Governo suspende shows e férias de servidores da saúde por causa do coronavírus; veja outras medidas

Por Luís Pablo Maranhão
 
Fachada do Palácio dos Leões, sede do governo do Maranhão

Fachada do Palácio dos Leões, sede do governo do Maranhão

O governo do Maranhão anunciou nesta segunda-feira (16) a edição de decreto com medidas temporárias e restritivas de prevenção ao novo coronavírus no estado. O anúncio foi feito pelo governador Flávio Dino (PCdoB) por meio de uma rede social. Atualmente, não há casos da doença confirmados no Maranhão.

Entre as medidas, estão a suspensão de eventos com grande aglomeração de pessoas que exijam licença expedida pelo Corpo de Bombeiros do Maranhão (CBMMA) ou Delegacia de Costumes. A restrição também atinge seminários e congressos realizados por órgãos governamentais, exceto para casos urgentes ou inadiáveis.

Restaurantes e estabelecimentos comerciais devem garantir a distância de no mínimo, duas mesas. Os proprietários e gerentes devem assegurar que os locais estejam o mais arejado possível para atender aos clientes. As fiscalizações serão realizadas pelo Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Estado do Maranhão (Procon).

Servidores estaduais a trabalho em outros países foram afastados de suas atividades por conta da ameaça da Covid-19. A medida também atinge funcionários públicos que estejam de férias em locais com casos confirmados da doença. Caso apresentem sintomas, eles devem ser notificados à Secretaria de Estado da Gestão, Patrimônio e Assistência dos Servidores (SEGEP).

Caso seja confirmado algum caso suspeito da doença nos servidores, o governo determinou o afastamento por até 14 dias, até que o resultado dos exames seja divulgado. Durante o período, eles devem ser isolados e não devem sair do estado do Maranhão.

Férias suspensas

O governo também suspendeu, por 60 dias, as férias de todos os servidores do sistema de saúde estadual. De acordo com o secretário de saúde, Carlos Lula, o objetivo é garantir que todo o efetivo de servidores esteja disponível para atender os casos suspeitos e possíveis casos confirmados do coronavírus no estado.

“A gente vai precisar desses funcionários a todo o vapor funcionando. Nós já havíamos tomado a medida na sexta-feira (13) em algumas unidades, mas vamos estender de modo geral para todo o sistema de saúde, vamos estar suspendo as férias de todas as pessoas. Vamos estar precisando de um número máximo de pessoas por 60 dias”, disse Carlos Lula.

Outras medidas

A Universidade Federal do Maranhão (UFMA) suspendeu por 30 dias as aulas no nove campus da instituição no estado. A suspensão também atinge servidores da universidade, em especial, os maiores de 60 anos ou que estão nos grupos de risco da doença. O horário de funcionamento dos campus será alterado por conta da mudança.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) recomendou que alunos que estejam apresentando sintomas de resfriado, gripe ou similares, que não frequentem as escolas da rede estadual de ensino, até o desaparecimento dos sinais.

Centro de Testagem

Começou a funcionar nesta segunda-feira (16) o Centro de Testagem na Policlínica Diamante, em São Luís. O local é o primeiro centro do país especializado em exames laboratoriais de pessoas que apresentem sintomas com ou sem febre, mas que tenham viajado para áreas de risco ou mantido contato com pessoas que possuem o coronavírus.

De acordo com Carlos Lula, o centro foi montado a partir da experiência executada pela Coreia do Sul, que implantou um modelo similar de testagem de pacientes suspeitos para o Covid-19, e conseguiu diminuir o número de casos da doença. Além de exames para o coronavírus, o centro também realiza testagem para casos de H1N1 e outros vírus.

“Já tem algumas pessoas que foram fazer o teste e foi uma proposta dos infectologistas do estado. Ele se baseia em uma medida correta aplicada na Coreia do Sul, uma medida bem feita lá e eles conseguiram, diferente de outros países que adotaram, conseguiram controlar a doença basicamente testando e isolando. Essa é a medida que nós queremos com o Centro de Testagem que é que a pessoa com 14 dias e veio de um local com certeza da contaminação ou teve contato com alguém que é suspeito ou positivo para o coronavírus, e essa pessoa começa a ter sintomas, começa a ter coriza, começa a tossir, ele pode se dirigir ao centro para realizar os exames”, explicou o secretário.

