Ex-Mister Maranhão morre em acidente de carro na região do Vale do Pindaré

Por Luís Pablo Acidente
 
Clismen Cardoso, ex-mister Maranhão

Clismen Cardoso, ex-mister Maranhão

O ex-Mister Maranhão Clismen Cardoso sofreu um acidente de carro na madrugada de hoje, dia 25, na região do Vale do Pindaré-MA.

Segundo informações repassadas ao Blog do Luís Pablo, o jovem estava vindo de uma boate chamada Brut’s, quando seu carro caiu da ponte que liga Santa Inês ao município de Pindaré. O corpo dele foi encontrado pela equipe do Corpo de Bombeiro.

O local é conhecido como “trecho da morte” por conta de uma curva perigosa. O governador Flávio Dino, inclusive, prometeu uma duplicação e até agora nada.

Clismen Cardoso tinha 25 anos e se formou recentemente em Engenharia Civil.

Corpo de Clismen Cardoso é encontrado

Corpo de Clismen Cardoso é encontrado

local onde o corpo do ex-mister foi encontrado

local onde o corpo do ex-mister foi encontrado

Família Macedo apoia rompimento de Zé Reinaldo com Flávio Dino

Por Luís Pablo Política
 
Zé Reinaldo Tavares e família Macedo

Zé Reinaldo Tavares e família Macedo

É grande a repercussão sobre o afastamento do deputado federal Zé Reinaldo Tavares do governo Flávio Dino (PCdoB).

O Blog do Luís Pablo apurou que Flávio não só perdeu o apoio de Zé Reinaldo como também da família Macedo.

O patriarca e empresário Dedé Macedo, segundo fontes do Blog, apoiou o posicionamento de Tavares. O deputado Fábio Macedo e seu irmão ex-prefeito Hernando Macedo estão juntos com Zé Reinaldo.

Pessoas próximas dos Macedo garantiram que todos devem fazer composição com o deputado estadual e pré-candidato ao governo, Eduardo Braide.

A movimentação nos bastidores é grande e o jogo eleitoral promete ser bastante tenso.

“Vejam o que aconteceu com Waldir. Mesmo fazendo tudo o que Flávio pediu foi descartado”, dispara Zé Reinaldo

Por Luís Pablo Política
 

EXCLUSIVO

Deputado Zé Reinaldo Tavares

Deputado Zé Reinaldo Tavares

O deputado federal e pré-candidato ao Senado, José Reinaldo Tavares, deu uma declaração ao Blog do Luís Pablo sobre o anúncio do seu afastamento do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

Zé Reinaldo disse que não rompeu com ninguém, mas que jamais ia se submeter a ficar esperando por Flávio, que nunca lhe falou nada sobre sua pré-candidatura.

“Eu não rompi com ninguém. A política é dinâmica, é feita de alianças, de diálogos, acordos, conversas. Quem nunca conversou comigo, nunca disse nada sobre minha candidatura ao Senador foi o Flávio Dino. Não dizer nada é também uma resposta”, disse.

Tavares citou o deputado federal Waldir Maranhão como exemplo e disparou: “vejam o que aconteceu com o Waldir Maranhão. Mesmo fazendo tudo o que Flávio pediu foi descartado. A essa altura da minha vida pública, vc acha que irei me submeter a isso?”.

Briga de trânsito termina em tiroteio na Toyota em Teresina

Por Luís Pablo Polícia
 
Clientes e funcionários vivem momentos de terror em concessionária de Teresina-PI

Clientes e funcionários vivem momentos de terror em concessionária de Teresina-PI

Na manhã deste sábado, dia 24, clientes e funcionários que estavam na concessionária Toyota, na Avenida Raul Lopes, em Teresina-PI, viveram momentos de pânico.

Uma briga de trânsito acabou em tiro na concessionária. A confusão foi entre um empresário da capital e um outro homem.

Segundo informações repassaras ao Blog do Luís Pablo por interlocutores da cidade, o empresário que estava numa SW4 foi sair do local e acabou batendo o carro em um Fiesta, que estava estacionado atrás.

Indignado, o motorista do Fiesta saiu do veículo com um cassetete e começou a quebrar o vidros da SW4. O empresário desceu do carro armado e efetuou vários disparos.

O motorista que desceu com o cassetete foi baleado. Ele recebeu atendimento médico dentro de uma ambulância e passa bem.

A polícia foi acionada para e os dois condutores foram levados para a Central de Flagrantes.

Clique e veja:

Filho do prefeito de Pedro do Rosário quase atropela criança por cobrar melhorias no município

Por Luís Pablo Política
 

Israel Borges, filho do prefeito de Pedro do Rosário.

