Arraial Pertinho de Você prossegue com rica diversidade cultural

Por Luís Pablo Diversão
 

Bastante frequentado pelo público, o Arraial Pertinho de Você, localizado na Cohama, ao lado da nova Batuque Brasil, terá mais duas noites com intensa programação que começa neste sábado (17 e segue até o domingo, dia 18, com o melhor da nossa cultura popular, passando por cacuriá, grupos de bumba meu boi, shows de forró da Banda Moleca 100 Vergonha, e até a apresentação do espetáculo da pela ‘Pão com Ovo’.

A programação festiva do sábado (17) acena a passagem do Cacuriá da Cor do Pecado, Dança Portuguesa Arte e Beleza de Portugal. No sotaque de orquestra, sobem ao palco, os Bois Encanto do São Cristovão, Encanto do Olho d’ Água. Encerrando com forró da Banda Moleca 100 Vergonha.

O domingo (18), o roteiro da festança, começa com as luzes da ribalta do espetáculo Pão com Ovo, que pela primeira vez se apresenta no Arraial Pertinho de Você. A comédia é estrelada por César Boaes, Adeílson Santos e Charles Jr (Clarisse, Dijé e Zé Maria, respectivamente).

A noitada terá ainda o Boi de Morros, Boi Lendas e Magias do Centro Histórico, do bairro do Desterro; encerrando a programação com o Boi Brilho da Ilha, da região do Ipase. Todos estes grupos no sotaque de orquestra.

Tudo isto pode ser visto em um ambiente preparado com bom gosto e bem decorado com bandeirinhas, figuras dos nossos festejos juninos e balões, além de segurança e um conjunto de barracas, onde é oferecido o melhor da rica articularinária maranhense, com doces da época e comidas típicas.

O Arraial Pertinho de Você terá programação até o dia 28 de junho, véspera de São Pedro, e a direção artística do terreiro já confirmou o show de encerramento com a maranhense Alcione Nazareth, a Marrom. Vale ressaltar que toda programação do Arraial é gratuita, inclusive os shows.

Serviço:

O que: Programação do Arraial Pertinho de Você
Quando: Sábado (17) e Domingo (18)
Onde: Cohama (ao lado da Nova Batuque Brasil)
Entrada Liberada

PROGRAMAÇÃO

Sábado – Dia 17 de junho

20h00 – Cacuriá da Cor do Pecado
21h00 – Dança Portuguesa Arte e Beleza de Portugal
22h00 – Boi Encanto de São Cristóvão
23h00 – Boi Encanto do Olho D’ Água
00h00 – Show Moleca 100 Vergonha

Domingo – Dia 18 de junho

20h00 – Espetáculo Pão com Ovo
21h00 – Boi de Morros
22h00 – Boi Lendas e Magias do Centro Histórico
23h00 – Boi Brilho da Ilha

“Dinheiro do IDAC seria entregue a alguém”, diz Edilázio Júnior

Por Luís Pablo Política
 

agem veiculada no programa Fantástico, da TV Globo.

Para o oposicionista, os saques feitos pelo Instituto de Desenvolvimento e Apoio à Cidadania (Idac), na boca do caixa, como apontou a Polícia Federal (PF) em investigação, tinha destino direcionado.

“O saque em dinheiro com certeza é para entregar para alguém. Ninguém vai sacar dinheiro para pagar conta. Se você tem conta para pagar, você faz o TED, leva o boleto no banco, efetua o pagamento e evita até o risco de assalto. O recurso era para ser entregue para alguém. Não tenho dúvida”, disse.

Edilázio atribuiu incoerência ao Governo no que diz respeito aos contratos com o Idac, uma vez que em 2015 o secretário de Estado da Transparência, Rodrigo Lago, havia declarado que o instituto teria sido beneficiado com superfaturamento na gestão anterior. Os contratos com a atual gestão, contudo, elevaram os valores ao Idac.

“E o que chama mais atenção nisso tudo, é que o secretário Rodrigo Lago em 2015, disse que o Idec tinha um superfaturamento em 30% no governo passado. E aí me vem o Governo Flávio Dino, sem licitação, chama o Idac para trabalhar para ele, logo após o secretário falar do superfaturamento”, disse.

“Nos 5 anos do governo passado, os contratos com o Idac somaram R$ 88 milhões. Em 2 anos do governo Flávio Dino, chegou-se a R$ 248 milhões. Só no três primeiros meses desse ano foram gastos mais que todo ano de 2014 com o Idac”, enfatizou.

Edilázio cobrou transparência do Governo e criticou a pressão do Palácio dos Leões para barrar a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar os contratos da Saúde.