O centro será instalado na Policlínica do Diamante, em São Luís

O centro será instalado na Policlínica do Diamante, em São Luís

Cuidados

Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.

Dicas de prevenção contra o coronavírus

Dicas de prevenção contra o coronavírus

(Com informações do G1MA)

VÍDEO! Jacaré é capturado por morador após chuvas fortes em São Luís

Por Luís Pablo Cidade
 
Morador exibe o jacaré para os vizinhos

Morador exibe o jacaré para os vizinhos

Foi grande o volume de chuva na tarde de hoje, dia 14, em São Luis. Muitos bairros da capital maranhense ficaram alagados.

No bairro do João Paulo, por exemplo, a chuva acabou arrastando um jacaré para a rua São Sebastião do Coroado, que fica atrás do Mix Mateus.

Um morador capturou o animal e exibiu para os vizinhos, que fizeram o registro. CLIQUE E VEJA:

EM PRIMEIRA MÃO! Em reunião, PDT define apoiar pré-candidatura de Neto Evangelista em São Luís

Por Luís Pablo Política
 
Pedetista reunidos na sede do partido

Pedetista reunidos na sede do partido

O martelo foi batido pelos pedetista sobre a corrida eleitoral pela Prefeitura de São Luís-MA.

O PDT vai apoiar o deputado estadual é pré-candidato Neto Evangelista. Tudo ficou acertado durante reunião, ainda há pouco, na sede do partido.

A entrada do PDT fortalece a pré-candidatura de Neto, que vai receber o apoio do senador Weverton Rocha e de toda militância pedetista.

BAIXARIA EM BRASÍLIA! Hildo Rocha e Weverton quase vão aos tapas

Por Luís Pablo Política
 
Senador Weverton Rocha e o deputado Hildo Rocha

Senador Weverton Rocha e o deputado Hildo Rocha

O nível baixou ontem, dia 11, durante reunião da bancada maranhense em Brasília. O senador Weverton Rocha (PDT) e o deputado federal Hildo Rocha (MDB) quase vão aos tapas.

O fato ocorreu quando a bancada discutia sobre a divisão de recursos de emendas. Ficou acertado que os parlamentares iriam destinar R$ 40 milhões para a Saúde e outros R$ 10 milhões para o Hospital do Câncer Aldenora Bello.

Hildo não concordou com a destinação de recurso para a Secretaria de Saúde do Governo do Maranhão e reivindicou o direito de indicar sua parte para outro ente, alegando que o governador Flávio Dino (PCdoB) havia movido um processo judicial contra ele.

Weverton, por sua vez, disse que já tinha sido acertado a destinação do recurso para garantir verba à Saúde e defendeu a necessidade do dinheiro para o combate ao coronavírus.

Foi o suficiente para o deputado se exaltar e esbravejar, dando murros na mesa. Em resposta, o senador falou que também sabia dar murros na mesa.

Após Weverton Rocha dizer isso, Hildo lançou mão de um copo contra ele, que por pouco não foi atingido. Nesse momento, ambos levantaram para trocar tapas, mas rapidamente a turma do “deixa-disso” entrou em ação para evitar uma confusão ainda maior.

EXCLUSIVO! PF fez busca e apreensão no apartamento do ex-vereador Eduardo Sá

Por Luís Pablo Polícia / Política
 
Ex-vereador Eduardo Sá

Ex-vereador Eduardo Sá

A equipe de reportagem do site do Luís Pablo apurou que o ex-vereador de Chapadinha, Eduardo Sá, foi um dos alvos da Operação Canafístula, da Polícia Federal.

A PF amanheceu hoje, dia 11, na residência do ex-vereador no Edifício New York, no bairro Ponta Farol, em São Luís-MA. Os federais fizeram busca e apreensão no apartamento.

Eduardo Sá não estava no local. A reportagem foi informado que ele estaria em viagem para o exterior, quando os federais deflagraram a operação que investiga a aprovação fraudulenta de Plano de Manejos Ambientais no Maranhão (mais detalhes aqui).

Não é a primeira vez que o ex-vereador é alvo da Polícia Federal. Em 2014 ele foi preso durante a Operação Ferro e Fogo, que desarticulou organização criminosa formada por servidores públicos da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (SEMA) e do IBAMA (reveja aqui).

Federais durante a Operação Canafístula

Federais durante a Operação Canafístula

MATÉRIAS RELACIONADAS: Governo Flávio Dino já foi alvo de duas operações da Polícia Federal

Prefeito de Barra do Corda é alvo de denúncia por contrato de R$ 2 milhões

Por Luís Pablo Política
 
Prefeito Eric Costa

Prefeito Eric Costa

O prefeito do município maranhense de Barra do Corda, Wellryk Oliveira Costa da Silva, conhecido como Eric Costa, é alvo de denúncia pelo Ministério Público do Maranhão (MP-MA) devido a irregularidades em contrato para construção de quatro quadras desportivas em escolas.

Também são alvos os integrantes da comissão permanente de licitação João Caetano de Sousa, Salatiel Costa dos Santos e Francisco de Assis Fonseca Filho; o ordenador de receita e despesa da Prefeitura, Oilson de Araújo Lima; os empresários Obdias Alves Batista e Obadias Queiroz Batista Júnior, além da empresa Quadrante Construtora LTDA-EPP.

A manifestação ministerial foi ajuizada pelo promotor de justiça Guaracy Martins Figueiredo.

Consta nos autos que o município de Barra do Corda firmou contrato com a empresa Quadrante Construtora LTDA-EPP para a construção de quatro quadras poliesportivas cobertas em escolas no valor estimado de R$ 2.036.013,76, no exercício de 2015. No entanto, análise da Assessoria Técnica do MP-MA atestou diversas irregularidades na licitação e no contrato de serviço.

Entre as falhas constatadas estão: ausência de documentos no processo licitatório, desrespeito a prazos legais, assinatura de documentos por pessoas não autorizadas etc.

Além disso, o processo contém um termo de distrato amigável, sem prejuízo à empresa e ao município. Veda ainda que seja pleiteado judicial e extrajudicialmente qualquer direito ou pagamento oriundo do contrato.

A 1ª Promotoria de Justiça de Barra do Corda constatou que houve posterior quebra de contrato.

Ao todo, foram realizados cinco pagamentos: R$ 127.266,07 referente à medição da quadra poliesportiva no povoado Cajazeira; R$ 39 mil pela medição da quadra poliesportiva do povoado Ipiranga e três pagamentos de R$ 88.040,62, referentes às medições dos povoados Nenzim, Três Lagoas do Manduca e Ipiranga.

PEDIDOS

O MP-MA requereu a condenação dos envolvidos de acordo com a Lei 8.429/82 (Lei da Improbidade Administrativa), com as seguintes sanções: a indisponibilidade dos bens de todos os requeridos, ressarcimento integral do dano, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos pelo prazo de oito anos, pagamento de multa civil de duas vezes o valor dos danos perpetrados ou de até 100 vezes o valor da remuneração recebida pelo agente público.

Também consta como penalidade a proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, pelo prazo de cinco anos.

VÍDEO! Deputado dá a entender que o prefeito de Jenipapo dos Vieiras rouba

Por Luís Pablo Política
 
Deputado federal Hildo Rocha e o prefeito Moises Ventura

Deputado federal Hildo Rocha e o prefeito Moises Ventura

O deputado federal Hildo Rocha fez um discurso inflamado no município de Jenipapo dos Vieiras-MA e deu a entender que o prefeito Moises Jorge Silva De Oliveira, o Moises Ventura, rouba dinheiro público.

Ao anunciar que vai melhorar a pavimentação da cidade, Hildo disse que só iria encaminhar o recurso se for com outro gestor no comando da prefeitura para não ter desvio de dinheiro público.

