BOMBA, BOMBA E BOMBA! Márcio Jerry é citado em áudio interceptado pela PF

Por Luís Pablo Polícia / Política
 
Secretário Márcio Jerry

Secretário Márcio Jerry

Um áudio que compromete o segundo homem do governo, secretário Márcio Jerry (Comunicação e Assuntos Políticos), foi divulgado nesta quarta, dia 13, pelo Blog do Neto Ferreira.

A Polícia Federal interceptou um diálogo entre o médico Benedito Silva Carvalho (sócio do ICN) e a enfermeira Josefa Equitéria Gonçalves Muniz Farias (Diretora de Assistência Médica e Serviço Social da Assembléia Legislativa).

Na conversa entre o médico e a enfermeira, Jerry é citado como conhecedor da famosa “Folha Complementar”, que abrigava “fantasmas” e pessoas que também trabalhavam por indicação de políticos ligados ao governo Flávio Dino.

A enfermeira Quitéria, citada no inquérito da PF e que também teve seus bens bloqueados no valor de R$ 48 mil, diz que não tem com o que se preocupar, porque o seu cargo está garantido por ter sido acordado entre então secretário de Saúde, médico Marcos Pacheco e Márcio Jerry.

Clique e ouça o áudio-bomba:

Ex-prefeito condenado pelo TCE será julgado pela Câmara de Pastos Bons

Por Luís Pablo Política
 
Ex-prefeito Enoque Mota

Ex-prefeito Enoque Mota

É grande a expectativa do julgamento das contas do ex-prefeito de Pastos Bons, Enoque Mota. A Câmara Municipal irá julgas as contas que já foram desaprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA).

A população, que já não aguenta mais os desmandos de gestores públicos condenados por órgãos de controle, espera que os vereadores acompanhem a decisão do TCE.

Caso a Câmara reprove as contas, Enoque Mota ficará inelegível e perderá todo cargo público que esteja exercendo. Atualmente, ele é Assessor Especial da Casa Civil do governo Flávio Dino.

Na cidade comenta-se que a articulação é grande por parte da prefeita Iriane Gonçalo para livrar o ex-prefeito. O Ministério Público precisa ficar de olho nessa movimentação.

Após decisão de amigo desembargador, Flávio Dino esculhamba delegado federal

Por Luís Pablo Polícia / Política
 
Governador Flávio Dino insulta o delegado Wedson Cajé Lopes

Governador Flávio Dino insulta o delegado Wedson Cajé Lopes

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), pegou pesado com o delegado federal Wedson Cajé Lopes, responsável pelas investigações da Operação Pegadores.

Após a decisão do seu amigo pessoal desembargador Ney Bello em favor do seu secretário de Saúde (VEJA AQUI), Flávio foi para sua rede social e esculhambou o delegado federal.

Em seu Twitter, Dino disse que Wedson Cajé “inventou 400 fantasmas na saúde do Maranhão” e que “usou um dossiê falso”. E disse mais: “O Estado representou contra ele na Corregedoria da PF. Não podemos aceitar abusos e arbitrariedades.”

Flávio Dino ainda mentiu ao comentar a decisão do desembargador Ney Bello. O comunista disse que o judiciário afastou o delegado do caso. O que não é verdade.

O delegado federal Wedson Cajé continua no caso. A decisão do magistrado foi somente em retirar o processo da operação da 1ª Vara Criminal da Justiça Federal no Maranhão para o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1).

INSULTOS

Não é a primeira vez que o governador insulta os responsáveis pela Operação Pegadores. Durante Congresso do PCdoB, em Brasília, Dino disse que “é possível o uso dos aparelhos federais contra o Governo”. REVEJA AQUI.

Também pela sua rede social, Flávio chegou a insinuar que as investigações foram “conduzidas como peças políticas ou puramente midiáticas.” REVEJA AQUI.

Ney Bello concede decisão para secretário que lhe parabenizou em rede social

Por Luís Pablo Política
 
Secretário Carlos Lula é julgado pelo amigo desembargador Ney Bello

Secretário Carlos Lula é julgado pelo amigo desembargador Ney Bello

Ninguém consegue entender a atitude do desembargador federal Ney de Barros Bello Filho, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), em julgar o processo da Operação Pegadores, da Polícia Federal, que investiga desvio de recursos públicos na Secretaria de Saúde do Governo do Maranhão.

O magistrado é amigo pessoal do governador Flávio Dino, conforme revelou o Blog do Luís Pablo (reveja aqui). Ney Bello e Flávio são amigos de longas datas, inclusive lançaram um livro juntos (reveja aqui).