“Em 2015, no início da legislatura aqui nesta Casa, houve uma grande pressão do governo para que fosse aprovada uma CPI na Saúde. E agora, existe a inversão. Agora existe a incoerência. Hoje existe uma grande pressão para que não haja uma CPI. Ou seja, em 2015 a CPI era importante para passar a saúde a limpo. Hoje a CPI não é importante para passar a saúde a limpo. Fica o retrato da incoerência desse governo”, finalizou.

Cansada de esperar, população faz operação “tapa-buracos” em Apicum-Açu

Por Luís Pablo Política
 
o

Prefeito de Apicum-Açu, Cláudio Cunha

Revoltada com a atual situação em que se encontra o município, populares da cidade de Apicum-Açu, resolveram arregaçar as mangas por conta própria e tapar os inúmeros buracos existentes na cidade.

A atitude se deu pelo fato da incansável espera, já que o prefeito Cláudio Cunha (PV), nada faz para tirar o município da lama. Apicum-Açu está localizada há 299 km da sede da capital.

Basta uma rápida passagem pela cidade para deparar-se com ruas intrafegáveis e buracos por todas as vias, fora o acúmulo de sujeira em todos os cantos.

O mutirão realizado pelos moradores tem minimizado a quantidade de crateras que são encontradas pelas ruas do centro de Apicum-Açu. A falta de responsabilidade do prefeito tem sido cobrada nas redes sociais e até mesmo na Câmara Municipal.

Cunha segue em seu segundo mandato, no entanto, parece ter abandonado a cidade de vez.

A indignação dos moradores é devido a falta de atitude e trabalho do prefeito, que observa dia após dia a deterioração da cidade e nada faz para reverter o descaso.

A falta de compromisso tem ocasionado constantes manifestações contra a gestão de Cunha, que já responde por improbidade administrativa por ter descumprido decisão judicial com relação a nomeação dos concursados do município.

As denúncias que chegaram até o blog não param por aí. A situação é crítica em todos os setores.

Na educação, a falta de professores e o atraso nas aulas são algumas das reclamações e na saúde, a falta de profissionais e suporte para prestação de serviços são mais graves ainda. Vale lembrar, que os recursos recebidos e as licitações firmadas pelo prefeito Cláudio Cunha são de chamar de chamar atenção.

São contratos milionários e normalmente fixados com as mesmas empresas.

População realiza serviços de tapa-buraco em Apicum-Açu

 

Justiça afasta prefeito de Lago do Junco por 180 dias

Por Luís Pablo Política
 
Prefeito Osmar Fonseca

Prefeito Osmar Fonseca

(Com informações do G1MA)

A Justiça de Lago da Pedra determinou na tarde desta quarta-feira (14), em decisão liminar, o afastamento do prefeito do município de Lago do Junco (termo judiciário), Osmar Fonseca dos Santos, pelo prazo de 180 (cento e oitenta dias), proibindo sua entrada ou permanência na Prefeitura do Município.

A decisão proferida pelo juiz titular da comarca, Marcelo Santana Farias, atende à Ação Civil Pública ajuizada pelo Ministério Público Estadual (MPMA).

Na ação, o MPMA narra que o gestor municipal vem, continuamente, negando informações solicitadas pelo ente ministerial em diversos procedimentos administrativos instaurados para apurar supostas irregularidades da administração municipal.

“Apesar de devidamente notificado, não respondeu aos ofícios do órgão ministerial, o que configura omissão ao dever legal de prestar informações e afronta aos Princípios da Publicidade e Moralidade associados à gestão da coisa pública”, discorre.

Consta nos autos da ação de n.º 354-59.2017, que o prefeito Osmar Fonseca dos Santos não respondeu às requisições do Ministério Público nos procedimentos administrativos n. 12/2016, 31/2016, 34/2016, 35/2016, 36/2016, 37/2016, 40/2016, 41/2016, 05/2016; e nas notícias de fato n. 039/2016 e n.º 039/2016, que apuram, dentre outros, eventual ilicitude no processo de nomeação de assessor jurídico do Município de Lago do Junto, que supostamente teria ocorrido em desrespeito à ordem do concurso público anteriormente realizado, e a aplicação dos recursos públicos referentes ao convênio nº 069/2009-SECMA, firmado entre o Município e o Estado para a realização do Projeto “Carnaval da Maranhensidade 2009 é só alegria”.