Uma atitude irresponsável do filho do prefeito de Pedro do Rosário, identificado como Israel Borges, causou revolta nos moradores da cidade.

Em um vídeo que circula nas redes sociais (veja abaixo), o pai de uma criança da zona rural da cidade conta indignado sobre o quase atropelamento cometido por Israel contra seu filho.

O caso ocorreu quando Israel passava na localidade e foi cobrado pelo garoto para passar por uma ponte consertada pelos próprios moradores da região.

“ Os moleques cobravam pra ele cinco reais pra ele pagar e ele não quis. Não passou por cima porque o moleque se arredou”, disse o morador.

Nas imagens, é possível ver os moradores desmanchando o trabalho feito para garantir a passagem de carros na localidade.

Essa não é a primeira polêmica envolvendo o filho do prefeito Raimundo Antonio. Em junho do ano passado, fotos compartilhadas pelo próprio Israel com maços de dinheiro nas mãos e deitado ao lado de uma arma de fogo já haviam revoltado a população da cidade. Relembre aqui

VÍDEO! Polícia cai de bala em assaltantes de ônibus na capital

Por Luís Pablo Polícia
 

Clique e veja:

O vídeo acima é de policiais militares evitando um assalto a ônibus, na avenida Jerônimo de Albuquerque, em São Luís-MA.

Os assaltantes foram surpreendidos por uma viatura da PM, que passava no local. Um morador de um prédio no bairro do Angelim filmou o momento em que a polícia cai de bala nos bandidos.

Todos os assaltantes foram encaminhados ao hospital.

Assaltante baleado por policiais militares

Assaltante baleado por policiais militares

Assaltantes de ônibus

Assaltantes de ônibus

“Se eu tivesse envolvido, teria que ser autuado em flagrante”, diz ex-superintendente do Maranhão

Por Luís Pablo Polícia
 

O delegado Tiago Bardal se manifestou, na manhã desta sexta-feira (23), em entrevista a Rádio Mirante AM sobre as suspeitas lançadas pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) a ele em relação à participação em um grupo criminoso com participação de policiais.

Três militares foram presos, além de outras cinco pessoas envolvidas em contrabando e supostamente outros crimes na Região Metropolitana de São Luís. Bardal disse que sofre uma perseguição e ainda não entende o motivo. Ele foi exonerado do cargo de superintende da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic).

Tiago Bardal disse que não conhece nenhuma das pessoas presas na operação e que foi abordado por policiais militares duas horas antes da operação e cerca de 5 km de distância do local em questão. Ele confirmou que estava no Quebra Pote, por volta das 23h de quarta-feira (21) e que a operação começou 1h de quinta-feira (22).

“Nós estávamos trabalhando (quando abordado), só que preciso ser chamado formalmente para poder explicar. Nem da minha exoneração fomos comunicados. Eu tomei conhecimento também que foi pedida minha prisão. Mas se eu tivesse envolvido neste caso, teria que ser autuado em flagrante como os outros foram, e isso não aconteceu pelo fato de não ter provas, não ter elementos. Se eu fizesse parte desta organização, poderia avisar os outros para fugirem, pois fui abordado e liberado cerca de duas horas antes da operação. Aí a operação aconteceu e todos foram presos”, disse Bardal.

O ex-superintendente disse ainda que até a manhã desta sexta-feira (23) não havia recebido comunicação oficial de ninguém, portanto iria trabalhar normalmente na sede da Seic até ser chamado para poder se explicar.

“Há quase dez anos a gente trabalha só combatendo o crime organizado e eu não sei o motivo dessa perseguição agora. Por anos, deixei de lado minha família em prol do sistema de segurança pública. Até baleado já fui. Então, só queria ser chamado para prestar esclarecimentos quando meu nome foi citado. Só isso. Eu liguei o dia todo (quinta) para todos, inclusive o delegado geral (Leonardo Diniz), e ninguém me atendeu. Desligaram na minha cara”, declarou.

Bardal estava há três anos como superintendente, há dez ele é delegado da Polícia Civil do Maranhão. Antes de comandar a Seic, em outras superintendências e também na região tocantina.

“Em momento algum eu fui convocado para prestar esclarecimento formal sobre os fatos. Trabalhei normalmente ontem (quinta) e não fui chamado para falar sobre o que ocorreu. Tomei conhecimento que as pessoas que foram ouvidas, nenhuma citou meu nome e nenhuma me conhece”, concluiu.

G1/MA

Deputado Júnior Verde acompanha situação dos “sub judice” da PMMA

Por Luís Pablo Política
 

O deputado estadual Júnior Verde (PRB) acompanha, junto ao Governo do Estado, a situação dos sub judice do concurso de 2012 da Polícia Militar. No início da semana, após audiência pública realizada com a presença do secretário de Estado de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, os documentos que retratam a situação do grupo foram entregues ao governador Flávio Dino.

A audiência pública, realizada no Plenarinho da Assembleia Legislativa, foi proposta e conduzida pelo parlamentar, que é presidente da Comissão de Segurança Pública do Legislativo Estadual.

“Essa é uma luta justa, legítima e que une todos nós, inclusive o secretário de Segurança Pública, que fez questão de participar de nossa audiência pública. Estamos dialogando, cumprindo com a nossa obrigação como representantes do povo. Esse é o papel da Assembleia e vamos cumpri-lo da melhor maneira possível”, ressaltou o deputado.

“Se a nossa Carta Magna diz que todos são iguais perante a lei, por que não somos chamados para fazer o Curso de Formação como outros já foram? Peço que todos os deputados assinem um documento pedindo ao governador que nos chame para fazer o Curso de Formação e em seguida faça nossa nomeação como soldados da Polícia Militar, para servir e proteger a sociedade”, disse o sub judice Vitor Diniz.

São várias as situações dos sub judice: os que já foram nomeados, que são mais de dois mil; os que tiveram o Curso de Formação suspenso por força de limiar da Justiça, em torno de 300; os que faltam cumprir outras etapas do certame; e os que aguardam cumprir a última etapa, o Curso de Formação, cerca de 630.

Jeferson Portela anunciou que, na próxima semana, deverá sair uma lista de mais 96 nomeações de sub judice. A decisão de chamar mais policiais não é minha, é do governador. A partir da narrativa que ouvi de vocês, vou tratar sobre essa situação com o governador e buscar um encaminhamento”, comprometeu-se.

“É só uma questão de entendimento e de buscar apaziguar o processo jurídico. Assim, o governo vai ter todo o respaldo para convocá-los e nomeá-los. Acredito que estamos avançando e vamos acompanhar de perto”, afirmou Júnior Verde.

A quem interessa uma intriga entre Zé Reinaldo e Juscelino Filho?

Por Luís Pablo Política
 

Causou estranhamento a declaração do deputado federal Juscelino Filho (DEM-MA), presidente estadual do Democratas ao programa político da rádio Difusora de que “Zé Reinaldo não tem nem legitimidade para falar pelo DEM”.

Zé Reinaldo e Juscelino Filho

Zé Reinaldo e Juscelino Filho

O tom de Juscelino parecia dublagem na voz de outro ator, diante de uma análise política generalizada feita pelo ex-governador.

“Eu fui surpreendido com essa declaração de Zé Reinaldo, até porque acho que ele nem filiado ainda está. Então acho que ele se equivocou. Pelo Democratas no Maranhão, quem fala sou eu e a direção do partido”, bradou o parlamentar.

As últimas movimentações no tabuleiro eleitoral indicam que, nos bastidores políticos, há muita gente interessada em rifar o ex-governador da chapa governista.

A fritura de Reinaldo já começou pela rede de comunicadores alinhada ao governo e seria um prato feito para que Flávio Dino pudesse, assim, descartar o padrinho de seu ingresso na política, com uma justificativa que não evocasse a pecha de “ingrato”.

Juscelino Filho apressou-se em “desautorizar” Zé Reinaldo a falar em nome do DEM. Mas não teve o mesmo ímpeto ao responder quais os quadros da legenda que poderiam integrar a chapa majoritária do governo Dino. Felipe Camarão ainda nem se filiou aos quadros do partido.

De neófito na política a uma candidatura de vice ou senador, em menosprezo a tantos que já estão na vida pública a algum tempo, não seria uma alternativa a ser aplaudida pela classe política.

A indignação diante de uma declaração de Zé Reinaldo, ex-governador, ex-ministro e político com trajetória histórica na política local parece, no mínimo, injustificada. Foi enchente ou mão de gente?

Prefeito Magrado Barros faz balanço das ações em Viana

Por Luís Pablo Política
 

O prefeito de Viana, Magrado Barros, fez um balanço dos treze primeiros meses de gestão, durante a primeira sessão de 2018 da Câmara Municipal, após o recesso do carnaval. Na ocasião, ele também destacou algumas ações já programadas para a cidade em 2018.

Entre os destaques do governo nos primeiros meses estão os trabalhos realizadas nas áreas de Educação, Desenvolvimento Social, Saúde e Infraestrutura.

“Acabamos 2017 e estamos começando 2018 do mesmo jeito: com todo gás do mundo e muita disposição para trabalhar pelo pelo povo de Viana”, destacou o prefeito.

Clique e veja: