Show de Jonas Esticado foi um grande sucesso em Rosário-MA

Por Luís Pablo Diversão
 

Quem foi para o show do cantor Jonas Esticado ontem, dia 14, no município de Rosário-MA, presenciou um verdadeiro espetáculo.

Empresário Kleber Moreira e o cantor Jonas Esticado

Empresário Kleber Moreira e o cantor Jonas Esticado

A festa realizada pela KM Produções, do empresário Kleber Moreira, reuniu um grande público que curtiu os grandes sucessos do cantor cearense.

Jonas Esticado saiu satisfeito com o carinho que recebeu do público maranhense, que abrilhantou a festa.

A KM Produções deverá anunciar novos eventos na cidade de Rosário. Aguardem!

Márcio Jardim vira chacota em rede social após ser exonerado do governo

Por Luís Pablo Política
 

Secretário Márcio Jardim e a ex-presidente Dilma Rousseff

Secretário Márcio Jardim e a ex-presidente Dilma Rousseff

O (agora) ex-secretário de Esporte do governo Flávio Dino, petista Márcio Jardim, virou chacota nas redes sociais após o anúncio da sua exoneração da pasta.

O comando da SEDEL agora será ocupado por Heverton Rodrigues Pereira, mais conhecido como “Passarinho”, aliado do deputado federal André Fufuquinha (PP).

No Twitter, um internauta gozou de Jardim: “Tchau, querida! Bom desembarque! O esporte agradece!”. Em seguida, o secretário respondeu: “Pra quem tem 2 neurônios: se usasse o teco não envergonharia tanto o tico.”

A saída de Márcio Jardim da Secretaria de Esporte é encarada como uma humilhação por parte do governo, isso porque o petista perdeu espaço para um ex-sarneysista.

Até o momento não se sabe o destino de Márcio no governo. Ele vem se mantendo em silêncio.

MPF denuncia prefeito de Brejo por dano de R$ 361 mil ao erário

Por Luís Pablo Política
 

Prefeito de Brejo Zé Farias

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou o prefeito de Brejo (MA), José Farias de Castro, por dano ao erário de mais de R$ 361 mil devido à omissão no dever legal de prestar contas sobre a aplicação de recursos recebidos pelo Ministério da Educação (MEC) para programas de educação no município.

A ação penal pública foi apresentada pelo procurador regional da República Ronaldo Meira de Vasconcellos Albo ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

Segundo a denúncia, o prefeito deixou de realizar prestação de contas nos anos de 2010, 2011 e 2012 sobre a aplicação de recursos recebidos pelo MEC através de diversos programas, dentre os quais, o Programa Brasil Alfabetizado (Bralf).

No exercício de 2010, foram repassados R$ 93.900,00 ao município; no ano de 2011, foram repassados R$ 126.700,00; e, em 2012, foram repassados R$ 141.115,68. Não houve prestação de contas em relação ao total de R$ 361.715,68 do valor repassado nos três anos.

Além de várias notificações recebidas pelo prefeito, o crime está comprovado por ofício emitido pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fundeb), informando que não consta no Sistema de Gestão de Prestação de Contas (SiGPC) registros por parte da prefeitura comunicando os dados das prestações de contas sobre os exercícios de 2010, 2011 e 2012, apesar de o prazo ter encerrado em 20/05/2017.

O MPF pede a condenação do denunciado pelo crime de deixar de prestar contas no devido tempo, praticados três vezes, em continuidade delitiva.

Dia das Crianças foi marcado por alegria e diversão em Maracaçumé

Por Luís Pablo Política
 

As crianças da cidade de Maracaçumé, interior do Maranhão, tiveram um Dia das Crianças bastante animado ontem (12).

Brincadeiras e muita diversão tornaram o dia ainda mais especial e marcante para as crianças que lotaram o evento dedicado a elas.

A ação foi organizada pela dentista e presidente do PMDB em Maracaçumé-MA, Charlianne Mendes, que tem realizado um importante trabalho social na cidade e com isso vem garantindo, também, o fortalecimento do partido na região.

Juiz federal suspende concurso do Tribunal de Justiça do Maranhão

 

Juiz Carlos Madeira

Juiz Carlos Madeira

O Juiz Federal da 5ª vara da Justiça Federal no Maranhão, José Carlos do Vale Madeira, determinou a suspensão do Concurso Público – Edital 001/2016, do Tribunal de Justiça do Maranhão para outorga das Delegações de Notas e de Registro.

Na decisão, o juiz alega que o edital do concurso contraria a Lei 8.935/94 ao impor a realização de concurso de provas e de títulos nas duas formas de provimento – ingresso e remoção – quando a lei determina tratamento distinto.

A Lei 8.935/94 contempla duas modalidades de preenchimento de vagas para os serviços de notas e registros, sendo um através de concurso de provas e de títulos, destinado a preencher dois terços das vagas, e outro por meio de remoção, mediante unicamente ao concurso de títulos, destinado à terça parte restante das vagas.

A Justiça Federal é competente para processar e julgar a ação proposta porque o Tribunal de Justiça do Maranhão faz referências no Edital 001/2016 à Resolução nº 081, de 09 de junho de 2009, do Conselho Nacional de Justiça, que dispõe sobre concursos públicos de provas e títulos para outorga das Delegações de Notas de Registro.