Tais condutas, realizadas de forma “consciente e premeditada”, segundo afirmações do requerente, escarnecem o próprio sistema de Justiça, este último encarregado da defesa da probidade administrativa, incorrendo assim nas condutas previstas nos incisos II (retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício) e IV (negar publicidade aos atos oficiais), amos do art. 11, da Lei nº 8.429/1992.

Além do afastamento cautelar do prefeito Osmar Fonseca dos Santos, o magistrado determinou a intimação do presidente da Câmara de Vereadores de Lago do Junco, para em 24 (vinte e quatro) horas a contar da ciência da decisão, emposse o vice-prefeito interinamente no cargo de Prefeito do município. As instituições bancárias da cidade estão proibidas de realizar qualquer transação financeira em nome do prefeito afastado.

Outra Ação – O juiz Marcelo Farias também determinou o afastamento do prefeito de Lago do Junco, Osmar Fonseca dos Santos, em uma outra Ação Civil Pública de Improbidade Administrativa com Pedido Cautelar de Afastamento do Cargo, de n.º 900-17.2017, ajuizada pelo MPMA por condutas semelhantes.

No processo, o magistrado ressalta que o caso ganha “contornos ainda mais sensíveis”, quando se considera que o réu foi condenado por captação ilícita de sufrágio e abuso de poder econômico, em Ação de Investigação Judicial Eleitoral tombada sob o nº 69.664/2016, a qual tramita na 74ª Zona Eleitoral. Nesta ação, Osmar dos Santos teve o seu mandato de prefeito cassado, além da pena de inelegibilidade por 08 (oito) anos.

Vereadores de Barra do Corda se abstêm e não votam a favor dos professores

Por Luís Pablo Política
 

vereadores durante votação

O clima é de muita tensão entre os vereadores da cidade de Barra do Corda e os professores municipais. Durante as últimas sessões da Câmara Municipal, foram discutidos assuntos de extrema relevância para a sociedade com destaque para o Projeto de Lei n° 06/2017 de autoria do Vereador Professor Jaile.

O projeto visa contemplar a alteração do PCR (Plano de Cargos e Remuneração) dos servidores da educação de 16 aulas de 50 minutos para 13 aulas para contemplar as 13 horas já definidas por Legislação Federal.

Foi travada uma discussão pela iniciativa da autoria da referida lei, se a iniciativa é do Poder Legislativo ou do Executivo Municipal.

Haviam três pareceres, um da comissão de educação, um da procuradoria e outro da Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final. Sendo os dois primeiros destoantes e o terceiro mediador, substituindo o projeto de lei e convertendo-o em Requerimento.

No final, o vereador Jaile, autor da discussão não votou a favor de seus pares, se abstendo covardemente. A atitude demonstra que a classe dos professores foi mais uma vez abandonada pelo parlamentar.

A oposição composta pelos vereadores João Pedro, Ocimar Sampaio (Nen do Swan), Orlando Barbalho, Graça do Ivan e Eteldo que afirmaram votar a favor dos professores resolveram se abster. O que prova mais uma vez, que queriam apenas promover um fato político, não estando preocupados com o bem estar da sociedade de Barra do Corda.

O que chamou atenção durante a sessão foi o fato do vereador Raimundo da Rodoviária ficar preso no banheiro. A atitude do parlamentar teria sido por conta da repercussão que poderia ter seu voto. Ele voltou para o plenário apenas no final da sessão.

vereadores de Barra do Corda

Já o Presidente da Câmara, vereador Gil Lopes, justificou que a conversão do projeto de lei em requerimento contempla a proposta do vereador autor, além de, adequar a boa técnica legislativa dando validade jurídica e constitucionalidade a matéria.

A matéria foi em seguida votada e aprovada por 7 votos favoráveis e 6 abstenções.

O presidente destacou que o executivo vem cumprindo desde de 2013 o direito discutido pela propositura, mesmo sem regulamentação própria. E que neste ano, tal entendimento vigora com reforço de um TAC feito entre o MPE e o município.

Após a aprovação, será aguardado o envio do projeto de lei pelo executivo para concluir o processo legislativo legal, constitucional e regimental com transparência e democracia.

Espera-se que desta vez, todos vereadores que se abstiveram possam votar favorável ao projeto que determinará o direito em diploma legal.

 

Prefeitura de Cururupu vai torrar R$ 1,6 milhão com combustíveis

Por Luís Pablo Política
 

A prefeitura municipal de Cururupu contratou por R$ 1.600.950,00 (hum milhão, seiscentos mil, novecentos e cinquenta reais) a empresa “Mercantil Cururupu”, situada na mesma cidade.