Ontem, dia 12, o desembargador concedeu uma liminar em favor do secretário de Saúde, advogado Carlos Lula, para que o processo da Operação Pegadores saia da juíza original, Paula Souza Moraes, da 1ª Vara Criminal da Justiça Federal no Maranhão e suba para o TRF-1. VEJA A ÍNTEGRA DA DECISÃO.

A decisão de Ney Bello gerou bastante polêmica, isso porque em 2013, Carlos Lula usou sua rede social para parabenizar o magistrado por ser o “novo desembargador federal do TRF-1”. Lula retuitou Flávio Dino.

O desembargador deveria ter se dado por impedido. É público e notório a sua ligação direta com o secretário e o governador.

Delegada Cassandra Parazi rebate críticas do governo Flávio Dino: “a PF tem como função precípua investigar fatos”

 
Delegada federal Cassandra Parazi

Delegada federal Cassandra Parazi

(Com informações de O Estado)

A nova superintendente da Polícia Federal no Maranhão, delegada Cassandra Parazi, rebateu ontem – ao tomar posse oficialmente no cargo – as críticas do governador Flávio Dino (PCdoB) e de aliados do Palácio dos Leões à Operação Pegadores, que revelou desvios de, pelo menos, R$ 18 milhões na Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Após a deflagração da ação policial, o próprio chefe do Executivo e setores do comunismo local atribuíram as investigações a perseguição política.

Segundo Parazi, a reação dos governistas não tem razão de ser. “Infelizmente o governo acredita que nós fizemos uma perseguição política. Não é isso o que fazemos. A Polícia Federal tem como função precípua investigar fatos”, disse ela, em entrevista a O Estado após a solenidade de posse.

De acordo com a nova comandante da PF no estado, o fato de apuração ter atingido membros da gestão comunista tem relação apenas com as ações praticadas por cada um dos acusados.

“Nós chegamos a pessoas e a determinadas funções de governo, posições de destaque, por conta dos fatos em que as pessoas estão envolvidas. Nós apuramos fatos, se as pessoas praticaram crimes, infelizmente elas vão responder pelos fatos”, completou.

Competência – Cassandra Parazi também comentou o fato de que o governo, por meio da Procuradoria Geral do Estado (PGE), arguiu a incompetência dos federais para investigar o desvios de recursos públicos da Saúde do Maranhão. Em documento encaminhado à juíza do caso, Paula Souza Moraes, substituta da 1ª Vara Criminal da Justiça Federal no Maranhão, a PGE alega que as verbas desviadas seriam do Tesouro Estadual e não oriundas da União.

A O Estado, a superintendente declarou que quem demandou a investigação por parte da PF foi o Ministério Público Federal (MPF) e acrescentou que a alegação do Executivo sobre a competência para investigar o caso será decidida pela Justiça Federal.

“Na verdade nós fomos demandados pelo Ministério Público Federal a apurar esses fatos. No curso das investigações, o Governo do Estado tem destacado que não há desvio de recursos federais, mas isso certamente vai ser decidido pela Justiça, pelo Tribunal [Regional Federal], que vai definir a competência de quem vai julgar esses fatos lá na sequência, na ação penal”

Perfil – A delegada Cassandra Ferreira Alves Parazi é natural de Londrina (PR). Ingressou na Polícia Federal em 2002, com primeira lotação na Superintendência de Polícia Federal em São Paulo. No ano de 2003 foi removida para a Delegacia de Polícia Federal em Maringá, onde permaneceu lotada por aproximadamente cinco anos, período em que se destacou na coordenação e execução de importantes operações policiais das áreas de repressão a crimes fazendários, contra a Previdência Social e contra a Administração Pública.

Em 2008 aderiu e foi contemplada em recrutamento promovido pela Direção de Gestão de Pessoal e foi removida para a Superintendência de Polícia Federal no Acre, onde presidiu diversos Procedimentos Administrativos Disciplinares, acumulando a chefia da Delegacia de Repressão a Crimes Ambientais e contra o Patrimônio Histórico, o que lhe permitiu representar a Polícia Federal em dois eventos internacionais de relevância ambiental à Amazônia realizados nas cidades de Iquitos e Cuzco, no Peru. Na sequência, assumiu a Corregedoria Regional no Acre, onde permaneceu por aproximadamente um ano.

