo. Nas redes sociais, a população denuncia o desleixo com a população de Olho d’Água das Cunhãs.

Até o momento não há qualquer previsão sobre a reforma e a escola segue abandonada pelo governador Flávio Dino. É Lamentável!

Escola desabou em outubro de 2017

Roseana Sarney recebe apoio de grandes lideranças do município de Zé Doca

Por Luís Pablo Política
 
Roseana e lideranças de Zé Doca

Roseana e lideranças de Zé Doca

Pré-candidata confirmada ao governo do Maranhão em 2018, Roseana Sarney segue com as articulações a topo vapor e, principalmente, recebendo apoio de lideranças por todo Estado.

Nesta semana, a ex-governadora garantiu mais um importante aliado à sua candidatura. Trata-se do ex-reitor do IFMA e ex-candidato a prefeito de Zé Doca, professor Zé Costa (PT).

Zé Costa, que é grande líder político de oposição na cidade, acompanhado de vereadores eleitos declararam total apoio ao projeto de retorno de Roseana Sarney ao comando do Maranhão.