O contrato milionário será para o fornecimento de combustíveis para manter os veículos da prefeitura abastecidos. O valor foi dividido em quatro lotes.

A secretaria de Administração irá consumir R$ 797.700,00 em combustíveis, a de Educação R$ 547.550,00, a de Saúde R$ 215.800,00 e a de Assistência Social R$ 39.900,00.

O termo de contrato foi assinado no dia 10 de fevereiro pelo secretário Ailton Abreu e o empresário Necionita Machado, e segue sem vigência podendo ser prorrogado.

Construção de nova unidade da Funac vai custar R$ 4,4 milhões ao governo

Por Luís Pablo Política
 

O governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), vai gastar milhões para construir uma nova Unidade de Internação de Cumprimento de Medidas Socioeducativas da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac).

Serão exatos R$ 4.441.361,39 (quatro milhões, quatrocentos e quarenta e um mil, trezentos e sessenta e um reais e trinta e nove centavos) destinados à nova unidade, que funcionará no bairro São Cristóvão, em São Luís.

De acordo com o Diário Oficial do Estado, a empresa Silveira Engenharia e Construções Eirelli, localizada no bairro do São Francisco, é quem comandará as obras e embolsará as cifras milionárias.

O prazo para execução da unidade é de 240 dias e o contrato, que foi assinado, no dia 07 de junho, pelo subsecretário da Sinfra, Adenilson Rodrigues, e o representante da empresa, José Lino da Silveira Junior, possui vigência de 12 meses.

Veja abaixo detalhes do contrato:

Envolvido na morte de policiais em Buriticupu é solto por desembargador

 
Tenente Josuel

Tenente Josuel

O tenente da Polícia Militar, Josuel Alves de Aguiar, preso desde o dia 30 de maio por envolvimento na morte do soldado Alberto Sousa e do cabo Júlio César da Luz Pereira , que estavam desaparecidos desde o dia 17 de novembro do ano passado, no município de Buriticupu, conseguiu autorização para sair da prisão temporária.

A decisão foi do desembargador do Tribunal de Justiça, José Ribamar Froz Sobrinho, que deferiu o Habeas Corpus impetrado pela defesa do tenente.

Segundo os advogados de Josuel, o militar estava sofrendo constrangimento ilegal por parte do juízo da auditoria da Justiça Militar do Maranhão e, ainda, que a decisão pela prisão tinha como base apenas a negativa feita pelo tenente de que não manteve contato com as vítimas no do sumiço.

Para a defesa, não há provas suficientes para manter a prisão do réu.

Em sua decisão, o desembargador Froz Sobrinho explica que não há elementos que corroborem a possibilidade de destruição de provas por parte do tenente.

“Logo, embora o Juiz de Direito da Auditoria da Justiça Militar do Estado do Maranhão tenha justificado a decretação da prisão com base na existência de indícios de autoria, verifico não ser este caso de extrema necessidade da medida”, pontuou Froz Sobrinho.

Foi determinado também que o PM não mantenha contato com testemunhas arroladas no processo, não se ausente do Estado sem autorização judicial e que o mesmo se recolha no período noturno.

ROMPIMENTO! Eleições 2018 gera atrito entre Talvane Hortegal e Levi Pontes

Por Luís Pablo Política
 
Dr. Talvane Hortegal e Levi Pontes trocam farpas

Dr. Talvane Hortegal e Levi Pontes trocam farpas

Não chamem para a mesma mesa o vice-prefeito de Chapadinha-MA, Dr. Talvane Hortegal, e o deputado estadual Levi Pontes (PCdoB). Eles estão rompidos.

O motivo da rompimento foi as eleições do próximo ano. Levi não gostou de saber que a filha de Talvane, a médica Thayza Hortegal, esposa do prefeito Luciano Genésio (Pinheiro), poderá ser candidata a deputada estadual em 2018.

Em entrevista numa rádio de Chapadinha, Talvane Hortegal detonou Levi Pontes, acusando ele de desviar dinheiro público. Clique e ouça a entrevista:

Bandidos rendem técnico do Sampaio Corrêa e levam carro

Por Luís Pablo Crime
 

Técnico do Sampaio Correa foi assaltado por bandidos armados

Bandidos armados assaltaram, no início da tarde desta quarta-feira (14), o técnico do Sampaio Corrêa, Francisco Diá.

A vítima foi abordada por volta das 14h na Rua Boa Esperança, próximo ao Residencial Pinheiros, no bairro do Turu.

O veículo Space Fox Preto de placas NHS 9283 foi levado pelos assaltantes que tomaram rumo ignorado. Apesar da violência, Diá encontra-se bem.