“Vamos asfaltar toda essa região aqui para chegar pavimento de qualidade pro povo de Jenipapo […] só se for outro prefeito, que outro prefeito eu sei que não vai roubar o dinheiro. Eu sei que vai estar em boas mãos”, disparou.

A reportagem tentou obter contato com o prefeito, mas não conseguiu. O site está aberto para o gestor responder a declaração do parlamentar.

CLIQUE E VEJA:

Justiça concede saída temporária para 568 presos no Maranhão

Por Luís Pablo Polícia
 
Saída temporária de Quaresma para 568 presos no Maranhão

Saída temporária de Quaresma para 568 presos no Maranhão

A Justiça do Maranhão concedeu saída temporária de Quaresma a 568 detentos regime semiaberto do sistema prisional do Maranhão, segundo decisão da 1ª Vara de Execuções Penais de São Luís.

A saída temporária de Quaresma substitui a saída de Páscoa. O motivo, segundo o juiz Márcio Brandão, é a proximidade da Páscoa com o Dia das Mães (10 de maio). A Lei de Execuções Penais exige o mínimo de 45 dias de intervalo entre dois períodos de benefício.

A saída temporária tem início nesta quarta-feira (11), a partir das 9h, com retorno até as 18h do dia 17 de março. Caso sigam todas as prerrogativas do benefício, os presos também estarão aptos às demais saídas temporárias de 2020 (Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia das Crianças e Natal).

Os presos beneficiados com a saída temporária não poderão ausentar-se do Estado, ingerir bebidas alcoólicas e também portar armas ou frequentas festas, bares e similares.

Regime semiaberto

O regime semiaberto ocorre para condenações entre quatro e oito anos, não sendo casos de reincidência. Nesse regime de cumprimento de pena, a lei garante o direito de trabalhar e fazer cursos fora da prisão durante o dia, devendo retornar à unidade penitenciária à noite.

Áudio-Bomba! Ex-vereador de Santa Inês revela esquema na Câmara para aprovação de projeto de lei

Por Luís Pablo Política
 
Ex-vereador Irmão Machado faz grave denúncia contra Alcionildo Matos e Ribamar Alves

Ex-vereador Irmão Machado faz grave denúncia contra Alcionildo Matos e Ribamar Alves

A equipe de reportagem do site do Luís Pablo teve acesso a áudios bombásticos em que o ex-vereador Irmão Machado revela um esquema de aprovação de projeto de lei na Câmara de Santa Inês-MA.

O ex-parlamentar falou sobre o caso da comunidade conhecida como “Bananal”, localizada às margens da BR-316, em que a prefeitura vendeu a área por ‘preço de banana’ ao empresário e pré-candidato a prefeito de Bom Jardim-MA, Alcionildo Sales Rios Matos (mais detalhes aqui).

Irmão Machado faz uma revelação ainda mais grave sobre a Casa Legislativa. Ele disse que os vereadores – aliados do então prefeito Ribamar Alves – falsificavam sua assinatura para aprovar dos projetos de leis, quando ele não estava na sessão plenária.

O caso precisa ser investigado pela polícia.

CLIQUE E OUÇA OS 9 ÁUDIOS:

VÍDEO! Deputado diz que Josimar de Maranhãozinho rouba dinheiro público

Por Luís Pablo Política
 
Deputados federais Aluísio Mendes e Josimar de Maranhãozinho

Deputados federais Aluísio Mendes e Josimar de Maranhãozinho

O ex-secretário de Segurança Pública do Maranhão e deputado federal Aluísio Mendes (PSC) detonou o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) em discurso no município de Zé Doca, cidade comandada por Josinha Cunha, irmã de Josimar.

Um vídeo que circula nas redes sociais, mostra Aluísio chamando Josimar de quadrilheiro, de bandido e de ladrão do dinheiro público.

Aluísio Mendes disse que Josimar de Maranhãozinho rouba recurso da Educação e da Saúde. “Nós não podemos deixar que alguém como esse canalha, esse bandido continue fazendo o que tem feito,” detonou.

CLIQUE E VEJA: