Pesquisas já apontam Eduardo Braide como 3º colocado na corrida ao governo

Por Luís Pablo Política
 

Deputado Eduardo Braide, pré-candidato ao governo do Maranhão

Deputado Eduardo Braide, pré-candidato ao governo do Maranhão

Ao que parece, o deputado estadual Eduardo Braide está trilhando o mesmo caminho das eleições passada, em que foi candidato a prefeito e conseguiu mexer com os eleitores de São Luis, virando o resultado eleitoral do primeiro turno e sendo chamado de fenômeno por ter ido para o segundo turno com o prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

Pesquisas de consumos internos feitas por diversos pré-candidatos e partidos, apontam Braide como terceiro colocado na corrida eleitoral ao Governo do Maranhão. Nos primeiros levantamentos, o parlamentar aparecia atrás dos pré-candidatos senador Roberto Rocha e ex-prefeita Maura Jorge.

O Blog do Luís Pablo teve acesso a uma pesquisa em Eduardo Braide já aparece bem colocado, mas por não ter sido registrada na Justiça Eleitoral os números não serão divulgados.

Há alguns meses, em conversa com o editor-chefe do Blog por telefone, Braide disse que sua candidatura ao governo ia depender dos resultados de pesquisas. Falou que se os levantamentos mostrassem que seu nome é viável, ele iria entrar na disputa.

Como os resultados têm sido favoráveis, Eduardo Braide deve seguir firme na corrida contra os primeiros colocados, governador Flávio Dino e ex-governadora Roseana Sarney. E pelo resultado de 2016, uma coisa é certa: não se pode mais subestimar uma candidatura de Braide.

Empresa do Pará garante R$ 1,2 milhão para realizar eventos em Balsas

Por Luís Pablo Política
 

Dr. Erik, prefeito de Balsas

Uma empresa do Pará, mais exatamente da cidade de Marabá, garantiu um contrato milionário com a Prefeitura de Balsas, no último dia 7 de fevereiro.

De acordo com o Diário Oficial do Estado, a C A Kawashima de Oliveira Eireli-ME vai embolsar exatos R$1.296.857,30 dos cofres públicos. O gordo contrato tem como objetivo a execução de serviços de organização e realização de eventos para o Município de Balsas.

Assinado pelo secretário de Finanças, Gestão Tributária e Planejamento, Luiz Pedro Silva Santos, e a representante da empresa, Cinthia Ayako Kawashima de Oliveira, o contrato será vigente até dezembro de 2018. Ou seja, são apenas 10 meses de prestação de serviços.

Comandada pelo prefeito Dr. Erik, a cidade de Balsas tem visto quais as verdadeiras prioridades da atual administração.

Veja abaixo destalhes do contrato e da empresa:

ELEIÇÕES 2018: Waldir Maranhão desiste de ser candidato de Flávio Dino e se oferece para Eduardo Braide

Por Luís Pablo Política
 
Waldir Maranhão, Eduardo Braide, Paulo Marinho Filho e Paulo Marinho (pai)

Waldir Maranhão, Eduardo Braide, Paulo Marinho Filho e Paulo Marinho (pai)

O deputado federal Waldir Maranhão cansou de tentar ser o candidato a senador do governador Flávio Dino (PCdoB).

Maranhão procurou outro rumo e se ofereceu para fazer parte da chapa do deputado estadual Eduardo Braide, candidato ao governo.

Um registro feito durante reunião entre Waldir Maranhão, Braide e a família Marinho já circula nas redes sociais.

O Blog do Luís Pablo ainda não sabe o posicionamento de Eduardo Braide – se vai querer ou não Waldir como seu candidato ao Senado, mas o fato é que Flávio Dino deve descartar Maranhão só por ter sentado com seu adversário.

Fábio Macedo defende o uso do gás natural nos automóveis do Maranhão

Por Luís Pablo Política
 

O vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Fábio Macedo, solicitou, através de uma indicação, que parte da produção de gás natural seja disponibilizada na rede de distribuição de combustíveis para ser utilizado por veículos automotores que trafegam no Estado.

De acordo com o parlamentar, a intervenção deve ser feita entre o Palácio dos Leões e a Eneva, empresa que controla o Complexo de Produção de Gás Parnaíba nos municípios de Lima Campos, Capinzal do Norte e Santo Antônio dos Lopes

“Não é justo que os maranhenses não possam ter acesso ao gás natural produzido aqui. Além de ser uma opção mais barata de combustível, o gás também não é poluente. Isso seria um ganho para a população que poderia economizar, já que a gasolina a cada dia aumenta mais de preço e muitas pessoas utilizam seus automóveis para o sustento familiar”, disse o deputado.

Fábio Macedo ainda lembrou que o Brasil é um dos grandes produtores mundiais de Gás Natural e o Maranhão precisa disponibilizar mais essa opção para a população, seguindo exemplos dos outros 17 estados que utilizam o gás como: Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina, Espírito Santo, Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia, Alagoas, Sergipe, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Amazonas e Goiás.

Flávio Dino gastou R$ 5 bilhões na saúde, mas continua devendo fornecedores

Por Luís Pablo Política
 

R$ 5.354.617.962,11. Esse é o valor que o governo Flávio Dino gastou de 2015 a 2017 na Saúde do Maranhão, de acordo com o Portal da Transparência.

Ocorre que mesmo com todo esses bilhões destinados à área, vários fornecedores da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), que é responsável pela gestão de unidades de saúde em São Luís e no interior do Estado, estão há meses sem receber pelos serviços prestados.

O maior prejudicado pela falta de pagamento é quem precisa de assistência médica nas unidades estaduais. Sem o repasse do governo, os hospitais ficam sem materiais e remédios importantes para um atendimento adequado.

Há duas semanas, o Blog do Luís Pablo publicou sobre a situação e revolta dos empresários com o descaso do governo Flávio Dino.

Na ocasião, os fornecedores já ameaçavam, inclusive, paralisar os serviços. A promessa do secretário de Saúde, Carlos Lula, segundo eles, era de que o pagamento dos atrasados começaria a ser realizado somente após fevereiro. Reveja aqui

E isso deixou os empresários revoltados com a falta de compromisso. Sem o fornecimento, os hospitais vivem um verdadeiro caos.

Deputado Josimar e a esposa patrocinam no Instagram denúncia contra governo

Por Luís Pablo Política
 

Como o discurso antes do carnaval não surtiu efeito, o deputado estadual Josimar de Maranhãozinho (PR) decidiu “patrocinar” no Instagram o vídeo do seu pronunciamento denunciado o governo. A publicação na rede social do parlamentar foi feita há quatro dias, logo após o carnaval.

Na legenda, Josimar diz que fez “uma denúncia contra o secretário de Agricultura do Estado do Maranhão, Márcio Honaiser (PDT) que está distribuindo equipamentos e máquinas agrícolas para os municípios na ordem de 500 mil reais em troca de apoio político.”

O objetivo do deputado é claro: pressionar o governador Flávio Dino. Ocorre que para alguns auxiliares do governo, o que Josimar está fazendo “pura chantagem”. Reveja aqui.

Aos mais próximos, segundo o Blog do Luís Pablo foi informado, Flávio Dino tem dito que não vai ceder a nenhum tipo de chantagem e que quem não demonstrar fidelidade ao governo será tratado como adversário.

Quem conhece os “métodos” do comunista sabe que o primeiro passo é botar na cadeia, principalmente quem tem telhado de vidro.

É aguardar e conferir!

ÓLEO DE PEROBA É POUCO! Márcio Jerry diz que o governo Flávio Dino é “marcado pela honestidade”

Por Luís Pablo Política
 

Óleo de Peroba é pouco para o secretário Márcio Jerry

Óleo de Peroba é pouco para o secretário Márcio Jerry

Nem óleo de peroba resolve a declaração cínica do secretário de Assuntos Políticos e de Comunicação, Márcio Jerry.

Em entrevista ao Imparcial, Jerry teve a coragem de dizer que o governo Flávio Dino (PCdoB) é “marcado pela honestidade e transparência.”

É só dá um Google com duas palavras chaves (Governo Flávio Dino – Corrupção) para ter acesso a todas as informações sobre a bandalheira que ocorreu no governo comunista.

A corrupção marcou todos os anos da gestão de Flávio, com ações da Polícia Federal em diferentes setores do governo.

Já no início de gestão, o primeiro escândalo foi de uma das adjuntas da Secretaria de Educação, Simone Limeira, acusada de cobrar propina de índios na região de Grajaú para liberar licenças de transporte nas aldeias.

Limeira foi afastada, com nota explicativa de que ela seria investigada internamente. Mas, na campanha de 2016, ela foi candidata a prefeita pelo PCdoB em Grajaú, com o apoio presencial do próprio governador.

No mesmo ano, outro escândalo de corrupção: José Wellington Leite, então assessor de Márcio Jerry, teve um cheque encontrado pela polícia dentro do cofre do agiota Pacovan.

Em 2016, mais escândalo: Antonio Nunes, na época diretor-geral do Detran, foi acusado de beneficiar com R$ 25 milhões uma empresa criada apenas para este contrato. Atualmente, Nunes comanda a Secretaria de Estado de Governo (SEGOV).

Ano passado, o alvo foi a Rosângela Curado, ex-subsecretária de Saúde e candidata a prefeita de Imperatriz – também com o apoio presencial do próprio governador, foi presa pela Polícia Federal por propina e participação em esquema de pagamento a funcionários fantasmas.

É isso que Jerry classifica como “honestidade”!?

Olha aí, Edivaldo! Servidores denunciam irregularidades em empréstimos

 

Empréstimos consignados

Empréstimos consignados

Servidores públicos que possuem empréstimos consignados descontados direto nos contracheques estão sendo prejudicados pelo setor responsável da Prefeitura de São Luís.

Desde dezembro do ano passado, segundo informações repassadas ao Blog do Luis Pablo, em razão de irregularidades cometidas pelo órgão, os servidores estão pagando duas vezes.

Ocorre que a Prefeitura de São Luís desconta no contracheque os empréstimos consignados, mas não repassa ao Banco do Brasil imediatamente. Com isso, o banco acaba fazendo o desconto direto na conta e o servidor pagando novamente.

De acordo com um dos servidores lesados, a situação tem causado bastante transtorno. “O valor dos empréstimos consignados são descontados duas vezes, uma vez que a Prefeitura de São Luís não faz o repasse ao banco”, afirma.

O caso é, no mínimo, estranho e precisa ser corrigido imediatamente pela Prefeitura de São Luís. O prefeito Edivaldo Holanda Júnior deve tomar as medidas cabíveis.

Toca Serra passa a folia momesca na Baixada Maranhense

Por Luís Pablo Maranhão
 
Toca Serra se reúne com os amigos em Pedro do Rosário-MA

Toca Serra se reúne com os amigos em Pedro do Rosário-MA

A festa momesca reuniu milhares de foliões nos cinco dias de carnaval em todas as regiões do Maranhão e o primeiro suplente de deputado estadual Toca Serra preferiu ficar em Pedro do Rosário, sua terra Natal.

Toca se reuniu com os empresários Pedro Mendes e Klesio Mendes, filhos da ex-prefeita Maria do Rosário. Além deles, o parlamentar esteve também com um grupo de amigos e organizaram um bloco carnavalesco que arrastou uma multidão e entrou para a história do município.

Com o nome “Juntos e Misturados”, o bloco reuniu mais de seis mil pessoas, que após o arrastão lotaram o clube Ouro Verde, no centro da cidade, onde todos brincaram e se divertiram ao som de muito axé e marchinhas carnavalescas.

Ricardo Rios propõe mudanças em lei sobre estações de esgotos

Por Luís Pablo Cidade
 

Deputado Ricardo Rios

Deputado Ricardo Rios

O deputado Ricardo Rios (PDT) apresentou à Mesa Diretora o Projeto de Lei nº 003/18, que altera dispositivos da Lei nº 9.067, de 24/11/2009. Esta lei dispõe sobre a construção de estações de tratamento de esgotos sanitários em edifícios e condomínios, e dá outras providências.

De acordo com o projeto de autoria do deputado Ricardo Rios, o artigo 1º da Lei nº 9.067, de 24 de novembro de 2009, passa a vigorar com a seguinte redação: Os condomínios residenciais no âmbito do Estado do Maranhão deverão dispor de adequada solução de tratamento de esgotos, considerado para definição da alternativa a ser adotada o porte do empreendimento e a infraestrutura de saneamento existente no seu entorno.

Quando os efluentes originários de tais empreendimentos forem lançados em redes coletoras ligadas a estações de tratamento de esgotos do município fica dispensado a cumprimento da exigência contida nesta lei.

Para comprovação do atendimento das condições descritas nesta lei, os órgãos competentes verificarão o termo de viabilidade ou carta de diretrizes de projeto emitidos pela concessionária dos serviços de saneamento do município onde se localiza o empreendimento.

O projeto do deputado Ricardo Rios prevê ainda que a instalação de Estações de Tratamento de Esgotos, conforme preceitua esta lei, é obrigatória nos municípios do Maranhão com mais de 20.000 (vinte mil) habitantes.

O texto deste projeto de lei está publicado no Diário da Assembleia Legislativa, edição de 7 de fevereiro de 2018.