Após exonerar Hernando Macedo, Flávio Dino anuncia novo secretário

Por Luís Pablo Política
 
Hernando Macedo, Flávio Dino e o novo secretário Jowberth Frank

Hernando Macedo, Flávio Dino e o novo secretário Jowberth Frank

O governador Flávio Dino (PCdoB) não perdeu tempo com a exoneração do ex-prefeito Hernando Macedo da Secretaria de Trabalho e Economia Solidária (Setres).

Dino já anunciou em sua rede social o novo secretário. Trata-se do sociólogo Jowberth Frank, ex-superintendente do MDA e do INCRA.

Hernando estava no comando da Setres desde o ano passado, mas foi surpreendido hoje (21) com a notícia da sua exoneração. Mais detalhes aqui.

Flávio Dino anuncia Márcio Honaiser e Ana do Gás na equipe de governo

Por Luís Pablo Política
 
Deputada Ana do Gás e o deputado Márcio Honaiser

Deputada Ana do Gás e o deputado Márcio Honaiser

O governador Flávio Dino (PCdoB) fez mais anúncios na sua equipe de governo. Desta vez, o comunista anunciou os novos secretários das pastas de Desenvolvimento Social e da Mulher.

A tão disputada SEDES – Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, ficou com o deputado estadual Márcio Honaiser, que já foi secretário de Estado da Agricultura e deixou a pasta para assumir seu primeiro mandato na Assembleia.

A Secretaria da Mulher será comandada pela deputada estadual Ana do Gás, que pela primeira vez vai assumir um cargo no governo.

Irmão de André Fufuca é anunciado como secretário de Meio Ambiente

Por Luís Pablo Política
 
Governador Flávio Dino e seu aliado deputado federal André Fufuca

Governador Flávio Dino e seu aliado deputado federal André Fufuca

O engenheiro Rafael Carvalho Ribeiro, irmão do deputado federal André Fufuca (PP), não será secretário de secretário da SEDES – Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social.

O PP não conseguiu ficar com a pasta, mas emplacou o irmão do parlamentar como secretário do Meio Ambiente. O anúncio foi feito, ainda há pouco, pelo governador Flávio Dino em sua rede social.

Rafael Carvalho foi superintendente do patrimônio da União no Maranhão.

Flávio Dino exonera Hernando Macedo do governo sem avisar

Por Luís Pablo Política
 
Hernando Macedo e Flávio Dino

Hernando Macedo e Flávio Dino

Hernando Macedo não é mais secretário de Trabalho e Economia Solidária. Ele recebeu a notícia hoje (21) sobre sua exoneração.

O site do Luís Pablo apurou que Hernando ficou surpreso com a demissão porque não foi avisado antes pelo governo.

O (agora) ex-secretário está revoltado com o governador Flávio Dino (PCdoB).

Câmara de São Luís vota na próxima semana proposta que regulariza Uber

Por Luís Pablo Política
 
Plenário da Câmara de São Luís

Plenário da Câmara de São Luís

Dois anos após o início das discussões sobre a regulamentação do transporte individual de passageiros por meio de aplicativos na Câmara Municipal de São Luís, o projeto de Lei nº 001/2017, de autoria do vereador Paulo Victor (PTC), que regulamenta o serviço no município, será colocado para votação na pauta da sessão da próxima segunda feira, 25.

O texto que foi protocolado na Câmara, no dia 23 de janeiro de 2017, além de revogar a Lei 119/2015, promulgada em abril daquele ano, pela Mesa Diretora da Casa e, que veta o uso de carros particulares cadastrados em aplicativos para o transporte remunerado individual de pessoas, traz novos pontos que tratam da regularização da atividade na capital maranhense.

O projeto está de acordo com a Lei Federal nº 13.640/2018 que determina a regulamentação do serviço pelas prefeituras. Desde o início da tramitação, ao todo foram apresentadas sete emendas pelos vereadores. A matéria passou pelas Comissões de Constituição de Justiça (CCJ) e de Mobilidade Urbana (CMU) e foi objeto de discussão em duas audiências públicas, uma delas no auditório da seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

VEM BOMBA AÍ! Ministério Público vai investigar Cléber Verde

Por Luís Pablo Política
 

Blog do Marco D’Eça

Deputado federal Cléber Verde

Deputado federal Cléber Verde

A Procuradoria-regional da República no Maranhão deve receber em breve os dados sobre a liberação de recursos do Fundo Eleitoral para partidos políticos nas eleições de 2018.