Retornou ao estado natal em 2010, sendo lotada inicialmente no Núcleo de Correições e, na sequência, na então Delegacia de Repressão a Crimes Financeiros, hoje conhecida como Delegacia de Repressão ao Crime Organizado.

Em 2012 retornou à área de corregedoria, quando assumiu a Corregedoria Regional no Estado do Rio Grande do Norte, cargo que ocupou até início de 2015, quando voltou à Superintendência do Paraná e foi novamente designada como chefe do Núcleo de Correições até receber o honroso convite para assumir a Superintendência Regional do Estado do Maranhão.

ADPF manifesta apoio a novo comando

O diretor regional da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), delegado Luís André Almeida, participou da solenidade de posse da superintendente da PF no Maranhão, Cassandra Parazi, e manifestou apoio dos delegados à nova comandante.

“A chegada de um superintendente sempre inicia um novo ciclo na Polícia Federal no estado. Nós esperamos que seja um ciclo ainda mais virtuoso, com efetivo combate à corrupção, à criminalidade organizada, aos crimes contra o meio ambiente, aos crimes contra o patrimônio. A delegada Cassandra é extremamente qualificada e todo o efetivo de delegados do Maranhão apoia a administração da nossa nova superintendente”, declarou.

Ao transmitir o cargo, o ex-superintendente do órgão no Maranhão, delegado Alexandre Saraiva – que assumirá o posto de superintendente no Amazonas –, apontou para uma gestão ainda mais dura no combate à corrupção.

Citando trechos do Sermão de Santo Antônio aos Peixes – que deu nome à Operação Sermão aos Peixes -, ele ressaltou que o “sal da terra é o que combate à corrupção”. E arrematou: “Com a delegada Cassandra, esse sal será ainda mais salgado”.

Justiça mantém decisão que deixou ex-prefeito de Pedreiras inelegível

 

Ex-prefeito Lenoilson Passos da Silva

A 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) manteve sentença da 1ª Vara da Comarca de Pedreiras, que julgou improcedente o pedido feito pelo ex-prefeito do município, Lenoilson Passos da Silva, em ação declaratória de nulidade insanável.

O órgão colegiado entendeu que o ex-gestor apresentou contestação, ou seja, tinha pleno conhecimento da ação, não havendo que se falar em nulidade da decisão transitada em julgado, em ação civil pública, que o tornou inelegível. Foi contra esta decisão que o ex-prefeito ajuizou a ação declaratória de nulidade insanável (Querela Nullitatis Insanabilis), julgada improcedente em primeira instância.

Lenoilson Passos da Silva, então, apelou ao TJMA, sob o fundamento de que não houve sua notificação para manifestação preliminar, mas tão somente a intimação do município, na pessoa do prefeito.

O relator, desembargador Raimundo Barros, disse que, em que pese a alegação do apelante, constata-se que ele foi cientificado por meio de mandado de notificação e intimação, expedido em seu nome e devidamente cumprido.

Segundo, porque o ex-prefeito ofereceu contestação no prazo legal, rebatendo os fatos que lhe eram imputados. Terceiro, porque, mesmo que a notificação em questão não tivesse ocorrido, existem nos autos elementos suficientes para que seja aplicada a teoria da ciência inequívoca.

Os desembargadores José de Ribamar Castro e Ricardo Duailibe acompanharam o voto do relator, negando provimento ao recurso do ex-prefeito.

Ricardo anuncia pré-candidatura ao governo e divulga carta aos maranhenses

Por Luís Pablo Política
 

Ricardo Murad anuncia pré-candidatura

Conforme o Blog do Luis Pablo noticiou em primeira mão, o ex-secretário de Saúde e ex-deputado Ricardo Murad (PRP) entrou definitivamente na disputa ao Governo do Maranhão em 2018.

O presidente do PRP, Ricardo Murad, reuniu a imprensa maranhense nesta terça-feira (10), para anunciar o lançamento oficial da sua pré-candidatura.

Na ocasião, o ex-deputado divulgou uma carta aos maranhenses. Registrada em cartório, a carta possui uma série de compromissos e propostas de Ricardo para o Executivo Estadual.

Segundo Murad, ele tem um projeto para o Maranhão e sabe o que precisa para ser feito e executá-lo. “Os maranhenses sabem que sou uma pessoa que trabalha, que faz e cumpre aquilo que promete. Sou homem de palavra, de uma palavra só”

Dentre os itens, vale destacar a redução drástica no número de Secretarias de Estado. Atualmente com 36 na gestão comunista, Murad promete que permanecerão apenas 10. São elas: Secretaria de Governo; Planejamento e Gestão Pública; Segurança; Administração Penitenciária; Economia e Meio Ambiente; Direitos Sociais; Fazenda; Polícia Militar; Corpo de Bombeiros e Procuradoria Geral do Estado.