Para o juiz José Carlos Madeira, a Resolução 081/2009-CNJ contraria a Lei 8.935/94 e a Constituição Federal: “haja vista a CF 236, parágrafo 3º não contemplar o concurso de remoção, mas apenas o ingresso na atividade notarial e de registro; no caso de remoção, por elementar, os candidatos já integram os quadros de serventias extrajudiciais e assim, ao menos presumidamente, já se submeteram à concurso de prova e de títulos”.

O juiz determinou a suspensão do concurso do TJ/MA e os ajustes necessários para cumprimento da Lei 8.935/94 até o julgamento definitivo da ação.

Prefeita Josinha Cunha recebe três motos para reforçar segurança em Zé Doca

Por Luís Pablo Política
 

Zé Doca ganhou um importante reforço para o trabalho da Polícia Militar do município, na terça-feira (11). Em solenidade realizada no auditório da Secretaria de Fazenda (Sefaz), em São Luís, a prefeita Josinha Cunha recebeu do governador Flávio Dino três novas motocicletas.

Na ocasião, a gestora, que esteve acompanhada no evento da presidente do PR Mulher, Detinha, falou sobre essa grande conquista para a área de segurança do município. “Com certeza essa ação do governo do estado vai reforçar muito a segurança em nosso município. Zé Doca é uma cidade que está se desenvolvendo e a segurança pública deve ser prioridade.Parabéns aos nossos policias por mais esse reforço.”, frisou.

Além de Zé Doca, o município de Maranhãozinho também foi contemplado com as motocicletas. Para o prefeito da cidade, José Auricélio, o benefício irá auxiliar bastante o trabalho dos policiais. “É muito bom, porque todo apoio que vem para o município é bem-vindo. Com essa moto, os policiais vão poder cobrir bem a sede e os povoados, lá nós temos muitas estradas vicinais, vias em que o carro não consegue chegar e a motocicleta consegue”,afirmou o prefeito.

Nesta etapa, o governo do Estado entregou 103 motocicletas que foram distribuídas entre 61 municípios. A divisão seguiu aspectos técnicos do planejamento de ações da Secretaria de Segurança Pública, de acordo com o secretário da pasta, Jefferson Portela.

Adriano Sarney ministra palestra sobre a FPME na Associação Comercial

Por Luís Pablo Política
 

O deputado estadual Adriano Sarney (PV), a convite da Associação Comercial do Maranhão (ACM), Centro, ministrou uma palestra na última quarta-feira (11), para falar dos objetivos e ações da Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa (FPME) em prol do Maranhão.

“A Frente Parlamentar foi criada para interagir com o setor empresarial e oportunidades como esta são muito importantes para fortalecer esses objetivos”, disse o deputado, que é presidente da FPME.

A FPME é formada por 15 deputados e visa dar vazão aos debates do setor empresarial maranhense, aproximando os empreendedores do parlamento estadual e de diversas lideranças do setor contabilista e da área empresarial como a Associação Comercial do Maranhão (ACM) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), apostando no trabalho de articulação para obter condições especiais para o desenvolvimento dos negócios de pequeno porte no Estado.

Retorno de Roseana Sarney representa o fracasso do governo Flávio Dino

Por Luís Pablo Política
 
Governador Flávio Dino e a ex-governadora Roseana Sarney

Governador Flávio Dino e a ex-governadora Roseana Sarney

O provável retorno da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) na disputa eleitoral ao Governo do Maranhão, no próximo ano, irá representar o fracasso do governo Flávio Dino (PCdoB).

Roseana não era candidata e, inclusive, estava fora do país após o encerramento do seu mandato em 2014. Na época, ela chegou a anunciar sua saída da vida política e foi para os Estados Unidos com a família.

As perseguições e duras ofensas feitas por Flávio Dino e seus aliados – em redes sociais e entrevistas à imprensa, fizeram a ex-governadora retornar ao Brasil.

A peemedebista se viu obrigada a voltar ao cenário político para se defender das acusações de seus adversários. Isso tudo fez ressuscitar a família Sarney, que já estava fora do jogo político.

Os erros de Flávio e a falta de mudança que tanto prometeu durante campanha eleitoral, fizeram a população maranhense optar pelo retorna de Roseana.

A ex-governadora vem liderando todas as pesquisas e em vários municípios do Estado é notório a insatisfação – tanto da população quanto da classe política, com Flávio Dino, que agora se ver ameaçado por um grupo que estava adormecido.

Justiça determina retorno de prefeito ao cargo em Bom Jardim

Por Luís Pablo Política
 
Prefeito Dr. Francisco

Prefeito Dr. Francisco

(Com informações do G1MA)

O Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) determinou o retorno de Francisco Alves de Araújo, o Dr. Francisco, ao cargo de prefeito do município de Bom Jardim-MA. O prefeito, que está sendo investigado por ato de improbabilidade administrativa, ficou afastado do cargo por cinco dias.

Segundo a denúncia do Ministério Público do Maranhão (MPMA), Dr. Francisco, o secretário administrativo Ayrton Alves de Araújo, e os vereadores Antônio Carlos Sousa dos Anjos, Charles Viana da Silva, Manoel da Conceição Ferreira Filho, Maria Sônia Brandão de Jesus, Antônio Barbosa de Almeida Filho, Clebson Almeida Bezerra e José de Ribamar Ferreira, estariam participando de um esquema irregular de compra de combustível com dinheiro da prefeitura.

Desde o afastamento do prefeito, o município de Bom Jardim estava sendo comandado pelo vice-prefeito João Rodrigues Fortaleza (PHS) que foi empossado na tarde da segunda-feira (9).

A decisão do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Cleones Cunha, anula o bloqueio das contas do prefeito, secretário e dos sete vereadores.