O objetivo é instruir o inquérito contra o deputado federal Cléber Verde (PRB), suspeito de usar uma candidata-laranja para desviar, ao menos, R$ 600 mil do Fundo Eleitoral nas eleições de 2018.

De acordo com denúncia do Jornal Nacional, da Rede Globo, o PRB, presidido por Verde no Maranhão, foi um dos partidos que tiveram candidatas mulheres agraciadas com grandes somas de recursos sem a contrapartida em votos.

Maria Rosas, que disputou vaga de deputada federal, gastou R$ 460 mil apenas com uma gráfica, mas só obteve pouco mais de 150 votos.

A ivnestigação em torno de Cléber Verde deve envolv er também a gráfica responsável pelos santinhos de Maria Rosas.

Neto Evangelista é o único candidato do DEM a prefeito de São Luís

Por Luís Pablo Política
 
Deputado Neto Evangelista

Deputado Neto Evangelista

O deputado estadual Neto Evangelista agora é o único candidato a prefeito de São Luís-MA pelo DEM.

O partido cogitava, além de Neto, a candidatura também do secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão. Mas Felipe anunciou hoje que não será candidato.

O anúncio foi feito pelas redes sociais. Reveja aqui.

“Há uns 20 dias que Felipe já tinha tomada essa decisão, mas só agora devido algumas circunstâncias de estarem confundindo o papel dele de secretário como candidato, ele decidiu anunciar sua decisão hoje”, disse abeto em conversa com jornalistas na Assembleia.

Felipe Camarão anuncia que não será candidato a prefeito de São Luís

Por Luís Pablo Política
 
Felipe Camarão e Flávio Dino

Felipe Camarão e Flávio Dino

O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, anunciou ainda há pouco nas suas redes sociais que não será candidato à Prefeitura de São Luís-MA.

Camarão disse que o seu foco é continuar ajudando o governador Flávio Dino (PCdoB). “Retiro meu nome de qualquer especulação para futura candidatura à prefeitura. O foco é educação para todos e não eleição”, disse.

Polícia prende suspeito de tentativa de estupro contra criança no MA

Por Luís Pablo Polícia
 
Jhemerson Silva da Silva foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Bacabeira

Jhemerson Silva da Silva foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Bacabeira

Jhemerson Silva da Silva foi preso na quarta-feira (20) após ser suspeito de tentar estuprar uma criança de apenas quatro anos de idade no município de Bacabeira, a 58 km de São Luís.

Segundo informações da polícia, Jhemerson Silva teria pulado o muro da casa da criança, ido até o quarto da vítima que dormia, tirado as suas roupas e deitado ao lado da menina, quando foi surpreendido pela mãe da menina que gritou pedindo por socorro.

O suspeito ainda tentou fugir, mas foi capturado pelos policiais que atenderam a ocorrência sobre o caso. Jhemerson Silva da Silva foi preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Bacabeira, onde foi autuado por tentativa de estupro de vulnerável.

(Com informações do G1MA)

Auditor fiscal é preso em flagrante após cobrar propina em Araioses

Por Luís Pablo Polícia
 
Francisco Vaz Rego foi preso após cobrar propina em um posto fiscal em Araioses

Francisco Vaz Rego foi preso após cobrar propina em um posto fiscal em Araioses

Francisco Vaz Rego, de 67 anos, foi preso em flagrante na terça-feira (19) após cobrar propina em um posto fiscal situado no município de Araioses, a 409 km de São Luís.

Segundo a polícia, o crime de corrupção passiva praticada pelo auditor fiscal já era de conhecimento dos policiais que decidiram investigar o caso que ocorria no Povoado Pirangi, em Araioses.

Na noite de terça, os policiais militares flagraram o momento em que o auditor Francisco Vaz recebeu uma quantia em dinheiro para deixar de fiscalizar um veículo de passeio. A conduta foi confessada por Francisco Vaz e confirmada por diversas testemunhas, tendo, uma delas, afirmado que entregou dinheiro ao auditor por várias vezes.

Após o flagrante, Francisco Vaz Rego recebeu voz de prisão e foi autuado pelo crime de corrupção passiva majorada, que pode variar de um a oito anos de reclusão e mais pagamento de multa.

(Com informações do G1MA)