“Quero por fim ao fisiologismo e à cooptação politica com o uso do dinheiro público. Quero um tempo de oportunidade para todos em quer o mérito irá substituir a ‘camaradagem’ e a competência a ineficiência”, afirma Ricardo, em uma clara alfineta ao governador Flávio Dino.

Confira a carta completa abaixo:

Concessionária BMW em São Luís fecha as portas e clientes são lesados

Por Luís Pablo Denúncia
 
Concessionária BMW em São Luís

Concessionária BMW em São Luís

O sentimento é de revolta por parte das pessoas que compraram uma BMW, na concessionária em São Luís-MA.

O empresário Luís Roberto Albuquerque, mais conhecido como Bebeto, filho do presidente do Grupo Dalcar Roberto Albuquerque, fechou as portas da concessionária BMW e vários clientes foram lesados.

Quem tem uma BMW deve rezar para não bater o carro, isso porque não tem peça no local. A concessionária está fazendo somente serviço básico, como troca de óleo ou do filtro.

Um verdadeiro absurdo e desrespeito com o consumidor.

Para se ter ideia, tem uma BMW modelo 320 que está há quase 4 meses para conserto no pátio da concessionária. O proprietário do veículo está sendo lesado por causa do pagamento de carro alugado que está arcando sozinho.

O chefe da oficina identificado com Eduardo só engana o cliente, assim como também o próprio dono da concessionária Bebeto Albuquerque, que garantiu que o carro seria entregue desde semana retrasada.

O PROCON precisa tomar alguma medida, porque há muitas reclamações e clientes revoltados.

Em busca de recurso, Zé Reinaldo convida Dedé Macedo para suplência ao Senado

Por Luís Pablo Política
 

Hernando Macedo, Rafael Leitoa, Dedé Macedo, Chico Leitoa e Fábio Macedo

Hernando Macedo, Rafael Leitoa, Dedé Macedo, Chico Leitoa e Fábio Macedo

Faltando menos de um ano para as eleições, os candidatos já começaram a acelerar o trabalho para conseguir as vagas que disputarão.

O ex-governador e deputado federal José Reinaldo Tavares foi um deles. Pré-candidato ao Senado Federal, o parlamentar, que até agora não teve o anuncio oficial do apoio do governador Flávio Dino para a disputa, foi em busca do apoio e recursos da família Macedo.

Nesta segunda-feira (11), durante almoço realizado em Teresina, José Reinaldo Tavares (DEM), convidou a Família Macedo para assumir a primeira suplência de sua pré-candidatura ao senado.

Dedé Macedo foi quem bancou a campanha de Flávio Dino na eleição de 2014. Na época, Edinho Lobão, que disputou o pleito com o comunista, chegou a chamá-lo de agiota. “O principal financiador da campanha dele [Flávio Dino] é o maior agiota de Teresina, que quebrou várias prefeituras nossa do Maranhão, o empresário Dedé Macedo”.

A verdade é que José Reinaldo foi ousado e bastante esperto ao compor chapa com a família Macedo.

Deputado Josimar acompanha Flávio Dino em visita a Lago do Junco

Por Luís Pablo Política
 
Josimar de Maranhãozinho e Flávio Dino em Lago do Junco

Josimar de Maranhãozinho e Flávio Dino em Lago do Junco

Na tarde de ontem (8), o deputado estadual Josimar Maranhãozinho (PR) esteve no munícipio de Lago do Junco acompanhando a visita do governador Flávio Dino (PC do B).

O parlamentar presenciou a inauguração da reforma do Colégio C. E. José Malaquias, melhorias na quadra de esportes da escola, assinatura de ordens de serviço do Programa Mais Asfalto em vias urbanas, implantação do sistema de abastecimento de água e a entrega de kits esportivos.

Ainda estiveram presentes o prefeito Osmar Fonseca, o vice-prefeito Enoque Lopes, o deputado federal Weverton Rocha e o deputado estadual Vinicius Louro.

A população de Lago do Junco reconheceu o apoio que tem recebido do deputado Josimar nos últimos anos.

“Trabalhamos em parceria e vamos realizar ainda muitas obras nesse munícipio que tenho um compromisso político, o prefeito Osmar é um administrador sério e comprometido com a sua gente”, disse o parlamentar.