Aécio foi gravado pedindo R$ 2 milhões e o primo foi filmado recebendo a propina

Por Luís Pablo Brasil
 

G1

Aécio Neves na mira da Lava Jato

Aécio Neves na mira da Lava Jato

O dono do frigorífico JBS Joesley Batista entregou à Procuradoria-Geral da República (PGR) uma gravação do senador Aécio Neves (PSDB-MG) pedindo a ele R$ 2 milhões.

No áudio, com duração de cerca de 30 minutos, o presidente nacional do PSDB justifica o pedido dizendo que precisava da quantia para pagar sua defesa na Lava Jato. A informação é do jornal “O Globo”.

Aécio indicou um primo dele para receber o dinheiro, e a entrega foi filmada pela Polícia Federal. A PF também rastreou o caminho do dinheiro, que depois foi depositado em uma empresa do também senador tucano Zeze Perrella.

A gravação faz parte do material da delação premiada de Joesley e de seu irmão, Wesley Batista, fecharam com a PGR na operação Lava Jato.

Encontro

Segundo o jornal, Aécio e Joesley se encontraram em São Paulo, no Hotel Unique, em 24 de março. Antes, a irmã do senador, Andréa Neves, já havia abordado o empresário por telefone e WhatsApp sobre o pedido e afirmado que o criminalista Alberto Toron seria o defensor de Aécio. Os procuradores tiveram acesso às mensagens entre Joesley com Andréa.

No hotel, o empresário perguntou a Aécio quem pegaria o dinheiro, o senador respondeu: “Tem que ser um que a gente mata ele antes de fazer delação. Vai ser o Fred [primo de Aécio] com um cara seu. Vamos combinar o Fred com um cara seu porque ele sai de lá e vai no cara. E você vai me dar uma ajuda do c*****”.

O primo de Aécio, Frederico Pacheco de Medeiros, foi diretor da Cemig, nomeado por Aécio, e um dos coordenadores da campanha do tucano a presidente em 2014.

Quem entregou o dinheiro a Fred foi o diretor de Relações Institucionais da JBS Ricardo Saud. Ele também é delator junto com Wesley, Joesley e mais quatro pessoas. Foram feitas quatro entregas de R$ 500 mil cada uma e a PF filmou uma delas.

Segundo informações de “O Globo”, no material que entregou ao relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, a PGR diz ter elementos para afirmar que o dinheiro não foi usado como pagamento para nenhum advogado. Ainda em SP, Fred entregou as malas para Mendherson Souza Lima, secretário parlamentar de Zeze Perrella.

Sempre seguido pela PF, Mendherson fez três viagens de carro a Belo Horizonte levando a propina. Segundo a PGR, os recursos foram parar na Tapera Participações Empreeendimentos Agropecuários, do filho de Perrella, Gustavo.

Senado e Câmara encerram sessão após estourar bomba sobre áudio de Temer

Por Luís Pablo Política
 
Eunício Oliveira e Rodrigo Maia

Eunício Oliveira e Rodrigo Maia

O Senado Federal e a Câmara de Deputados encerraram a sessão minutos após o site do jornal “O Globo” publicar reportagem sobre áudio do presidente Michel Temer, que foi gravado pelo dono da JBS, Joesley Batista (saiba mais aqui).

Ao deixar o plenário, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que não havia mais clima. “Não tem mais clima para trabalhar”.

No Senado foi diferente. O presidente Eunício Oliveira (PMDB-CE) encerrou a sessão só depois da conclusão da análise de um projeto, mas também alguns minutos após a notícia ter sido veiculada no “O Globo”.

LAVA JATO: Temer foi gravado dando aval para compra de silêncio de Cunha

Por Luís Pablo Política
 
Presidente Michel Temer

Presidente Michel Temer

Os donos da JBS disseram em delação à Procuradoria-Geral da República (PGR) que gravaram o presidente Michel Temer dando aval para comprar o silêncio do deputado cassado e ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ), depois que ele foi preso na operação Lava Jato. A informação é do colunista do jornal “O Globo” Lauro Jardim.

Segundo o jornal, o empresário Joesley Batista entregou uma gravação feita em março deste ano em que Temer indica o deputado Rodrigo Rocha Lourdes (PMDB-PR) para resolver assuntos da J&F, uma holding que controla a JBS. Posteriormente, Rocha Lourdes foi filmado recebendo uma mala com R$ 500 mil, enviados por Joesley.

Em outra gravação, também de março, o empresário diz a Temer que estava dando a Eduardo Cunha e ao operador Lúcio Funaro uma mesada para que permanecessem calados na prisão. Diante dessa informação, Temer diz, na gravação: “tem que manter isso, viu?”

O colunista conta que os irmãos Joesley e Wesley Batista estiveram na quarta-feira passada no Supremo Tribunal Federal (STF) no gabinete do ministro relator da Lava Jato, Edson Fachin – responsável por homologar a delação dos empresários. Diante dele, os empresários teriam confirmado que tudo o que contaram à PGR em abril foi de livre e espontânea vontade.

(Com informações do G1)

Procuradores do Estado se rebelam contra o governo, entregam cargos comissionados e ameaçam fazer greve

Por Luís Pablo Política
 

Os Procuradores do Estado decidiram, nesta quarta-feira (17), em assembleia, iniciar um movimento de valorização da categoria, que tem se sentido desprestigiada no governo Flávio Dino.

Em protesto, os procuradores prometem entregar, até sexta-feira (19), os cargos comissionados que ocupam no órgão.

Para a categoria, existe uma defasagem na remuneração e condições precárias de trabalho. Tudo de conhecimento do Governo do Estado que nada faz para mudar a situação.

Caso não haja atendimento das reivindicações, os procuradores deverão entrar em greve por tempo indeterminado.

Fábio Braga alerta para desgaste da importante rodovia estadual MA-020

Por Luís Pablo Política
 

Deputado Fábio Braga

O deputado Fábio Braga, presidente da Comissão de Obras da Assembleia, subiu à tribuna da Assembleia Legislativa nesta segunda-feira (15), a fim de solicitar ao governador do Estado, Flávio Dino, e ao secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto, a conservação da MA-020, rodovia de interligação entre Peritoró e Coroatá, num trecho de mais ou menos 37 km e de Coroatá até Vargem Grande que são mais 70 km, tendo em vista que em pouco mais de um mês, houve um desgaste acentuado no asfalto que já começa a afetar a trafegabilidade da área.

Ele disse que viajou pessoalmente pelo trecho e que “teve dificuldade até de circular, tendo sido obrigado a passar pelo acostamento, já que havia uma carreta atolada no leito da rodovia, dificultando tanto a ida quanto a volta de sua viagem”, destacou Fábio Braga.

O parlamentar disse, também, que foi possível constatar o quanto aumentou a quantidade de buracos em tão curto espaço de tempo, e que pelo relato das comunidades que ficam à margem da rodovia e de vereadores das cidades de Peritoró e Coroatá, esse desgaste vem se dando porque “nos últimos dois meses, com o escoamento da produção de grãos que vem da região do Sul do Maranhão; vem de região de Balsas e de todo aquele entorno, o caminho natural, que antes do asfaltamento da via era pelo trecho da BR-135 Peritoró/São Mateus/São Mateus/São Luís, agora – prosseguiu, “está também sendo feito através da MA–020, sobrecarregando a rodovia porque pega a partir da cidade de Peritoró indo até Coroatá; de Coroatá a Vargem Grande e desta a Itapecuru, seguindo de Itapecuru ao Porto do Itaqui em São Luís”, detalhou.

Como são carretas pesadas que antes não passavam pelo trecho “há uma sobrecarga natural em cima do asfalto, e uma necessidade de manutenção e recuperação mais imediata das partes danificadas”, explicou.

Fábio Braga voltou a destacar a importância do asfaltamento e recuperação dessa estratégica rodovia, dentro das “perspectivas de desenvolvimento de negócios entre Coroatá e Vargem Grande, além de outros interesses sociais, como na área de saúde, por conta dos hospitais regionais e da UPAS, e nos atendimentos do posto do INSS, razão porque era fundamental que houvesse a pronta recuperação dos trechos prejudicados, antes que eles se agravem mais ainda”, alertou.

E concluiu sua fala prometendo que “fará uma reivindicação por escrito ao Secretário Clayton Noleto, para que num curto espaço de tempo seja feita a recuperação; a manutenção e a conservação dessa importante via de acesso que após tantos anos voltou a interligar Vargem Grande a Peritoró, passando pela cidade de Coroatá”, finalizou.

Denúncia: suspeita de farra com dinheiro público na Prefeitura de Morros

Por Luís Pablo Política
 

Mais uma denúncia foi encaminhada a equipe de reportagem do Blog do Luís Pablo. Desta vez a denúncia revela uma suposta farra com o dinheiro público na cidade de Morros.

No comando do município desde janeiro, o prefeito Sidrack Feitosa (PMDB) já ganhou até o apelido de “prefeito ostentação” devido a vida de luxo que vem tendo.

Segundo a denúncia, o gestor assim que se elegeu teria comprado um apartamento na Península, área mais nobre da capital maranhense, e ainda teria adquirido uma SW4 e uma Hillux para a primeira dama Eliana, que é considerada como a pessoa que manda e desmanda na cidade.

Além dos luxos para o casal, os familiares estariam todos empregados na Prefeitura. Uma filha lotada como secretária do gabinete do pai e os irmãos recebendo R$ 5 mil por mês. Todos também compraram carros novos. O nepotismo é descarado e sem qualquer cerimônia.

Ainda de acordo com a denúncia, um dos irmãos, que é secretário de Finanças no município, comprou logo uma L200. Um outro, dono da Davi Moveis, há uma suspeita de que esteja sendo beneficiado com licitações milionárias feitas através de laranjas.

O prefeito Sidrack ainda é acusado de não pagar os servidores corretamente e forçá-los a se tornarem evangélicos. “Em todos os eventos da prefeitura ele coloca pastores para fazerem cultos nas reuniões onde os interesses a serem discutidos são de cunho administrativo”, diz um trecho da denúncia.

As denúncias são sérias e precisam da atenção e investigação do Ministério Público Estadual.

População segue revoltada com caso de estupro que ocorreu em Bacuri; veja

Por Luís Pablo Polícia
 
Estuprador morto em Bacuri, interior do Maranhão

Estuprador morto em Bacuri, interior do Maranhão

A imagem acima é do suspeito de ter estuprado a técnica de enfermagem, na tarde de segunda-feira (15), no município de Bacuri, interior do Estado do Maranhão.

Na manhã de hoje, dia 17, várias postagens nas redes sociais foram publicadas de pessoas demonstrando sua indignação com o caso.

O homem foi linchado na noite de ontem, dia 16, e espancado até morte dentro de um hospital da cidade (reveja aqui).

A polícia ainda procura mais dois suspeito de terem participado do estupro. O clima continua tenso em Bacuri.

Sarney, Lobão e João Alberto promovem jantar para vários prefeitos em Brasília

Por Luís Pablo Política
 
Edinho Lobão discursa ao lado do ex-presidente José Sarney e do senador João Alberto

Edinho Lobão discursa ao lado do ex-presidente José Sarney e do senador João Alberto

Os caciques do PMDB do Maranhão promoveram um jantar ontem, dia 16, para vários prefeitos maranhenses em Brasília.

Os gestores estavam participando da XX Marcha Nacional dos Prefeitos, que teve como tema “O Brasil em Reformas”.

O jantou aconteceu em um restaurante da cidade e contou com a presença do ex-presidente José Sarney, senadores Edison Lobão e João Alberto, além do suplente de senador Edinho Lobão.

Edinho aproveitou o encontro para discursar: “Vou estar empenhado na defesa do povo do Maranhão e ao lado de cada um de vocês. A solução para o nosso estado passa pela mão de vocês, que são as pessoas mais próximas do povo. Essa é uma oportunidade para confraternizar, trocar experiências, conversar”.

Todos os prefeitos ouviram da cúpula do PMDB que a ex-governadora Roseana Sarney será candidata ao Governo do Maranhão em 2018. E ouviram também do próprio pai José Sarney.

Sarney disse ainda que a filha está preparada para enfrentar o governador Flávio Dino (PCdoB) e pediu o apoio de todos os presentes. E, é claro, os prefeitos disseram “sim” para o ex-presidente.

Durante o jantar, vários prefeitos colocaram na mesa sua insatisfação com o atual governo. Disseram que estão sendo perseguidos e alguns – até então aliados de Flávio Dino, falaram que não receberam a devida ajuda do governo.

O jantar está sendo bastante comentado pela classe política, que demonstrou satisfação com o encontro promovido pelos líderes do PMDB.

CENAS FORTES! População mata estuprador dentro de hospital no MA

Por Luís Pablo Crime / Polícia
 
Estuprador linchado em Bacuri e morre dentro de hospital espancado

Estuprador linchado em Bacuri e morre dentro de hospital espancado

Um homem – ainda não identificado pela reportagem do Blog do Luís Pablo, foi espancado até a morte após ser identificado como suspeito de estupro no município de Bacuri, interior do Estado do Maranhão.

Segundo informações de interlocutores do município, o suspeito juntamente com dois comparsas atacaram uma técnica de enfermagem que estava a caminho do serviço na segunda-feira, dia 15.

A vítima pilotava uma Biz, quando foi surpreendida pelos três homens ao reduzir a velocidade na estrada conhecida como “curva da morte”.

Em plena luz do dia, por volta das 13h, os homens arrastaram a jovem para o mato e abusaram dela sexualmente. A vítima ficou estado de choque e gravemente ferida.

Na noite de hoje, dia 16, moradores conseguiram pegar um dos estupradores, que foi linchado. Ele chegou a ser levado para o Hospital de Bacuri, mas após a notícia se espalhou pela cidade e várias pessoas invadiram a unidade hospitalar, espancando o homem até a morte.

As cenas são fortes. O estuprador ficou até com a cabeça aberta aparecendo o cérebro, após receber vários golpes de facão.

O clima é tenso na cidade. A polícia encontra-se no local.

Clique e veja:

Documento da Secretaria de Educação derruba farsa do Palácio dos Leões

Por Luís Pablo Política
 

Governador Flávio Dino ao lado do secretário Felipe Camarão

Governador Flávio Dino ao lado do secretário Felipe Camarão

Documento entregue pelo secretário Felipe Camarão, titular da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), para a Assembleia Legislativa, durante reunião ocorrida segunda-feira (15), revelou uma farsa do Governo do Estado, pois os números da propaganda oficial não condizem com a realidade.

O fato repercutiu bastante na sessão desta terça-feira (16) no plenário do Legislativo. O deputado Adriano Sarney (PV) foi um dos que apontou incoerências no discurso comunista.

De acordo com o documento, apenas dez (10) escolas de ensino médio foram construídas no governo Flávio Dino (PCdoB), que está à beira de completar dois anos e meio de mandato. Entretanto, no vídeo da propaganda oficial, o governo promete 300 novas escolas até 2018, ou seja, a pouco mais de um ano e meio para o fim do mandato. Ressalte-se ainda que apenas nove escolas de taipa foram substituídas em todo o Estado.

Os recursos utilizados pelo governo comunista são oriundos do empréstimo do BNDES, contraído ainda na administração Roseana Sarney, uma operação financeira outrora muito combatida pelo atual governador e os parlamentares que hoje estão na base aliada.

Ressalte-se ainda que parte dos recursos para reformar escolas veio da iniciativa privada, isto é, de empresas como a Cemar, Suzano, Agro Serra, Algar, Parnaíba Gás Natural e Quick House.

A propaganda do Governo afirma ainda que centenas de escolas foram reformadas, mas o documento da Seduc revelou que essas reformas, oficialmente, foram descritas como pequenas intervenções, que no total sequer chegam próximo dos números divulgados.